Domingo, 30 de Outubro de 2011

As voltas que o Mundo dá

As voltas que o Mundo dá? Dá uma volta em 24 horas, mas de forma previsível.

Ao contário, certos políticos surpreendem-nos com as suas cambalhotas e voltas de 180 º. 

Esta nem dá para acreditar.

Passos Coelho ´vende` Magalhães de Sócrates

 Já tinha ouvido na televisão, mas aqui está mais detalhado.

http://sembargo.blogspot.com/2011/10/passos-coelho-vende-magalhaes-de.html

Dos habituais comentadores iluminados nem uma palavra: Mários Crespos, Marcelos, Marques Mendes, Tiagos Guerreiros, Jornal SOL e Correio da Manhã.

Os jornalistas de sarjeta não vão sair da sarjeta, estes ao menos não mudam de ideias nem de parcialidade.

publicado por eu-calipto às 19:34

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 29 de Outubro de 2011

O inqualificável pulha Bagão Félix

Tem-se falado das reformas dos políticos e dos seus segundos ordenados.

Saiu um livro onde se descrevem os ganhos de muitos ex-políticos, comparando a sua situação financeira antes e depois de passarem pela política.

Mira Maral aparece entre os grandes beneficiários e eu estou convencido de que foi mesmo muito beneficiado.

Ele diz que não, que só foi prejudicado em ter ido para a política. Furioso escreveu uma carta aberta que circula pela internet.

Eis algumas partes:

 ...

 "Exmo. Senhor António Sérgio Azenha,

 Estou verdadeiramente chocado com a inclusão do meu nome no livro que acabou de escrever."

 ...

 "Infelizmente, a minha reforma não é de 18 000 euros como diz mas sim de 11 000 euros. Se não tivesse ido para a CGD, terme-ia reformado como Administrador do BPI com 10 000 euros, apenas menos 1 000 euros! Como vê, fui mais uma vítima duma especulação e de uma pulhice inqualificável desse senhor Bagão Félix. "

 ...

 "Ao contrário do que o inqualificável pulha Bagão Félix diz, a minha reforma, pelos factos que lhe expliquei, não é pornográfica mas serão pornográficas duas situações de dois amigos dele:

  1. - A do jovem Paulo Teixeira Pinto que se reformou do BCP aos 49 anos com cerca de 35 000 euros mês (!), tendo recebido de indemnização, ao que dizem, 10 milhões de euros. Só conheceu a banca depois do governo…

  2. - A de Vitor Martins, amigo do Bagão Félix que este colocou como Presidente da CGD,

 sem nunca antes ter trabalhado num banco, e que saiu de lá ao fim de um ano com 900 mil euros de indemnização, como o DN noticiou na altura!! "

 ...

"Lisboa, 13 de Outubro de 2011 
LUÍS MIRA AMARAL"
Zangam-se as comadres, sabem-se as verdades.
Coitado, só acumula 11 000 Euros com o de administrador 
do banco BIG. Só!
publicado por eu-calipto às 17:19

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Outubro de 2011

Paulinho das feiras

 

Esta notícia saiu na revista Visão do fim de Agosto de 2011.

Paulo Portas, mais conhecido pelo Paulinho das feiras, está na política há muitos anos depois de ter sido diretor de um jornal de sucesso e professor de uma Universidade. Por onde passou antes da política levantou polémica por suspeita de negócios pouco claros e aproveitamente de dinheiros e automóveis (Jaguar da Universidade Moderna ...).

Depois entrou para a política e continuaram as dúvidas sobre negócios dele e do partido, com dinheiro "ilegal" à mistura. O processo Portucale e a compra dos submarinos (+-1 000 000 000 Euros). Há notícias de contas do partido em Inglaterra e de donativos com nomes falsos (Jacinto Leite Capelo Rego), etc.

Pois este senhor, declarou os seus rendimentos em quatro linhas. Não tem casas, não tem propriedades, não tem ações, nada de património em seu nome a não ser um automóvel e o rendimento anual continua a ser o de um professor universitário.

Aguém acredita que o que ele declarou seja verdade?

Eu não!

 

publicado por eu-calipto às 18:42

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 25 de Outubro de 2011

Outro ladroeiro

http://www.dn.pt/inicio/economia/interior.aspx?content_id=2077978&seccao=Dinheiro%20Vivo

Dias Loureiro: "A minha maior contribuição para o País é criando trabalho"

Não é preciso ter uma grande lata?

publicado por eu-calipto às 22:20

link do post | comentar | favorito
|

Ou há eleições para o governo ou há para o PSD

O pequeno grande treinador de bancada.

publicado por eu-calipto às 19:49

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 23 de Outubro de 2011

Miguel Macedo renuncia ao subsídio de alojamento

Valeu a pena o que os blogs publicaram e as mensagens em cadeia.

Era verdade e foi corrigido.

http://economico.sapo.pt/noticias/miguel-macedo-renuncia-ao-subsidio-de-alojamento_129708.html

Agora faltam os outros com menos vergonha: Aguiar Branco, Marco António Costa, etc.

publicado por eu-calipto às 20:34

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 22 de Outubro de 2011

Miguel Mancebo

Até o Público ..., ao que isto chegou ...

http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/ministro-recebe-subsidio-de-alojamento-apesar-de-passar-a-semana-em-casa-propria-na-capital-1517635

Ministro recebe subsídio apesar de passar a semana em casa própria na capital

21.10.2011 - 16:00 Por Catarina Gomes

"O ministro da Administração Interna, Miguel Macedo, recebe todos os meses cerca de 1400 euros por subsídio de alojamento apesar de ter um apartamento seu na área de Lisboa onde reside durante toda a semana. A assessoria de imprensa do Ministério da Administração Interna (MAI) afirma que o subsídio é legal, uma vez que o governante tem a sua residência permanente em Braga ...", e outros, também Marco António Costa ...

Uma gorjeta de 1400 Euros/mês,  livrezinha de impostos, para verdadeiros treinadores de bancada, num período de crise e de cortes para os outros.

publicado por eu-calipto às 21:53

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 17 de Outubro de 2011

Passe social inútil

Até pode parecer embirração minha contra este governo, em particular para o Ministro da Economia, Transportes e Obras Públicas - o Super-Ministro Álvaro.

Mas vejamos se o "homem" (termo usado por Marcelo quando não gosta de alguém) não tem tendência para a asneira.

http://www.publico.pt/Local/usar-as-redes-metrocarris-e-estacionar-por-30-dias-custa-49-euros-1516893

Passe social Metro + Carris + estacionamento em Lisboa, tudo por 49 Euros.

Mas se o passe é para Metro e Carris, seria para as pessoas deixarem o carro em casa, fora de Lisboa. Então o que tem a ver o estacionamento grátis em Alcântara, Colégio Militar, Sete Rios, Oriente? Sujeito ainda à possibilidade de nem haver lugar no parque, claro está.

Por exemplo, eu venho de Carcavelos. Apanho uma hora de fila até ao Colégio Militar. Depois de passar a parte mais difícil apanho o Metro ou espero meia hora pelo autocarro? Só se fosse maluco.

Fazendo as contas, gasto em gasóleo e portagens 53 Euros por mês. Poupava 4 Euros para estar em filas intermináveis, ao Sol e à chuva? Não obrigado! Viva a poluição Sr. Ministro, vivam as emissões de CO2, vivam as importações de petróleo.

Façam parques de estacionamento grátis ou a custos reduzidos nas estações de comboio dos arredores de Lisboa e Porto. Ou então, acabem de vez com os transportes publicos que só dão prejuízo, e construam mais estradas para automóveis e pistas para bicicletas.

publicado por eu-calipto às 19:02

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 16 de Outubro de 2011

Óh Álvaro - 2 !

Carros de luxo? Para os PSDs? Para os restos dos PSs?

Todos sabem que no Correio da Manhã em cada três notícias duas são mentiras. Mas esta vem a meu favor depois dos post anteriores. Se a notícia for mentira é altura do Álvaro vir dizer publicamente que não é verdade.

Eram três vantagens numa única ação:

1 - Ficava-se a saber que o Correio da Manhã inventa notícias;

2 - O dinheiro dos contribuintes não era mal gasto;

3 - O Álvaro mostrava que era diferente dos Socialistas e não se preocupava só com os bilhetes dos funcionários.

Se for verdade a notícia é uma boa altura do Álvaro dizer basta e atuar, sejam PSDs ou PSs - não há carrinhos novos para ninguém.

publicado por eu-calipto às 09:51

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 15 de Outubro de 2011

Uma crisesinha

Lembram-se de Manuela Ferreira Leite dizer que o que se estava a passar no mundo era uma crisesinha?

Pois vejam o que a crisesinha vai dar.

Ajudem os pobres dando dinheiro aos ricos

 Luis Moreira Quinta-feira, 13.10.11   (http://pegada.blogs.sapo.pt/780691.html)

Hoje os "indignados" nos US manifestaram-se em várias cidades. É um movimento que está a tomar força e que tem como ideia orientadora o facto de os milionários que representam 1% da população terem cada vez mais dinheiro. Esta ideia que os ricos investem o dinheiro que ganham e que, com isso, criam postos de trabalho, (por isso não devem pagar impostos) começou há 30 anos e tomou força de Lei com o inenarrável Bush.

Mas, a onda está a crescer, Buffet e outros que, além de ricos são inteligentes, tentaram parar o que adivinhavam vir por aí, exigindo aos políticos que os taxassem, mas vieram tarde. As pessoas estão indignadas e nos Estados Unidos as pessoas gozam mesmo do direito à indignação, por muito que não se goste do país. Não vai parar, a "bola de neve" vai continuar a crescer e os ricos ainda vão ver alguns dos seus irem dentro. Vão ser os últimos, mas também vão pagar a crise ...

É nos US que muita coisa vai mudar com esta crise!

Pois o que foi dito há menos de uma semana por Luís Moreira é cada vez mais verdade e só passaram alguns dias. Hoje sábado, 15 de Outubro houve enormes manifestações de indignados por todo o Mundo e em Portugal teve uma adesão surpreendente. Alguns manifestantes choravam de raiva e indignação por não terem já dinheiro para as necessidades básicas. Desta vez não são os militantes do partido comunista. A culpa é de Sócrates dirão muitos. Pois sim Sócrates foi governante durante 6 anos e não conseguiu tornar Portugal numa Alemanha. Culpa dele claro. Sócrates para a cadeira já, desejam muitos!

Mas pensando mais um bocadinho. Os portugueses não mudam assim tão depressa, nem para o melhor nem para o pior. Na verdade já somos assim há séculos - pobres, a tentar viver de expedientes, da maneira mais fácil - Índia, Brasil, colónias de Angola de Moçambique, fundos Europeus. Continuamos sem interrupção a ser um país de alguns poucos que vivem muito bem e uma grande maioria que simplesmente sobrevive. Mas nunca causámos guerras mortíferas e destruição na Europa nem por nenhum sítio onde passámos.Pelo contrário deixámos saudades e a nossa língua por muitos e longínquos lugares.

Se tivemos um governante a que chamaram "pinóquio" porque era demasiado otimista, agora temos um bando liderado pelo "Alibábá ...", que a primeira prioridade é defender-se e defender os amigos. Há pouco dinheiro mas para eles ainda chega.

Agora já são muitos os que dizem que o problema é mais vasto do que as fronteiras do retângulo. O capitalismo de casino chegou ao fim, mas ninguém sabe o que está para chegar.

A única coisa que sabemos é que estamos a dar os primeiros passos de uma viagem muito longa para um destino ainda desconhecido.

Distúrbios em Vancouver, onde José Sócrates "terá?" governado durante alguns anos. (c) DESMITOS do nosso Álvaro.

publicado por eu-calipto às 22:12

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 14 de Outubro de 2011

Óh Álvaro !

Este superministro não pára de nos surpreender. Agora descobriu que a Refer está na falência por causa dos bilhetes que os familiares dos empregados beneficiam. Disse na comissão parlamentar que as despesas com bilhetes de familiares é de 4 milhões Euros por ano. Beneficiam os empregados, as filhas e os filhos e até as irmãs num total de 18 000 pessoas. Mesmo que estes números fossem verdade, isto daria cerca de 60 cêntimos por cada pessoa, por dia em todo o país. Devem andar comboios cheios de familiares, nem cabe mais ninguém. Mas este mesmo Ministro tem uma das secrtárias chefe de gabinete a ganhar 5800 Euros por mês e, coitada, tem de pagar bilhete de comboio.

Claro que pode haver algum abuso, mas não serão certamente dos trabalhadoes no geral, numas viagens na linha de Sintra ou nas idas a Tomar, que vem o mal do Mundo. Será que aguns administradores e famílias passam a vida a viajar ao Porto ou a Paris ou Madrid de comboio? Não me parece que um administrador passe 20 horas num comboio SudExpresso para ir a Paris passear com a família. No entanto, se isto for verdade que os grandes prejuízos da Refer e CP forem das viagens dos familiares, talvez seja conveniente estudar as viagens no Metro do Porto, na Carris, na Transtejo. E as imensas comitivas do Presidente da República e do Miguel Relvas ao Brasil (para visitar os amigos?).

O Sr Ministro tem de pegar nas coisas sérias, e não na demagogia de serem os trabalhadores que nada mandam a ficarem com as culpas de tudo. 

publicado por eu-calipto às 19:01

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Outubro de 2011

Super Ministro

Já não nos bastavam os super juízes, agora temos os super ministros.

Um deles é uma anedota.

Há dois dias a tal "anedota" anunciou a introdução de portagens nas SCUTs.

Para compensar os cidadãos deste sacrifício disse que ia incentivar as bombas de gasolina low-cost (assunto que nada depende do governo), e ainda uma lei a permitir a entrada do automóveis GPL nos parques cobertos.

Mas o que é que o "tutu" tem a ver com as calças?

publicado por eu-calipto às 19:49

link do post | comentar | favorito
|

Política de transportes em Portugal

Elas também preferiram o automóvel em 1961, em Glasgow.

http://dnewell1.wordpress.com/2008/10/22/greater-glasgows-public-transportation-gaffe/

As empresas de transportes públicos estão endividadas.

Por este motivo o governo já aumentou em Setembro os preços dos bilhetes e das assinaturas em cerca de 20 %.

Agora prometem que vão aumentar ainda mais no princípio do ano,

 Por esta razão ou por outras, o trânsito nas estradas aumentou enormemente em Setembro.

Por exemplo, de Março a Julho fazia-se a auto-estrada de Cascais entre Carcavelos às 8h00 da manhã quase sem fila de trânsito. Agora a partir de meados de Setembro à mesma hora há fila a começar antes de Oeiras, ou seja, mais de 5 km de pára e anda lento.

Este exemplo levou-me a fazer umas contas:

Eu saio da zona de Carcavelos para a zona Norte de Lisboa (Telheiras).

São 21 km carro, com um consumo médio de 6 litros/100km

Pago duas vezes a portagem de 0.45€

Feitas as contas, neste trajecto gasto, ida e volta, 2,6 Euros por dia.

Trabalhando em média 21 dias por mês faz 54,6 Euros por mês.

Tempo de transporte se não houver trânsito - 40 minutos.

 Agora vejamos a alternativa se eu usar os transportes públicos

Passe do autocarro da Scott Urb e comboio entre Carcavelos e Cais do Sodré, 53 Euros

Passe do metro entre Cais do Sodré e Telheiras – 35 Euros.

Total de 88 Euros.

Tempo médio de deslocação 1 hora e 45 minutos (caminhada a pé de casa até à paragem + autocarro + espera do comboio e comboio, mais espera do metro e metro até Telheiras + mais 10 minutos a pé da estação do metro até ao local de trabalho).

 Claro que os outros cidadãos não são estúpidos e também fizeram as contas:

54,6 Euros para 40 minutos de transporte - porta a porta, ou,

88 Euros para 1 hora e 45 minutos com caminhada a pé mais três transportes diferentes.

Pode-se dizer que os transportes públicos estão muito baratos? Pelo menos em comparação com automóvel não!

Cerca de metade do valor das importações portuguesas são de petróleo para combustíveis.

O comboio e o metro consomem electricidade que pode ser produzida no país enquanto os automóveis consomem gasolina e gasóleo 100% importado.

Se as empresas de transportes públicos dão prejuízos, com os lugares de passageiros todos cheios à hora de ponta, então alguma coisa está mal. Não será má gestão?

O governo não sabe fazer contas? Não sabe quanto custam as importações de combustíveis e as importações de automóveis e dos componentes de automóveis? Parece que não sabem!

publicado por eu-calipto às 19:36

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 9 de Outubro de 2011

Dia de festa na Madeira

publicado por eu-calipto às 11:17

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 5 de Outubro de 2011

Recriar moeda nacional - o "duro"

O que foi dito no post anterior é materialmente verdadeiro. Deixa mesmo de haver moeda nos países que compram mais ao estrangeiro do que o que vendem. Vais-e chegando a uma situação em que para as trocas internas pode haver dificuldade de arranjar Euros. Então as pessoas começam a fazer acordos de troca. Dizemos ao canalizador que vai lá a casa "quando precisar de cortar o cabelo venha cá que e eu faço um corte completo por cada 5 metros de tubo novo". O professor dá aulas e os alunos pagam com galinhas ou batatas, etc.

Para o problema anterior há uma solução que nem sequer é original. Basta voltarmos às origens. Cria-se uma moeda e fazem-se as transações neste meio simbólico de pagamento.

Em Portugal não lhe chamaremos escudos, mas bem pode ser "duro" (experimentem escrever euro na escrita inteligente de qualquer telemóvel).

Depois da moeda teria de haver um câmbio para trocas pontuais com outras moedas. Finalmente só se compraria ao estrangeiro o que fosse absolutamente essencial. Nada de carros de luxo, nada de telemóveis de últma geração, nada de roupas de marca, nada de fruta e legumes fora da época própria da sua produção, etc. E os alemães e franceses que sejam muito felizes, os finlandeses que comam os seus telemóveis, etc.

 

Talvez venha a ser melhor assim. Na natureza tudo está em equilíbrio ou vai a caminho de um equilíbrio - Princípio Fundamental da Termodinâmica.

publicado por eu-calipto às 09:34

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 2 de Outubro de 2011

Trambolhão do Euro

A moeda serve para fazer transações. Se isto fosse verdade só se compraria alguma coisa se se tivesse moeda.

Na realidade o que foi dito não é inteiramente verdade, porque para comprar alguma coisa não é preciso ter moeda, o que é preciso ter é crédito.

Para ter crédito é preciso dar garantias.

Para dar garantias e emprestar moeda a quem não tem moeda, criaram-se os bancos.

Mas os bancos nada produzem, portanto, para viverem (e viverem muito bem), têm ficar com uma parte da moeda dos outros.

A nível de países parece ser a mesma coisa. Há uns que compram e deviam pagar com moeda, e outros que vendem e querem recebem com moeda, mas muitas vezes com crédito através dos tais bancos.

Se os que acumulam moeda não comprarem nada a quem tem pouca moeda, o sistema fica em desequilíbrio. Feitas as contas finais, os que compram ficam sem moeda e os que vendem ficam com muita moeda. Então, a partir de certo momento os que vendem já não têm quem lhes compre nada, portanto também deixam de receber moeda.

É aqui que estamos a chegar:

E a partir daqui? O que vai acontecer?

publicado por eu-calipto às 19:01

link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Moção de "auto-censura" p...

Rei Ghob

Confirmação da injustiça ...

Os intocáveis

Roubados e ainda temos de...

Não sejam mal agradecidos...

Rir é o melhor remédio, s...

Miguelito Relvado - O Ban...

Carlos Alex. Quem é ele? ...

Aeroporto no Montijo - er...

Mário Soares - o bochecha...

Bom Ano Novo

Atentados. Pode haver ou ...

Prisão, prisão, presão, p...

Justiça inútil ou "injust...

Polémica - Nova investiga...

Antoniodominguesmania - o...

Pedro Dias, Pedro Dias, P...

A lata deste gajo é imbat...

Marques - Mentes

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favorito

Venha o diabo e escolha.

links recomendados

Tempo

blogs SAPO