Segunda-feira, 28 de Maio de 2012

O homem que nunca se engana e raramente tem dúvidas

Cavaco tem afirmado nos últimos dias, na sua viagem pelo oriente

"Portugal vai vencer a crise"

Mas então pergunto eu:

Se Portugal não vencer a crise o que é que acontece? Riscam do mapa? Morremos todos?

Também em relação à Guiné diziam que não tinha viabilidade, que era um país falhado, que vivia de empréstimos, blá, blá, blá.

Ainda lá vive gente, que se saiba até há automóveis ainda a circular (alguns com mais de 35 anos), rodas abertas, sem vidros, a deitar fumo mal cheiroso, mas andam. Muitos guineenses comem uma refeição por dia, mas muitos outros têm telemóvel, vestem-se, vivem (mal mas vivem). Na realidade só alguns militares ou políticos têm direito a algum conforto.

É isso que vai acontecer a Portugal. O presidente continua a ser presidente e os poucos e bons negócios ficam para os amigos dos políticos no poder.

Isto é que é a realidade que o "boca de favas" não quer dizer aos portugueses.

Já o dizer que vai sobreviver confirma que há perigo de morte.

Uma asneira de todo o tamanho para quem pretendia projetar uma imagem boa de Portugal.
Então se queremos fazer um bom negócio dizemos que estamos no hospital muito doentes, mas que vamos sobreviver a cumprir os nossos compromissos?
Quem é que vai nisso?

Pois é para isto e pouco mais que o "boca de favas" foi passear para o oriente com uma grande comitiva. Tudo pago pelo contribuinte português. A dona Maria, mais o Álvaro, mais uma ou duas dezenas de comilões.

Todo aquele gasto para dizer que Portugal vai sobreviver.

Bem! Se ele diz ..., quem sou eu para duvidar.

E já agora. Lembram-se de um homem que dizia:

"Portugal está de tanga"?

Pois esse senhor foi dos que pensou que Portugal não ia sobreviver.

E então o que fez para ajudar a evitar o mal maior?

Fugiu para Bruxelas.

E nós ainda cá estamos. Mal, e sem a ajuda de quem dizia que enquanto houver uma criança em lista de espera num hospital não havia aeroporto da Ota. Nem uma coisa nem outra.

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por eu-calipto às 21:40

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 26 de Maio de 2012

O POLVO DAS NEVES

Tanto que se falou em polvo que o bicho se reproduziu, e agora começam a saltar de vários buracos outros polvos feios, grandes e mal cheirosos.

Era interessante que Felícia Cabrita e José António Saraiva fizessem agora uma investigação minuciosa como noutros tempos faziam. Ou já perderam a "fonte" da inspiração?

O problema é que agora os Polvos gordos que começam a mostrar os tentáculos apontam para os patrões dos denunciantes do polvo mais pequeno.

Tal como noticiado por vários jornais, suspeita-se que o patrão da Cofina (dono do Sol, Correio da Manhã, etc.), foi um dos que passou dinheiro para o estrangeiro pelo correio suíço que está a ser destapado pela operação Monte Branco.

Resultado

Agora O Sol já não gosta das fugas de informação que tanto jeito deram para vender jornais noutros tempos e em muitos casos acusar inocentes.

A capa do Sol desta semana sugere que as fugas vêm de um super juiz e lá vai a fotografia para o meio da multidão, para o “condicionar?” / “fazer pressão?”, pois o justiceiro pode começar a ser inconveniente. Também não dá pena nenhuma, pois este senhor e seus colegas vidais não são nenhuns santos. Muitos inocentes se encontram a contas com a justiça porque alguns procuradores não fizeram o que lhes competia que era serem justos e separarem os inocentes dos vigaristas. Só falta saber se foi por incompetência, ou pior, se foi por conveniência … Agora o Sr. pode vir a provar do veneno que serviu a outros, nada lhe valendo a pata de coelho que traz no bolso para dar sorte.

No processo Face Oculta há pessoas que foram acusadas de facilitar "negócios ilegítimos" a troco, não de dinheiro, mas de simpatia dos seus superiores. Nesta face oculta da lavagem de dinheiro estão em jogo valores superiores aos produtos internos de muitos países pobres. E o Sol não quer que se fale nos nomes porque “… o lançamento indiscriminado de nomes na praça pública pode comprometer a investigação …”.

Só agora?

'/'/                                                  ...   olho do furacão ?

“O i confirmou que o nome de Paulo Fernandes, o patrão da Cofina, empresa detentora do Correio da Manhã, também consta da lista de clientes de Michel Canals, o ex-gestor de contas do banco suíço UBS para o mercado português que foi constituído arguido na passada sexta-feira.

 Um porta-voz de Paulo Fernandes contactado pelo i desmentiu que o accionista maioritário da Cofina seja cliente da empresa Akoya Asset Management – suspeita de lavagem de dinheiro – mas confirmou que Paulo Fernandes conhece Michel Canals.”

http://www.ionline.pt/portugal/patrao-da-cofina-alto-quadro-bes-tambem-eram-clientes-canals

Nós não sabemos nada. Só chegam ao cidadão comum algumas migalhas de realidade que se passa às escondidas. Pequenas migalhas espalhadas nas disputas pelo pão grande.

publicado por eu-calipto às 23:35

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Maio de 2012

Bater no Relvinho

Eu já não vou bater mais no ceguinho. É a última vez!

Para mim Relvas acabou. É um Acabado Reles.

Porquê?

Porque as trapalhadas já são muitas e já bastam os títulos dos jornais para o aleijar bastante.

Também não quero ser injusto e porque não sei se tudo o que agora se diz é verdade.

Em Portugal a comunicação social tem um comportamento de extremos. Para vender jornais e ter audiências tanto condenam um inocente como defendem um criminoso. Depende das simpatias.

Relvas está perdido e já nem os do partido o defendem. Os amigos estão a fugir. Só tem Carlos Abreu Amorim.

Relvas foi demasiado ousado e voluntarista. Tudo era mau no governo anterior, para ele eram todos vigaristas. Relvas tinha as soluções para tudo. Comentava tudo. Dentro do partido também passou à frente de outros que estavam na fila há mais tempo.

Pôs a cabeça demasiado de fora e … “lixou-se”, com a do Abreu (Amorim?).

Alguns títulos

CASO RELVAS/PÚBLICO

Adjunto de Relvas trocou várias SMS com ex-diretor do SIED em setembro de 2011

http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/adjunto-de-relvas-trocou-sms-com_3782.html

Miguel Relvas jantou com ex-espião no Gigi

Sexta feira, 25 de maio de 2012

http://expresso.sapo.pt/ex-espiao-jantou-com-miguel-relvas=f728586

Relvas ameaçou divulgar na Internet que a jornalista do Público vive com um homem de um partido da oposição

25 Maio 2012

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=558891

A jornalista queria saber porque razão Relvas não se lembrava nem dava importância aos e-mails de Silva Carvalho, mas por outro lado, deu como exemplo da sua indiferença um recorte de jornal de uma assunto relacionado com George Bush que se tinha passado há mais de dois anos.

Porque razão ele se lembrava de uma coisa sem importância de há dois anos e não de coisas mais recentes?

A resposta dou eu: É que diz o povo que se apanha mais facilmente um mentiroso do que um coxo.

Miguel Relvas: "Vou sair mais forte" deste caso

28 de Maio de 2012. Declaração ao jornal i.

http://noticias.sapo.pt/nacional/artigo/miguel-relvas-vou-sair-mais-fort_3811.html#swc_p=5

 Vou sair ...

Vou sair

Vou sair

vou sair

vou sair

Estou quase a sair

publicado por eu-calipto às 18:17

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Maio de 2012

Pressão aos jornalistas? E o efeito bumerangue?

Não, não é José Sócrates!

Desta vez é outro parecido.

Miguel Relvas pede "desculpa" ao "Público"

http://expresso.sapo.pt/miguel-relvas-pede-desculpa-ao-publico=f727123#ixzz1vGMlt9xR

Não fez nada, é tudo mentira, mas pediu desculpa. Ou não pediu desculpa e é também mentira, incluindo pedir desculpa?

Só o imparcial Mário Crespo pode esclarecer este assunto na Assembleia da República.

... Segundo os elementos eleitos do Conselho Redação, Relvas disse, entre outras coisas, que "promoveria um black out de todos os ministros em relação ao 'Público' e divulgaria, na internet, dados da vida privada da jornalista" que investiga o assunto".
... "divulgar, na internet, dados da vida privada" ..., e nos jornais, e na televisão, e contar tudo ao Mário Crespo e a Manuela Moura Guedes, etc., etc.

Mas onde é que já vimos este filme?

O mais interessante é que o mesmo veneno vai ser servido a Relvas. Esperem mais uns tempos. Elementos do interior do PSD vão começar a falar ... (de RRelvas e talvez de Paços ...).

Lembrem-se do eu estou a dizer.

publicado por eu-calipto às 00:15

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

Esperteza saloia

Parece incrível que ninguém nas televisões tenha falado nisto.

O governo disse que a decisão sobre o fim dos feriados de 5 de outubro e de 1 de dezembro só teria efeito a partir de 2013.

Todos ouviram isto não ouviram?

Então vão a um calendário e segurem os queixos:

» 5 de outubro de 2013 é um sábado.

» 1 de dezembro de 2013 é um domingo.

Em 2014 o 5 de outubro ainda calha a um domingo

Incompetência ou chico-espertice?

publicado por eu-calipto às 20:52

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 13 de Maio de 2012

Marco António

 

Parece que nada de mal se prova contra estes dois senhores depois de ler o conteúdo do texto das páginas 3 e 4 do Expresso.

Mas uma coisa fica esclarecida. Estes senhores conheciam o super-espião e o super-espião confiava neles. Enviava mensagens diárias e chegou a ser recebido por Marco António na altura em que aqueles senhores estavam todos excitados com a chegada ao poder após o PSD ganhar as eleições.

Muito interessante e intrigante a desconfiança de Paulo Portas, que manifestou não gostar de "Relvas" nem de "Marcos Antónios". Porque razão pensava assim? O que é que ele sabe que nós não sabemos? Uma coisa parecer certa, Portas não nos vai dizer nada enquanto os outros pagarem com proteção as coisas dele próprio, que também não se podem saber. São os negócios da política.

Os portugueses devem estar muito atentos a misturas de ingredientes muito perigosos para todos nós: política + justiça + maçonaria + comunicação social.

Felizmente dentro de cada um destes grupos há subgrupos com interesses cruzados, o que permite que se saibam algumas coisas.

É injusto fazer juízos de valor a estes dois senhores? É!

Mas é bem feito eles provarem do veneno que eles próprios serviram a outros sem piedade, seja, fazer juízos de valor.

publicado por eu-calipto às 14:25

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Maio de 2012

Máfia das Secretas

Parece que eu adivinhava

Vejam o que eu escrevi em Fevereiro de 2010 sobre o estranho comportamento de José Eduardo Moniz

http://eu-calipto.blogs.sapo.pt/21490.html

Resumidamente, o casalinho atacava forte e feio José Sócrates, pela sua “falta de seriedade”.

Mas o que é que eles sabiam que mais ninguém sabia?

Só agora sabemos (pelo menos um pouco).

José Eduardo Moniz recebia informação quase diária dos serviços secretos da República, através do amigo Silva Carvalho e outros.

http://expresso.sapo.pt/a-lista-de-clientes-de-iclippingi-do-ex-espiao=f724667

A 'lista de clientes' de clipping do ex-expião

É este o título da notícia do Expresso.

"De acordo com a acusação do Ministério Público, já depois de sair da direção dos Serviços de Informação Estratégica de Defesa (SIED), Jorge Silva Carvalho continuou a receber relatórios de imprensa (clipping) feitos por agentes dos serviços secretos. E enviava-os por email para os responsáveis da Ongoing. Saiba quem são".

http://expresso.sapo.pt/a-lista-de-clientes-de-iclippingi-do-ex-espiao=f724667#ixzz1uPTbdq1T

Em 2009 José Eduardo Moniz deixou a TVI com uma indemnização de 6 milhões de Euros e foi para vice-presidente da Ongoing, a tal empresa que Agostinho Branquinho do PSD não sabia o que era e depois foi trabalhar para lá.

http://expresso.sapo.pt/o-que-e-a-ongoing-video=f610937

 

 Últimas notícias Público, 10 Maio 2012)

Ex-expião enviou a Relvas plano de reforma das secretas quando já estava na Ongoing

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=555949

Mais outro comentador bem informado.

É assim a política portuguesa. Cheia de lixo mal cheiroso, jornalistas de sarjeta, políticos vendidos, falsos moralistas, mentirosos – tudo do pior. Quem tiver mérito e seriedade não se dá lá bem, nem os companheiros o querem.

Foram alguns destes “artistas” que ajudaram a criar o processo Face Oculta, em que, para apanhar Sócrates, acabaram por inventar um mega processo à volta de um sucateiro vigarista, onde acabaram por envolver muitos inocentes que nem conheceram Godinho e nunca receberam prendas dele. O processo tinha de ter muita gente para aparecer nos noticiários.

publicado por eu-calipto às 22:30

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 6 de Maio de 2012

Margens de lucro pornográficas

A propósito da polémica dos descontos de 50% nos supermercados do "Sem Pingo Doce de Vergonha", começou a saber-se que estudos de entidades independentes concluíram que em muitos produtos de origem agrícola as margens de lucro das grandes cadeias de supermercados eram de 60 % a 80 %. A justificação dada pelos amigos dos supermerceeiros é que nestes estabelecimentos os produtos com prazos curtos de validade se estragam e há perdas importantes. Ora isto só em parte é verdade. É bem possível que vão para o lixo algumas alfaces, algumas maçãs e poucas batatas. Mas também é verdade que os consumidores compram maçãs farinhentas e peras murchas por dentro e a grande maioria eles não reclama. Ou seja os supermercados compram coisas a baixo custo e vendem ao preço normal artigos que o consumidor deita no lixo.

Afinal quem deita no lixo os produtos sem qualidade ou quase fora do prazo não são só os supermercados, mas a maioria das vezes o cliente final.

Mas mesmo admitindo que há riscos para o comerciante, o que são alguns quilos comparados com o risco dos agricultores de perderem toda uma colheita porque fez frio, porque fez calor, porque não choveu, porque choveu a mais, porque caiu granizo, porque deu doença, etc., etc., etc..

Mesmo que não fosse evidente esta minha explicação bastava olhar à volta e ver quem tem razão. Em Portugal há três cadeias de supermercados distribuidores de alimentos:

  • Pingo Doce (da família Alexandre Soares dos Santos);
  • Jumbo (do Grupo de Américo Amorim);
  • Continente (do grupo SONAE da família Belmiro de Azevedo).

Por acaso ou talvez não, estes três senhores estão no topo da lista dos homens mais ricos de Portugal.

Todas as outras justificação são inúteis. Que são empreendedores, que dão emprego a muita gente, etc., etc.

Se dão vantagens aos outros a maior das maiores vantagens guardam para si próprios, enquanto que a agricultura nacional está completamente falida e descapitalizada. Tudo ou quase tudo é importado através dos contratos internacionais daqueles grandes "beneméritos e amigos do povo".

Para finalizar. Sou eu que estou a ver mal a realidade? Porque razão os comentadores dos meios de comunicação não dão opinião sobre este assunto. Com alguma honrosa excepção de Miguel Sousa Tavares ou de Daniel Oliveira, poucos mais vão contra a ignorância e indiferença geral. Até o agricultor chefe (Paulinho das feiras) está bem instalado no sofá, calado como um rato, confortavelmente encostado à árvore do poder, na companhia do amigo Jacinto Leite Capelo Rego, à sombra da conta recheada dos submarinos. 

publicado por eu-calipto às 09:21

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 4 de Maio de 2012

Pingo "doce" de vergonha

Promoções a 50 % nas lojas do Pingo Doce

A confusão total.

Os mais oportunistas entraram nas lojas encheram os carrinhos com garrafas de vinho e de Whisky, outros encheram-se de embalagens de detergentes e saíram a rir, estava feito o negócio.

Outros foram sofrendo durante 3 a 6 horas para trazerem uns yogurtes e uns sacos de bolachas e embalagens de leite que vão acabar por se estragar na dispensa.

Mostraram-se os sentimentos mais básicos de muitas pessoas, tirando coisas dos carrinhos dos outros clientes, ou discutindo por um lugar mais à frente nas filas.

Entretanto na capa de um grande jornal de sarjeta era dito que o administrador da empresa não sabia de nada. Há pouco ouviu-se um comunicado de Soares dos Santos a dizer que a notícia da capa do jornal era mentira.

Agora vai haver multa à empresa ou não?

Um grande dilema: - Se dizem que não venderam os produtos abaixo do preço de custo safam-se das multas, mas fica-se a saber que a margem de lucro é exagerada; - Se dizem que perderam dinheiro podem continuar o choradinho dos aumentos mas têm de pagar as multas e admitirem que se enganaram. Para mim as duas possibilidades são verdadeiras. Venderam abaixo do custo e as margens são exageradas. Dantes ainda podiam dizer que a diferença entre a produção e o preço ao cliente final era justificado pelos custos de armazenamento e de transporte, mas isso nunca permitiria vender a metade do preço e ainda ter lucro.

               

O Pingo Doce mente sempre em todas as possibilidades.

Além de tudo ainda fica por explicar a coincidência (ou talvez não) de fazerem isto no dia do trabalhador - 1º de Maio.

A cereja em cima do bolo - o Ministro da Economia a defender a cadeia de supermercados.

Resta-nos uma consolação - o Sr. Presidente da República não soube o que se passou, não viu a televisão. Nunca sabe de nada, pois ele nem lê jornais.

 

publicado por eu-calipto às 20:25

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 1 de Maio de 2012

Terminou a sensura. Agora só temos sensura e ..., outras coisas

38 anos depois do 25 de Abril

O meu texto foi escrito e adaptado com base numa reflexão publicada em

http://resistir.info/portugal/censura_25abr12.html

de onde aproveitei o que me pareceu o melhor e completei ou retirei o pior.

Intervenção realizada no Centro Republicano e Democrática de Fânzeres (Gondomar) nas comemorações do 38º aniversário do 25 de Abril.

O trabalho prático da Comunicação Social / Empresa, toda nas mãos de endinheirados, ou endividados, é feito por jornalistas, que são na sua quase generalidade zelosos cumpridores das ordens dos patrões. O Preservativo económico aprisiona os jornalistas. Hoje os censores não são coronéis, não usam lápis vermelho ou lápis azul. Usam fatos caros, perfume de marca, palavras suaves e dão palmadinhas nas costas dos jornalistas, que são cada vez mais trabalhadores precários e mal pagos. 38 anos depois do 25 de Abril a censura e a autocensura é feita através de um apertado preservativo económico que impõe o PU (Pensamento Único).

A Censura era o preservativo do regime fascista. Por isso os jornais estavam impedidos de parir notícias onde se referissem surtos de cólera, suicídios, barracas, aumento de preços, guerra, drogas, gripes, fome, greves, fraudes e infidelidades conjugais. Racismo.

O país tinha um Pai - que alguns ainda há bem pouco elegeram como o grande português - que não viajava, não adoecia, não sofria acidentes de viação; e alguns santuários, onde se zelava e zela para que o povo não saia dos caminhos da perdição e das troikas.

O ópio das multidões - a Informação que hoje nos servem, é assim, a modos como o novo ópio. E é, também em boa medida, uma Informação censurada e autocensurada, tanto pelos interesses políticos de quem manda, como pelos interesses económicos e simpatias de quem a serve. (Ex: Um assessor de longa data do professor Cavaco lamentou, ainda recentemente, que “uma informação não domesticada constitui uma ameaça com a qual nem sempre se sabe lidar”) .

Eduardo Galeano, escritor, jornalista e humanista uruguaio, diz que o Mundo é hoje dominado por uma “ordem criminosa”.

Uma ordem criminosa cujas “corporações controlando os governos de quase todo o planeta, dispondo também de instituições como o FMI, a OMC e o Banco Mundial para defender os seus interesses” leva a que hoje “500 empresas detenham mais de 50% do PIB Mundial, sendo que muitas delas pertencem a um mesmo grupo”.

Uma ordem criminosa, que se apoderou da Imprensa mundial e a coloca aos serviços das suas estratégias ideológicas, económicas e financeiras.

E isso explica várias coisas. Como estas que aqui se deixam:

- O despedimento cirúrgico de jornalistas seniores, respeitados entre a classe e com capacidade interventiva e reinvidicativa;

- A opção por jovens jornalistas pagos com baixos salários ou pagos à peça, sem capacidade interventiva e reinvidicativa. Sem memória também;

- O pagamento milionário a algumas “damas” e a alguns “cavalheiros” para que assistam à missa dominical do prof. Marcelo ou à novena do dr. Marques Mendes, à quinta-feira;

Tudo em nome das audiências e da sustentabilidade financeira!

Num mundo dominado pela ordem criminosa de que nos fala Galeano, fazer uma Imprensa séria, alternativa, uma Imprensa de contra poder e não de quarto poder, como alguns defendiam, é cada vez mais difícil. É hoje uma tarefa financeira quase impossível, nomeadamente quando se pretende que essa outra Imprensa seja feita em suporte de papel. Explico: nenhum jornal de contrapoder sobreviverá através da sua venda; nenhum patrão o apoiará financeira e publicitariamente; nenhum acompanhante de mais ou menos luxo, como agora se diz, trocará o “RELAX” do Correio da Manhã e do Sol, por um jornal a sério.

Impossível sobretudo nesta Europa dominada por mercados e mercadores que a encaminham para o maior retrocesso civilizacional de que há memória.

A Internet é, pelo menos por agora, um suporte alternativo, ou ainda através da leitura do periódico Le Monde Diplomatique, que o jornalista e sociólogo galego Ignacio Ramonet dirige desde 1991;

Ou, também, e entre nós pela leitura dos sítios:

- cinco dias;

- o diario.info;

- resistir.info.

Por exemplo, só assim ficaremos a saber a razão que levou o farmacêutico Dimitris Christoulas a suicidar-se, com um tiro, junto ao parlamento grego.

Eis a carta do herói da Praça Syntagma:

O governo de ocupação aniquilou-me literalmente qualquer possibilidade de sobrevivência dado que o meu rendimento era inteiramente proveniente de uma pensão que eu, sem qualquer apoio de ninguém nem do Estado, financiei durante 35 anos.

Porque a minha idade me impede de assumir uma acção radical (se não fosse isso, se um cidadão decidisse lutar com uma Kalashnikov, eu seria o primeiro a segui-lo), não me resta nenhuma solução excepto colocar um fim decente à minha vida antes de ser forçado a procurar comida nos caixotes do lixo e de ser um peso para os meus filhos.

Eu acredito que a juventude sem futuro brevemente se erguerá [literalmente: “empunhará armas”] e enforcará todos os traidores nacionais de cabeça para baixo, como os Italianos fizeram a Mussolini em 1945”.

 Nota final: Portugal do Salazar antes do 25 de Abril tinha um lema:

“Deus, Pátria, Família”,

Agora no Portugal do Cavaco e “Paços Cuelho”, temos o novo lema:

“Adeus Pátria e Família”

publicado por eu-calipto às 23:06

link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Moção de "auto-censura" p...

Rei Ghob

Confirmação da injustiça ...

Os intocáveis

Roubados e ainda temos de...

Não sejam mal agradecidos...

Rir é o melhor remédio, s...

Miguelito Relvado - O Ban...

Carlos Alex. Quem é ele? ...

Aeroporto no Montijo - er...

Mário Soares - o bochecha...

Bom Ano Novo

Atentados. Pode haver ou ...

Prisão, prisão, presão, p...

Justiça inútil ou "injust...

Polémica - Nova investiga...

Antoniodominguesmania - o...

Pedro Dias, Pedro Dias, P...

A lata deste gajo é imbat...

Marques - Mentes

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favorito

Venha o diabo e escolha.

links recomendados

Tempo

blogs SAPO