Terça-feira, 16 de Maio de 2017

Roubados e ainda temos de agradecer ao ladrão

Foi divulgado que Portugal tem o preço da electricidade mais elevado da União Europeia, tendo em conta o poder de compra dos portugueses.
Entrevistaram o António Mexia (EDP) e ele diz que não faz sentido tomar em conta o poder de compra. Pois sim!
Então vejamos o preço da electricidade em termos absolutos, estatísticas da União Europeia.
Somos mesmo dos que têm a electricidade mais elevada em 2016 para os consumidores domésticos. Nem é preciso utilizar o poder de compra. A não ser que o Sr. Mexia venha dizer que as estatísticas da UE estão enganadas.

preços da eletricidade na EU.PNG

Entretanto a EDP vai pagar este ano mais de 700 milhões de euros de dividendos aos seus accionistas.

dividendos EDP em 2017-2.PNG

O Sr. Mexia (o pobrezinho) ganha um salário de 7 000 Euros por dia.
Também não é muito. Trabalha tanto. Coitadinho.

Desculpa-se com os salários dos futebolistas, mas esquece que quem não quer ir ao futebol não vai mas a electricidade faz falta a todos.

salario do Mexia_2017.PNG

 A cereja em cima do bolo é que dizem que com estes custos os clientes de EDP não pagam o preço justo pela eletricidade e a diferença ainda vai acumular no défice tarifário para os nossos filhos e netos virem a pagar mais tarde.

Só apetece dizer uma coisa: - Grande filho de uma senhora que nós sabemos quem é!

publicado por eu-calipto às 20:13

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Novembro de 2016

A lata deste gajo é imbatível

Uma certa massa de lado ...

Já pouca gente acompanha os raciocínios complicados e enviezados deste treinador de bancada para a economia. Este pseudo-jornalista vive de bitaites (tangas como diz Putin). Provavelmente não sabe fazer mais nada.

Se mandasse tinha solução para tudo. Como não manda nada "tem sempre" razão. As teses nunca podem ser desmentidas.

Agora, que tem uma grande lata, lá isso tem!

Numa conferência ouvi ele dizer que as frases no final dos e-mails, a pedir para não imprimir os textos em papel se não for necessário, para poupar o ambiente, eram um grande disparate.

Na maneira de ver do Gomes, e disse-o expressamente, "...quanto mais papel gastarmos mais árvores plantamos", portanto, gastar papel sem ser necessário é melhor para o ambiente.

 Imaginemos este "belo" raciocínio aplicado a outras coisas: - Quanto mais lixo deitarmos para o chão mais as empresas de limpeza e reciclagem são viáveis. Quanto mais poluente for um automóvel melhor para a empresa de fabrico de catalizadores e filtros, etc., etc. E  o melhor exemplo de todos: Quanto mais bêbados condizirem automóvel mais médicos têm colocação nos hospitais.

Se este senhor for tão bom em economia como demonstra ser na avaliação do ambiente e da sustentabilidade, então não vale mesmo nada.

publicado por eu-calipto às 10:51

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Outubro de 2016

Pela boca morre o peixe ...

... e muito mais gente "morre" politicamente por ter uma boca grande de mais. Há muitos mais ditados populares que revelam um bom conhecimento da vida e dos Homens.

- Quem muito fala pouco acerta.

- Se temos dois ouvidos e uma boca devemos ouvir mais do que que falamos.

- Mais depressa se apanha um mentiroso do que um coxo.

- A mentira tem as pernas curtas.

- Mais cedo ou mais tarde a verdade vem ao de cima.

- Quanto maior é o navio maior é a tormenta.

- etc., etc.

A Sra Merkel e seu ministro das finanças em cadeira de rodas, encheram a Europa de preconceitos para com os países do sul. Eram os preguiçosos, eram os aldrabões, eram os oportunistas, eram os pouco sérios, incultos, e outros mimos. A direita adorou o discurso. Até em Portugal não lhe faltaram simpatias. Passos Coelho, Marco António, Miguel Relvas, José Rodrigues dos Santos, José Gomes Ferreira, Saraivas, etc., etc., todos davam 100% de razão a Merkel. Os portugueses, os gregos, os italianos, os espanhóis precisavam de ser castigados.

Os sérios alemães tinham de alimentar toda esta canalha incompetente.

Mas, ...

O povo sério e trabalhador afinal também tinha os seus pecados.

Primeiro a VW viciou durante muitos anos a indústria automóvel para se tornar o primeiro fabricante a nível mundial. Primeira aldrabice ...,

Depois o banco mais seguro do Mundo fez vendas fraudulentas de fundos nos Estados Unidos, contribuindo para a crise bancária internacional que começou em 2008. Vai apanhar uma das maiores multas da história.

Agora começa o "bumerangue" a devolver tudo à procedência ...

Merkel em apuros_3Out16.png

 O pior é que nós também vamos apanhar por tabela. Os ingleses viram o filme antes de toda a gente e tentaram sair do grande navio antes de este embarcar demasiada água. Não sabemos se ainda vão a tempo.

 

publicado por eu-calipto às 09:49

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 2 de Julho de 2016

Wolfgang Schäuble, o canalha alemão

O ministro alemão estava a falar sobre receios em torno do Deutsche Bank colocados por entidades financeiras estrangeiras, mas de repente,  para desviar as atenções, começou a dizer que está mais preocupado com Portugal do que com o Deutsche Bank. Isto porque Portugal não tem “resiliência” suficiente nos mercados” e, por isso, “tem de fazer tudo para anular a incerteza nos mercados financeiros”.»

Este senhor sabe muito bem o que diz quando abre a boca, sabe o que diz, o que pretende e as consequências do que diz e no dia ao Conselho Europeu que discutiu o Brexit o ministro das Finanças alemão é tudo menos um descuidado, A Alemanha quer responder ao Brexit com mais extremismo económico e com o saneamento do Euro e da UE, este senhor é um canalha e usa Portugal para fazer pressão sobre um governo alemão de coligação e sobre a chanceler Merkel.

Minutos depois do grande disparate, o ministro alemão voltou atrás e esclareceu; “Portugal não quer um novo programa e não vai precisar dele se cumprir as regras europeias que obrigam à consolidação orçamental e à redução do défice. Mas Portugal tem de cumprir as regras ou corre o risco de entrar em dificuldades e precisar de um novo programa de ajuda.

Adaptado de [O Jumento]

[Observador]

Conclusão

Concordo com o Jumento. Este senhor é um canalha. Quando se vê apertado tem a boia de salvação que é falar de Portugal (para ele, o bombo da festa).

Convém recordar que o senhor Schauble ou (“shovel” = pá), foi aquele que admitiu no parlamento alemão ter recebido em 1994, do “empresário” comerciante de armas Karlheinz Schreiber, um donativo para a CDU no valor de 100 000 marcos alemães, um montante que nunca apareceu nos relatórios de contas do seu partido. Teve de pedir desculpas públicas e a coisa ficou por aqui. Tão sério, tão sério …

A Alemanha utilizou milhares de homens e carros blindados para dominar a Europa em meados do século passado, mas não conseguiu. Agora, uma mulher e um coxo em cadeira de rodas dominam toda a UE.

publicado por eu-calipto às 23:49

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Junho de 2016

BREXIT - Fugir a sete pés destes imbecis da XêÉÉ

Porque razão anda tanta gente insatisfeita com a União Europeia e a sua complicadíssima e burocratísiíma organização? Muitos motivos. Cada país terá os seus.

Os ingleses terão as suas razões e devemos tentar compreender. Pena que alguns decidiram a saída pelas razões erradas e os que defendiam a permanência faziam-no também maioritariamente por razões egoístas e com o argumento do medo.

Os portugueses também ficam espantados com algumas coisas que a CEE lhe tem feito.

Vejam a última:

Tribunal de Justiça da UE condena Portugal - três milhões de euros

Num acórdão hoje divulgado, o Tribunal de Justiça da UE condena Portugal, além do pagamento da quantia fixa de três milhões de euros, a uma sanção pecuniária compulsória de 8.000 euros por dia de atraso no cumprimento da directiva relativa ao tratamento das águas residuais urbanas, concretamente em Vila Real de Santo António (Algarve) e Matosinhos (Porto).

Na fixação da multa de três milhões de euros, o tribunal teve em conta outras falhas de Portugal no tratamento de águas residuais e o facto de estar em causa a saúde e o ambiente, considerando que o montante é uma medida dissuasiva.

Conclusão

Se não houve dinheiro para fazer as obras até agora, com menos 3 milhões é que nunca mais se fazem. Ou será porque este governo não é da cor política que o chefe do tribunal gosta?

Estes é que ditam as regras. Alguém os elegeu?

Sabe quem são? Conseguem dizer os  nomes dos bichos?

Koen Lenaerts.jpg Valdis_Dombrovskis.jpg 

      Donald Tusk.jpg

Pois é   :-(

São estes que mandam numa parte da Europa de quase 300 milhões de habitantes.

 

publicado por eu-calipto às 18:06

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Junho de 2016

União Europeia => Chafarica-2

Para quem teve dúvida da porcaria de União Europeia que eu denunciei no post anterior aqui está a confirmação de que eu tinha razão, logo no dia seguinte.

http://24.sapo.pt/article/lusa-sapo-pt_2016_06_16_13620062_imposto-aplicado-a-veiculos-importados-de-outro-estado-membro-e-ilegal---tribunal-da-ue

Imposto aplicado a veículos importados de outro Estado-membro é ilegal - Tribunal da UE

"O Tribunal de Justiça da União Europeia (UE) considerou hoje que o imposto sobre veículos usados importados de outro Estado-membro aplicado em Portugal viola as regras da livre circulação de mercadorias".

Ou seja, os portugueses têm de aceitar os chaços velhos que os alemães, os franceses e os holandeses já não querem e nos querem impingir sem nenhum imposto. Não querem a poluição lá nos países deles mas em Portugal podem circular os grandes carrões Audis, BMW e Mercedes já bem estafados.

Tudo em nome da livre circulação de bens, mas os nossos produtos há alguns anos não podiam entrar na Europa (as maçãs não tinham a dimensão estabelecida e os recursos de pesca estavam esgotados para os velhos barcos de Peniche, mas já não havia problema para as modernas frotas espanholas).

O Estado português já não pode ir buscar receita de impostos onde acha melhor. A única coisa que a Europa permite é baixar salários e vender as empresas estratégicas. Isso já é legal.

Ora batatas. Que se lixe esta Europa!

publicado por eu-calipto às 22:28

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 14 de Junho de 2016

UE-União Europeia ou a GC-Grande Chafarica?

As instituições da UE em poucas palavras

  • Parlamento Europeu
  • Conselho Europeu
  • Conselho da União Europeia
  • Comissão Europeia
  • Tribunal de Justiça da União Europeia (TJUE)
  • Banco Central Europeu (BCE)
  • Tribunal de Contas Europeu (TCE)
  • Serviço Europeu para a Ação Externa (SEAE)
  • Comité Económico e Social Europeu (CESE)
  • Comité das Regiões (CR)
  • Banco Europeu de Investimento (BEI)
  • Provedor de Justiça Europeu
  • Autoridade Europeia para a Proteção de Dados (AEPD)
  • Órgãos interinstitucionais

_________________________________________________________

Conselho da União Europeia

O Conselho da UE é, juntamente com o Parlamento Europeu, o principal órgão de decisão da UE.

O Conselho da União Europeia, ou simplesmente Conselho constitui a principal instância de decisão da União Europeia. É a expressão da vontade dos Estados-Membros, cujos representantes se reúnem regularmente a nível ministerial.

A Presidência do Conselho da União Europeia é uma responsabilidade do um país desempenha esta função, de forma rotativa entre os Estados membros da União Europeia, de seis em seis meses.

1ª semestre 2014 – Grécia

2º semestre 2014 - Itália

1ª semestre 2015 – Letónia

2º semestre 2015 - Luxemburgo

1ª semestre 2016 – Países Baixos

2º semestre 2016 – Eslováquia

 

Futuro

                Malta: janeiro – junho de 2017

                Reino Unido: julho – dezembro de 2017

                Estónia: janeiro – junho de 2018

                Bulgária: julho – dezembro de 2018

                Áustria: janeiro – junho de 2019

                Roménia: julho – dezembro de 2019

                Finlândia: janeiro – junho de 2020

________________________________________________

Conselho Europeu

Donald Tusk, Presidente do Conselho Europeu, Polish politician and historian.

O Conselho Europeu - uma cimeira trimestral que reúne os Chefes de Estado e de Governo da UE para fixar as grandes linhas da política da EU

 Donald Tusk.jpg

 _________________________________________________________

Parlamento Europeu

Presidente

Martin Schulz, Presidente do Parlamento Europeu,

Político alemão pertencente ao Partido Social-Democrata da Alemanha-SPD

 Martin Schulz.jpg

 ______________________________________________________

Comissão Europeia

Presidente

Jean-Claude Juncker, presidente da Comissão Europeia (2014-2019)

Jean-Claude-Juncker.jpg

    ou   

Vice-Presidente

Frans Timmermans, vice-presidente e número 'dois' da Comissão Europeia,

Dutch politician and diplomat

 Frans Timmermans.jpg

 ___________________________________________________

Banco Central Europeu

Mario Draghi, Presidente do Banco Central Europeu

Is an Italian economist

Mario Draghi.png

 _______________________________________________________________

EUROGRUPO

Jeroen Dijsselbloem, Presidente do Eurogrupo, político Holandês ex-ministro das finanças daquele país

Jeroen Dijsselbloem.jpg

 Conselho da Europa

O Conselho da Europa (inglês: Council of Europe, francês: Conseil de l'Europe) é uma organização internacional fundada a 5 de Maio de 1949, a mais antiga instituição europeia em funcionamento.

 Comissários Europeus

Entre muitos para vários assuntos de onde não se vê sair nada de útil

Pierre Moscivici, francês

Pierre Moscovici.jpg

 Valdis Dombrovskis, lituano cujo inglês nem na escola da Cova da Moura passava de ano. Mas também manda bitaites sobre Portugal que talvez nem saiba onde fica.

Valdis_Dombrovskis.jpg

 ___________________________________________________

Tribunal de Justiça da União Europeia

Vassilios Skouris, A Greek judge who was President of the European Court of Justice from 2003 to 2015

 Koen Lenaerts, Presidente, juiz belga

Koen Lenaerts.jpg

 _____________________________________________________

Confusão? Mas é tão fácil perceber.

É frequente que o Tribunal de Justiça da União Europeia seja confundido com o Tribunal Europeu de Direitos Humanos, com sede em Estrasburgo. No entanto, enquanto o Tribunal de Justiça da União Europeia é uma das sete Instituições da União Europeia, o Tribunal Europeu dos Direitos Humanos não faz parte da União Europeia mas sim do Conselho da Europa.

Conselho da União Europeia, Conselho Europeu, Conselho da Europa, Parlamento também chamado Conselho. Tudo bons conselhos

 

Mas afinal quem manda na EU, no Euro; nisto tudo?

Wolfgang Schäuble, ministro das finanças alemão, um político do partido União Democrata-Cristã CDU, quase chanceler e quase presidente alemão.

Wolfgang Schauble.jpg 

Ele foi confidente de Helmut Kohl, quase se tornou chanceler. Foi atingido por um tiro durante um atentado. Viu-se envolvido num escândalo relacionado com doações ao seu partido a CDU, o que marcou a biografia política de Schäuble. Em dezembro de 1999, o ministro negou inicialmente, diante do parlamento, ter recebido dinheiro do “empresário” comerciante de armas Karlheinz Schreiber – mas, em seguida, admitiu ter aceitado em 1994 um donativo de 100 000 marcos alemães para a CDU, um montante que nunca apareceu nos relatórios de contas do seu partido. Posteriormente desculpou-se publicamente no Bundestag por ter «transgredido a lei» e por ter ocultado sua ligação com Schreiber.

Esse escândalo aniquilaria os seus planos de sucessão a Helmut Kohl, que nesse momento o preteriu em favor de uma jovem promissora provinda da antiga RDA – Angela Merkel,

Após seu rompimento com Kohl, Schäuble recusa-se a falar com o ex-chanceler. Kohl também evitou manter contato com seu aparente herdeiro político

Razão para nos perguntarmos se a intransigência da sua política na cena europeia não constituirá uma espécie de «vingança» por um destino pessoal com razões de sobra para amargurar um homem.

Mas que culpa têm os paises do Sul deste infeliz ser um ressabiado?

http://codinomeinformante.blogspot.pt/2012/09/der-spiegel-wolfgang-schauble-o.html

e

https://aventar.eu/2015/03/16/w

publicado por eu-calipto às 23:11

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 29 de Maio de 2016

Feira de pançudos

Desta vez não vale a pena eu gastar muito latim. As imagens tiradas de jornais esta semana devem ser suficientes para fazer compreender a uma pessoa com inteligência mínima, mesmo sem saber ler ou escrever, que há uns pançudos com uma barriga 90 vezes maior do que a dos que trabalham todos os dias a seu lado.

A maior parte deles de empresas que vivem de exclusividade de serviços, de que pagamos preços dos mais elevados da Europa (energia elétrica, combustíveis e comunicações).

feira de pançudos.jpg

pançudo nº 1.jpg

pançudo nº 2.jpg

pançudo nº 3.jpg

pançudo nº 4.jpg

E ainda dizem que os portugueses vivem acima das suas possibilidades?

Quem? Os portugueses? Não serão os pançudos?

SINAIS DE FOGO – OS PIRATAS DA HOLANDA

https://aviagemdosargonautas.net/2016/03/27/sinais-de-fogo-os-piratas-da-holanda-por-soares-novais/

"Cinco conhecidos piratas portugueses – Soares dos Santos, Américo Amorim, Pedro Queiroz Pereira, Belmiro de Azevedo e o filho Paulo – abocanharam 839 milhões de euros no final de 2015. Tal aconteceu por uma simples razão: escolheram a Holanda para instalar as falsas sedes das suas empresas. Assim só pagam 5% de impostos.

A Holanda também ganha com a chico-espertice lusa: 500 milhões de euros! A revelação foi feita pelo insuspeito “Negócios”. À Holanda basta-lhe ser o útero de aluguer das empresas portuguesas que integram o PSI 20.

O jornal assevera, também, que no final de 2015 foram distribuídos 2,23 milhões de euros, sendo que 2/3 desse montante não pagou a taxa liberatória portuguesa de 28% mas apenas 5%. Tal qual estipula a lei holandesa.

A família de Soares dos Santos embolsou 461,7 milhões de euros com o “jackpot” holandês, sendo que Pedro Queiroz Pereira surge em 2º lugar com 208 milhões de euros. Américo Amorim é o terceiro com 120 milhões, enquanto Belmiro e o filho ganharam 50 milhões.

Não admira, pois, que todos estes piratas ocupem o topo da lista dos mais ricos do país e vejam as suas contas  bancárias   engordar, dia após dia, apesar de milhares de compatriotas terem sido atirados para o desemprego e a emigração.

Além de  fintarem  o  estado  português,  estes piratas ainda têm o desplante de clamar contra um ordenado mínimo de 530 euros e enchem os ecrãs das televisões e as páginas dos jornais com lições de (falsa) moral.

São piratas, sim senhor,  pois enriquecem à custa de outrem por meio malandro e velhaco".

publicado por eu-calipto às 22:29

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Maio de 2016

Cavacos. Coisas muito interessantes se fossem hoje …

Não é bonito falar de alguém que já tenha morrido, sobretudo para recordar coisas menos boas que essa pessoa tenha feito. Trata-se do irmão de Cavaco Silva, Rogério Cavaco Silva, falecido em 2010.

https://www.publico.pt/local/noticia/burla-que-vitimou-irmao-de-cavaco-silva-regressa-hoje-a-tribunal-1238709

Mas agora que se fala tanto em off-shores podemos relembrar notícias que apareceram em 2005 em que um irmão de Cavaco Silva se envolveu na criação de uma empresa off-shore denominada Luso Africa Investments, sediada no Domínio de Melchizedek, uma ilha desabitada perto das Ilhas Marshall, para obter um financiamento de 1,4 milhões de euros para um investimento numa unidade hoteleira em Olhos de Água, no Algarve.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Rog%C3%A9rio_Cavaco_Silva

 

1992 – O CCB custou 200 vezes mais

http://150anos.dn.pt/2014/07/31/1992-o-ccb-custou-200-vezes-mais/

Outras fontes falam num orçamento de 31,5 milhões de euros e um custo final de 200 milhões de euros (6,4 vezes mais, ou seja 635%), o que já não é coisa pouca.

Alguém se escandalizou? - Poucos e durante pouco tempo! Outros tempos, outras simpatias!

Alguém foi preso ou sequer incomodado? - Que se saiba nada nem ninguém!

Pessoas ligadas à obra disseram-me que um irmão de Cavaco Silva esteve ligado à obra do Centro Cultural de Belém, nomeadamente na área dos ares condicionados. Bem procurei na internet alguma informação, mas não consegui confirmar nada, portanto esqueçam. Para além do mais o senhor já morreu. Paz à sua alma.

Nota final: Tanto que se falou nos primos e no tio de José Sócrates. Vejam lá o tão pouco que se ouviu falar do irmão de Cavaco Silva, ou do seu genro(*) que comprou o Pavilhão Atlântico. Simpatias jornalísticas.

(*) Consórcio de Luís Montez compra Pavilhão Atlântico por 21,2 milhões de euros

https://www.publico.pt/politica/noticia/consorcio-de-luis-montez-compra-pavilhao-atlantico-por-212-milhoes-de-euros-1556482

publicado por eu-calipto às 21:01

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 12 de Abril de 2016

Offshore do Panamá - Ainda se vão encontrar todos no mesmo balcão

É interessante saber tudo quase ao mesmo tempo.

Agora que se fala nas empresas que “evitam” os impostos, com sedes em paraísos fiscais, vai-se sabendo quem enriqueceu sem contribuir para a sociedade, mas ao mesmo tempo vestiam peles de cordeiro e ditavam obrigações e moral para os outros.

Estão neste caso os donos dos pasquins Sol e Correio da Manha. Afinal o dono do Sol é uma empresa offshore - Pineview Overseas SA.,

 

todos no Panamá a apanhar Sol_Abr16.png

 O jornal dos moralistas baratos,

Sol no Panamá_Abr16-2.png

 Grande obra do pequeno arquiteto,

Sol no Panamá_Abr16.png

 Felícia Cabrita que tantos criminosos descobriu não se lembrou de investigar os seus patrões. Isto é que tinha sido um bom serviço à humanidade.

Também a Cofina do CM, que tanto persegue Sócrates e tudo o que cheira a Socialista, recebeu dinheirinhos da mesma offshore do Sol, mas mesmo com esta ajuda e mais os jornalecos vendidos nas tabernas e nos barbeiros, ainda não chegou para pagar os impostos.

CM_treinadores de bancada_vigaristas desonestos.jp

 A falta de vergonha é tanta que dois dias depois de se saber da penhora à Cofina por parte do fisco, aparece a capa a dizer que Sócrates escondeu dinheiro em offshore. Panamá? Olha quem fala. Como sabem, viram-no lá certamente, ou até viajaram no mesmo avião.

CM_ranhoso+luvas_12 Abril 16.png

 Por isso é que eu digo.

Ainda se vão encontrar todos no balcão da mesma offshore. 

 Quem tirou a senha primeiro? O juiz que diga ...

publicado por eu-calipto às 18:37

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 27 de Fevereiro de 2016

"Corrupção" legal

Carvalho da Silva disse ontem no congresso da CGTP uma verdade que estava a escapar a todos nós. O país tem sido devastado financeiramente, não pela corrupção em atos classificados como crime, mas muito mais em "corrupção" em atos perfeitamente legais. A soma de todos os dinheiros pagos a Manuel Godinho, Isaltino de Morais, José Sócrates, Armando Vara, etc., aliás, muito mal ou nada provados, são uma pequeníssima, mas mesmo muito pequeníssima parte do que foi dado a bancos, empresas públicas e até privadas, na maior impunidade e dentro da "lei".

O alarido dos casos mediáticos servem apenas como cortinas de fumo para os grandes tubarões passarem pelos pingos da chuva sem se molharem. Ninguém pergunta como é que Miguel Relvas é "dono" (ou intermediario na venda) de um banco "legal", ninguém pergunta como é que Dias Loureiro ganhou fortunas, ninguém questiona como é que a Caixa Geral de Depósitos dá prejuízos, com todo o dinheiro que tem e dando juros aos seus depositantes de 0,35% ao ano (é o meu caso, tenho lá todas as poupanças e recebo ao fim de um ano uma centena de Euros).

Poucos se incomodam com os fabulosos lucros dos Pingos Doces, das SONAIs, das EDPs, das Portugal Telecoms, com o dinheiro a ir parar às mãos dos chineses e dos governos da Holanda e do Luxemburgo "legalmente".

tags:
publicado por eu-calipto às 09:26

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2016

Finlândia - fim da lândia?

Quando Portugal mais precisava de ajuda, a Finlândia ridicularizou-nos e castigou-nos com ameaças de veto. Agora, tem de engolir o amargo do seu próprio remédio…

Portugal é uma nação quase milenar, a Finlândia é uma antiga colónia russa cuja independência não conta sequer um século. Em 2011 os finlandeses acharam por bem tentar humilhar Portugal, demonstrando bem o seu sentido de “solidariedade europeia”.

A Finlândia, ficou rica a vender papel e madeira aos russos, e telefones Nokia ao resto do mundo. Quando Portugal precisou de um resgate devido às políticas despesistas erradas impulsionadas por Bruxelas, a “solidariedade europeia” dos finlandeses traduziu-se numa ameaça constante de veto e em insultos constantes ao nosso povo.

Fomos apelidados de preguiçosos, burros e gastadores do “dinheiro deles”. Até um jogo ‘online’ fizeram, intitulado “o rei de Portugal”, em que os portugueses irresponsáveis queimavam o dinheiro finlandês.

Outros fizeram vídeos a gozar connosco no youtube.

A situação mediática ficou tão negra que até Marcelo Rebelo de Sousa, viu necessidade de fazer um pequeno filme a explicar aos finlandeses que Portugal não era tão mau como parecia. Uma boa iniciativa patriótica, mas o patético filme nunca passou nem na Alemanha, nem na Finlândia.

O antigo primeiro-ministro da Finlândia, Alexandre Stubb, culpa… a empresa de computadores Apple pela desgraça que está a afectar o seu país: “o iPhone matou a Nokia e o iPad matou a indústria do papel finlandês”. Mas quando a competição externa matou grande parte da indústria têxtil portuguesa, lançando milhares no desemprego, os países nórdicos pouca, ou nenhuma, solidariedade mostraram para connosco.

Adaptado de um texto de Pedro Santos

http://jornaldiabo.com/internacional/finlandia-crise/

Mas há mais,

Finland is expected to be Europe’s worst performing economy in 2016 after Greece

http://www.focus-economics.com/countries/finland

Prevê-se que a Finlândia venha a ter a economia com pior desempenho em 2016 logo a seguir à Grécia.

Que grandes preguiçosos!

Vão trabalhar malandros!

Alguns títulos dos Correios das Manhãs do outro lado dos Pirenéus.

Finland after the boom: 'Not as bad as Greece, yet, but it's only matter of time'

Finland’s economy is heading for a ’perfect storm’ of economic problems which risk undermining growth

Finnish economy stuck in three-year-old recession - data

Finland Economy - GDP, Inflation, CPI and Interest Rate

Finland’s Problem Isn’t the Euro

Finland is the poster child for why the euro doesn’t work

 

Nordea Bank: Only a miracle can revive Finnish economy

 

Finland Anti-Austerity Strike Shuts Down Public Transport, Flights

 

As Recession Pits Labor Unions Against Government

greve contra medidas de austeridade na Finlandia_1

 Greve contra a austeridade em 18 de setembro de 2015 em Helsínquia.

publicado por eu-calipto às 19:14

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 6 de Fevereiro de 2016

Jeroen Dijsselbloem

Jerão Disselbloema ou Coisa Pior da Silva.png

 (*) Bancada vem de Banco? Ou é Banco que vem de Bancada?

Com um nome destes não podia ser boa pessoa.

Jeroémio Dissel Blum? Seria mais fácil chamar-lhe "mabeco".

Foi este ex-ministro holandês, agora presidente do Eurogrupo, que pressionou Grécia, Portugal e Espanha para adotarem as medidas de austeridade, depois de ele próprio ter transformado a Holanda num dos maiores paraísos fiscais da Europa senão do Mundo. O dinheiro dos países do Sul “dos preguiçosos e desonestos” foi passando para os bolsos dos “honestos e trabalhadores” do Norte. Basta ver o exemplo das grandes empresas portuguesas com sede fiscal na Holanda – Portugal Telecom, Pingo Doce, Sonae, etc..

Agora percebo porque lhe chamam Países Baixos. É porque são muito baixos em moral e usam truques baixos para passarem a perna aos outros.

Colocar o lobo a tomar conta do galinheiro.

O que não se sabe deste senhor – porque não se publica em nenhum dos maiores meios de informação – é quem ele realmente é. Esse personagem jogou um papel crucial no trabalho de transformar a Holanda num paraíso fiscal onde as maiores empresas europeias (incluindo algumas espanholas) e norte-americanas evitam pagar seus impostos nos países onde se realiza a produção, a distribuição ou o consumo dos seus produtos. A política impositiva desse país está desenhada para atrair as companhias multinacionais, que estabelecem suas sedes na Holanda. As vantagens fiscais e subsídios públicos, assim como seu tratamento favorável às rendas do capital, são bem conhecidas no mundo financeiro e empresarial.

Desprezo esta gente insensível e cínica.

publicado por eu-calipto às 23:12

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Setembro de 2015

Novo Banco - a minha fraca opinião

out-with-the-old-banks-in-with-the-new.jpg

Eu não sei nada de bancos, assim como parece também acontecer com o governador do banco de Portugal, a Ministra das Finanças, Passos Coelho e a maioria dos deputados e comentadores económicos.

Todos se têm enganado e nos têm enganado com as suas previsões.

Assim, sinto-me também autorizado para dar mais uma contribuição estúpida sobre este imbróglio económico-financeiro.

Pois a acreditar na ministra Luís (porque não Luísa, seria mais apropriado), e do ex-marido das Doce, a não venda do Novo Banco vai permitir ao Estado Português receber mais tarde e com bons  juros o empréstimo que fez de 3 900 milhões de Euros.

Conclusão

Portanto, tudo indica, um bom negócio para o Estado.

Querem lá ver que a falência do BES ainda vai dar lucro ao Governo, diga-se, a todos nós? Então até foi bom!   MUITO OBRIGADO!

Libertem já Ricardo Salgado e façam uma homenagem de agradecimento.

 

PS. Um dia ouvi uma pessoa amiga dizer sobre um mentiroso e ambicioso.

" - Se fosse verdade metade do que ele diz de si próprio já seria uma grande pessoa".

Apliquem isto a quem quiserem.

publicado por eu-calipto às 17:18

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 5 de Julho de 2015

Empréstimos ...

Do ponto de vista económico eu ficaria mais descansado em emprestar dinheiro a uma pessoa rica do que a um pobre, porque do pobre eu ficaria com dúvida se me iria pagar.

Mas isto não é bem a realidade. Se um pobre me pede emprestado tenho de admitir que pede porque precisa, se for um rico a pedir-me devo desconfiar que pode ser para me enganar ou é para gastos supérfluos.

Agora a tentação e ideia inicial estão a mudar ...

A minha experiência pessoal sobre empréstimos é a seguinte. Aprendi por experiência própria.

Se eu emprestar algum dinheiro a um amigo necessitado acontecem quase certamente duas coisas:

 1. Perco o dinheiro.

 2. Perco o amigo.

Então o que fazer? O melhor para não perder muito dinheiro, manter o amigo e dormir descansado, digo ao meu amigo:

"Olhe meu amigo, não lhe posso emprestar essa quantia, mas dentro das minhas possibilidades e tendo em conta que sou seu amigo dou-lhe "tanto". Assim, não é tudo o que precisa, mas pelo menos não tem de se preocupar em pagar-me e continuamos amigos, não terá de fugir de mim no futuro".

Isto é que é solidariedade. Não é ganhar dinheiro com os mal afortunados como fazem os agiotas.

O que se passa com pessoas devia passar-se com os países!

Nota: Amanhã só faltam 200 dias.

https://w2.countingdownto.com/883950

publicado por eu-calipto às 23:09

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 2 de Julho de 2015

Comércio justo

Comparar a solidariedade e convergência europeia com a de uma família.

Vamos fazer a seguinte suposição:

A União Europeia é uma família. Os países são as diferentes pessoas de uma mesma família.

Na família há membros que são mais pobres, enquanto outros elementos da família ganharam muito dinheiro e vivem muito bem.

Um dia juntam-se e combinam entre eles que a família se devia unir e entreajudar para fazerem frente e outras famílias ricas da cidade.

Mas, devido a um grande temporal, os mais pobres perderam as colheitas e foram pedir dinheiro emprestado aos mais ricos. Estes disseram logo que sim, mas os mais ricos exigiram que para cada 100 € emprestados os pobres teriam de pagar no final do ano 120€. Os 20% de juro era pela razão de eles serem mais pobres, portanto não havia a garantia de eles poderem pagar na data combinada, para além de não terem mais ninguém a quem pedir dinheiro emprestado.

Um dos elementos mais ricos resolveu comprar um carro novo, e pediu que todos os elementos da família contribuíssem com uma pequena ajuda, comprometendo-se a devolver 105€ por cada 100€ pedidos. Seja, pagaria apenas um juro de 5%. Como era rico havia a certeza que viria a pagar na data combinada e se fosse preciso iria pedir a outros.

Resumo nesta fase da história. Os que tinham menos dinheiro pagaram 20% pelo empréstimo que precisavam para necessidades básicas, mas um dos mais ricos pagou um juro de 5% para compra de um bem de luxo.

Ao final do ano os mais pobre ainda não tinham conseguido pagar toda a dívida. Então os mais ricos da família dizem que assim não pode ser, que eles teriam de pedir mais dinheiro emprestado para pagar a dívida restante, mas agora teriam de pagar no final do 2º ano 130€ por cada novos 100€ pedidos. Ao fim do 3º ano as coisas estavam ainda pior é então surge a ideia brilhante. Como não têm dinheiro suficiente para pagar então têm de vender a casa e entregar algumas ferramentas de trabalho, deixando os mais ricos tomarem conta da horta.

Gostavam de saber como vai acabar esta história? Oxalá que não à estalada como já aconteceu em casos parecidos.

Agora o que não podemos é chamar a esta "lógica" de raciocínio nem solidariedade nem convergência.

Agora fiquem a pensar em países, formados por muitas e muitas famílias.

Parece uma história da carochinha, mas serve para ver a realidade de um ângulo diferente da habitual lenga lenga dos comentadores de TV.

O contraste é gritante e permite perceber onde estamos é para onde caminhamos.

Agora uma imagem sobre o preço justo definido pelos  "MERCADOS"

preço justo.png

publicado por eu-calipto às 23:09

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 18 de Junho de 2015

Brisa - empresa perigosa ...

Eu ouvi notícias sobre cobranças milionárias da Brisa a devedores de portagens, e ainda por cima com a colaboração dos serviços públicos das finanças.

Pensava que poderia ser um exagero da comunicação social, ou ter acontecido a poucos casos sem exemplo.

Pois esta ideia veio a revelar-se falsa quando recebi este mês a carta:

Brisa_carta ameaçadora.png

 O pior desta carta é esta parte ameaçadora,

Brisa_ameaça.png

A explicação é esta. O identificador começou a dar semáforo amarelo e fui de pronto à Brisa substituir a bateria. Propuseram-me alterar o contrato e passar a usar um identificador alugado, ficando a manutenção e baterias a cargo da Brisa. Como a pilhas eram uma roubalheira, 8 Euros de dois em dois anos, aceitei a alteração do contrato, embora sabendo que era outra roubalheira, uma forma de anuidade, para além da facilidade que a via verde dá à empresa a nível de cobrança e redução de pessoal.

O pedido de pagamento da contra-ordenação deveu-se aos serviços da Brisa terem cancelado o contrato anterior num dia e só ter iniciado o novo contrato de aluguer dois dias depois. Durante um dia, um aderente de muitos anos, sem nenhum aviso, ficou sem contrato válido. A consequência foi logo o envio de cobrança com multa e ameaça de pior.

Descrição sumária da tentativa de assalto

Taxa em dívida: 0,60 €

Custos Administrativos em dívida: 2,21 €

Total da dívida: 2,81 €               (2,81/0,60=4,68 vezes)

O não pagamento voluntário implicaria a cobrança pelos serviços de finanças de 10 vezes o valor da portagem = 6 €, mas nunca inferior a 25 €

e ainda o quíntuplo do valor da coima 2,21x5= 11,05 €

Para começar a festa 0,60 € transformam-se rapidamente em 36,05 €

seja, 60 vezes mais.

 

Com negócios destes é fácil ser rico e famoso.

Pois eu senti-me vítima de um assalto.

É evidente que preenchi o impresso do livro de reclamações, no que fui apoiado pela colaboradora da Brisa.

Só paguei os 0,60 € porque não estava distraído.

publicado por eu-calipto às 00:11

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 27 de Outubro de 2014

Austeridade

A atual teoria económica no seu melhor.

Vantagem e a desvantagem da austeridade.

Uma imagem vale mais do que mil palavras.

Economia_austeridade.jpg

Também não sou radical ao ponto de dizer que enchendo o deck de remadores desmotivados e desorganizados o navio fosse a bom porto. As parábolas tendo como motivo o mar dão-nos grandes lições, não fossem os portugueses um povo ligado aos grandes oceanos. Há uma teoria que se ensina nos sistemas de qualidade para as empresas, dando como exemplo um navio em pleno mar alto (sem ver terra) - diz o comandante: - "Vamos remar para Terra! Mas isto não adiante nada se cada um dos remadores não souber para que rumo fica terra. Se cada remador remar para seu lado cansam-se e não vão parar a lado nenhum. O comandante, para além de pedir para remarem, tem de dizer a direção e manter o ritmo da remada.

Para os navios à vela há também este ditado popular:

Não há ventos favoráveis  para quem navega sem rumo.

publicado por eu-calipto às 11:34

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 2 de Setembro de 2014

Portugal dos contentores

A Ministra da Justiça de Portugal candidata-se, com grandes possibilidades de vir a ganhar, ao prémio do maior cromo governativo de sempre.

Pois esta senhora botox disse o inacreditável: "Contentores não são contentores"; " A sua reforma da justiça é a única desde há 200 anos", e outros disparates.

Leiam aqui mais detalhes:

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=160750

Pois os contentores são muito bons e para alguns portugueses até são bons de mais.

Não estou a inventar. Já há "contentores" que não são contentores nos hospitais, nas escolas, postos de polícia e agora nos tribunais.

O que vem a seguir? As repartições de finanças, as câmaras municipais, as bibliotecas públicas, a Caixa Geral de Depósitos, etc.

"Ou queriam um tribunal à porta de cada cidadão?" - Também ela disse. Isso é que era bom!

Ps.  Não    há    dinheiro  (qual das três palavras não percebem?)

     Mas entretanto vamos ajudar a UE a intervir na Ucrânia, renovar frota automóvel dos ministros, nomear consultores para o Banco de Portugal (filho de Durão Barroso), etc.

publicado por eu-calipto às 19:37

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 26 de Agosto de 2014

Remodelação do Governo

Tanto esforço, tanta guerra, tanto dinheiro  gasto em fazer eleições.

Para quê? Para eleger o melhor Primeiro Ministro e os melhores Ministros?

A prática tem dito que nada disto é verdade.

Por outro lado, todos os dias ouvimos nas nossas televisões os comentadores de serviço com boas soluções para tudo.

É hora de pôr os treinadores de bancada a governar.

Alguns até têm bastante audiência e fundamentam as suas opiniões e opções, portanto é de acreditar que estão bem preparados para governar. Por mim acho que valia a pena a experiência. Será que pode haver pior do que o que temos agora?

A ideia proposta é esta.

Faltam ainda os secretários de Estado, mas aguardo por sugestões. Por exemplo alguém para substituir o olhudo da cultura, e ainda um bom para a educação.

publicado por eu-calipto às 20:36

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 18 de Agosto de 2014

Euro-Titanic ou Euro-Concordia?

Em 2012 fiz dois post comparando o que se estava a passar com a Europa do Euro, com o que tinha acontecido no Titanic.

http://eu-calipto.blogs.sapo.pt/105673.html

e http://eu-calipto.blogs.sapo.pt/108255.html

Tenho a dizer que não sou economista e pouco sei de política, mas tinha razão há dois anos atrás.

Agora em 2014 veja-se o que aparece nos jornais económicos

Zona Euro volta a ter de lidar com os fantasmas da crise e da deflação

http://economico.sapo.pt/noticias/zona-euro-volta-a-ter-de-lidar-com-os-fantasmas-da-crise-e-da-deflacao_199742.html

O síndroma do Titanic vai-se confirmando.
Quando começou a "entrar água", a nós, países do Sul, os países ricos chamaram preguiçosos e que viviam acima das possibilidades, mas eles estavam bem porque tinham feito as reformas a tempo (o trabalho de casa). Continuaram a dançar e a ouvir música, tal como os passageiros da primeira classe do Titanic.

Tanto no Titanic como no Costa Concórdia a água começou a entrar pelas zonas mais baixas onde estavam as classes mais baixas. Agora é notícia, e não sou eu que digo, é um jornalista económico:

" ... Até a Alemanha, a campeã da disciplina orçamental, está a ver a economia a andar para trás. A culpa não morre solteira e, neste caso, o nome que lhe está associado é o do presidente russo, Vladimir Putin, do conflito com a Ucrânia e do embargo que impôs aos produtos europeus..."

Agora a culpa é do Putino !? Os imbecis têm sempre de encontrar um culpado para as suas asneiras e enganos.

Porém ainda não se sabe o fim desta história.

Tanto pode acabar tudo no fundo como o Titanic, como salvar-se a carcaça e ir para desmantelamento como aconteceu ao Costa Concordia.

Nota final: E tudo isto por culpa de Sócrates, o grande danado.

publicado por eu-calipto às 14:03

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2014

NOVO BURACO (e não Novo Banco), ex-BES

Constâncio – volta, estás perdoado.

Caso BES: NY Times culpa reguladores e troika

http://economico.sapo.pt/noticias/caso-bes-ny-times-culpa-reguladores-e-troika_199202.html

Constâncio era o cego incompetente que não tinha detetado as vigarices dos amigos íntimos de Cavaco. Foi atacado por todos os políticos e comentadores politiqueiros.

Agora temos o governador do Banco de Portugal – Sr. Carlos Costa, elogiado pelo governo e pelos mesmos comentadores politiqueiros.

Ainda há duas semanas Carlos Costa garantia que o BES estava bem, até se podia investir, era um Bom Banco.

Ontem este mesmo senhor veio desdizer tudo o que tinha dito. Afinal o Bom Banco é um Mau Banco. Os piores negócios foram feitos nas últimas semanas, quando o supervisor Banco de Portugal já estava na posse de informação que permitia saber o que se estava a passar.

Há pelos menos três interpretações para a mentira de Carlos Costa: 1 –Incompetência; 2 – Benevolência para a família Espíritos Santos; ou Tempo de espera para que alguns amigos se salvassem. Ontem um comentador da TVI deu a imagem correta. O BES era um galinheiro e Ricardo Salgado a raposa. O governador disse à raposa: “Ficas aqui a guardar estas galinhas, mas só até ao fim desta semana”. O que aconteceu? Já todos sabem e era fácil adivinhar.

Só há uma boa notícia no meio disto tudo.

Há duas semanas, o banco Goldman Sachs pensando que as ações do BES tinham chegado a preço de saldo, e que tinha acabado o trabalho sujo de desvalorizar as empresas estratégicas de um país para depois as comprar ao desbarato, ganhando fortunas passado pouco tempo, esta “Gold-man Saque” comprou imensas ações do BES. Azar – agora pode ter perdido tudo. Pelos vistos as surpresas têm sido tantas e tão grandes que nem o Carlos Moedas foi suficientemente diligente para avisar os seus amigos americanos. Bem feito.

Ps. - Parece que não foi bem assim - salvaram uma parte. Não esquecer que têm lá o José Luís Arnault por alguma razão será.

Enquanto tudo isto se passa os super-juizes ainda estão a ver o filme de há cinco anos atrás - "Os Montes Brancos". A dormir claro está, enquanto a família dos Espíritos Divinos movimentam as suas contas livremente para portos seguros e abrigados. Desde que não tenha cheiro a socialistas o tal juiz dorme descansado.

Conclusão / aconselhamento

Todos os depositantes de contas do BES levantem o seu dinheirinho. Os últimos ficarão com nada.

 

       Figura 1 - Venda de buracos

É lamentável a falta de imaginação quanto ao nome do banco.

Devia chamar-se:

NOVO BURACO

publicado por eu-calipto às 09:29

link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Julho de 2014

Viver acima das possibilidades

"Comemos bem".

Cavaco, na Coreia do Sul sobre a refeição sul-coreana de um "chef" português.

"Fica tenrinho",

Notou Maria Cavaco Silva, enquanto o embaixador português na Coreia do Sul, António Quinteiro Nobre, garantiu: "É o leitão legítimo, é como se estivéssemos na Bairrada".

http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=25&did=156309

Sri Lanka - Passos Coelho chegou a Colombo para visita de um dia.

BES. Juristas defendem que Salgado deveria ter sido arguido por impostos rectificados.

http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/bes-juristas-defendem-salgado-deveria-ter-sido-arguido-impostos-rectificados

Paulo Portas participa em feira internacional de negócios em Luanda.

http://www.dnoticias.pt/actualidade/pais/460276-paulo-portas-participa-em-feira-internacional-de-negocios-em-luanda

E a Presidente da Assemplebeia da República? Para onde foi?

É só festa!

Dizem que o presidente e os ministros andam em viagem para arranjar negócios para o país. Mas afinal quem é que faz negócios? São os industriais, ou os ministros ou o presidente? Para mim foram passear à nossa custa. Por acaso Portugal é um país rico para viagens ao estrangeiro?

Eu estou em casa a escrever para o blog, o que não implica nenhuma saída de dinheiro para o estrangeiro. O que ganho está como reserva no banco para alguma despesa de saúde ou outra imergência. Entretanto banco dá-me um juro miserável e cobra mais 5 vezes a quem eles emprestam o meu dinheiro. Se não receberem são os meus impostos que pagam.

Entretanto os banqueiros "falidos" vão de férias para o Brasil com Marcelo Rebelo de Sousa e sua amante.

Afinal quem é que vive acima das possibilidades? Eu tenho todas as minhas contas em dia.

publicado por eu-calipto às 23:03

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Julho de 2014

Frasquilho / BES

Quem é Miguel Frasquilho?

Consultando a Wikipedia

http://pt.wikipedia.org/wiki/Miguel_Frasquilho

Encontram esta interessante informação:

Miguel Jorge Reis Antunes Frasquilho (1965) é um economista e político português.

Em 1996 ingressou no Banco Espírito Santo, onde exerce hoje funções como director-coordenador na Espírito Santo Research. É militante do Partido Social Democrata, tendo sido eleito deputado à Assembleia da República, em 2002, 2005 e 2009.

Em abril 2014

http://economico.sapo.pt/noticias/miguel-frasquilho-e-o-novo-presidente-da-aicep-act_190540.html

O economista e vice-presidente do grupo parlamentar do PSD Miguel Frasquilho foi convidado pelo primeiro-ministro para presidir à AICEP e aceitou, disse à Lusa fonte do gabinete de Pedro Passos Coelho.

Mestre em Teoria Económica, Miguel Jorge Reis Antunes Frasquilho, 48 anos, é deputado desde a IX legislatura e quadro superior no Banco Espírito Santo (BES).

Enquanto isto o nosso “barba passa piolhos” recebe ordenados de dois lados e ninguém diz que viola todas as mais elementares regras das incompatibilidades – deputado e representante de grupos privados).

Na verdade acho que não vai dar em nada.

Com tantos amigos na alta política, comentadores, Marcelos, comunicação social amiga, famílias, ...

Tudo vai ser abafado. Lembrem-se do que eu digo. Tudo vai ser abafado, desculpado, branqueado, esquecido.

Vai para a colecção do BPN, Portucale, submarinos, Monte Branco, Tecnoforma, privatizações ...

publicado por eu-calipto às 22:23

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 11 de Julho de 2014

BES = Bes-tial -> Bes-ta

A crise no BES é apenas o mais recente episódio do capitalismo de casino que vivemos atualmente.

Desde há muito tempo que quem ganha, ou ganhou muito dinheiro, não é quem faz calos a cavar terrenos para plantar batatas ou cenouras. É que está num computador a fazer negócios, ou atrás do balcão de um banco ou de uma seguradora a dar papelinhos de créditos ou de garantias, que afinal nada ou quase nada valem.

Tudo muito melhor explicado neste vídeo:

Para quem não perceber isto há uma explicação ainda mais simples -> foi José Sócrates que causou esta crise em Portugal, e porque não, em todo o Mundo. Desta forma podem dormir mais descansados, não gastar os miolos e despejar todos os ódios e frustrações.
publicado por eu-calipto às 23:47

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 9 de Julho de 2014

Perdão da dívida

Perdão da dívida segundo teorias de:

Teoremas do Masca Pevides

1º Teorema

Não adianta Portugal pedir um perdão da dívida nem pedir um alívio dos juros, porque se isso acontecer os governos não fazem as reformas necessárias, portanto passado algum tempo tudo voltaria ao mesmo.

2º Teorema

Segundo o mesmo Masca Pevides o problema da economia portuguesa são as despesas sociais, nomeadamente as pensões e proteção social contra a pobreza.

Conclusões

1 - Seguindo a teoria do 1º teorema, também será de prever que reduzir os abonos aos aposentados e os subsídios aos mais desfavorecidos apenas trará uma folga temporária e tudo volta à crise passado algum tempo. Isto é uma dedução lógica da teoria.

2 – Quanto pior estiver o país, maiores os juros e a dívida, mas depressa se farão as necessárias reformas do Estado. Depois do caos é fácil apresentar algum resultado positivo, seja, depois de bater no fundo só se pode continuar no fundo ou subir um pouco.

3 – Para o Masca Pevides não se pode fazer uma “operação” sem dor. O doente tem de sofrer para ficar melhor.

4 – No fundo chegamos à teoria do Passos Coelho e da Sra. Merkel, baseada no ditado antigo:

“O que arde cura e o que amarga faz bem”.

Viva a medicina da idade média.

5 - É melhor Portugal aproximar-se da Guiné onde ninguém recebe subsídio de desemprego, nem pensões de aposentação, nem tem escolas nem hospitais em condições, do que Portugal tentar ser um país como a Holanda onde há tudo isto. É uma questão de objectivos e lutar por eles.

publicado por eu-calipto às 19:27

link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 10 de Junho de 2014

Purr tu gá-gá gal - saída limpa

Foto do 10 de junho 2014, dia de Portugal,

Nada mais a propósito,

=> Saída limpa!

publicado por eu-calipto às 19:10

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 6 de Junho de 2014

Assalto na auto-estrada

Não, não me abriram o carro para tirar a carteira ou o computador.

Vinha ontem do Norte e parei numa área de serviços para fazer um jantar rápido.

Vejam o que me aconteceu:

Crise, crise para alguns, não para todos.

 1º assalto - De portagens do Porto a Lisboa paguei mais do que de gasóleo.

2º assalto - Um jantar que não valeu nada, uma sopa (520 Escudos), um pastel de bacalhau cheio de óleo (370 Escudos), um bolo (430 Escudos) e uma água (290 Escudos) .

Custou-me igual a se tivesse jantado um bom bife no Porto.

Pelo menos duas empresas estão bem na vida.

Só a Maria Luísa Albuquerca, sem me dar nada de comer ou beber, ficou com 300 esudos.

VIVA A CRISE.

publicado por eu-calipto às 14:50

link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Junho de 2014

Roubado indecentemente em casa

Toda a gente identifica os ladrões como pessoas com roupas rotas e caras sujas.

Longe, longe da verdade.

Desses ladrões podemos nós fugir e fazer queixa à polícia.

Os piores ladrões são alguns dos nossos governantes, os donos das grandes cadeias de supermercados e os bancos, para além do Sr Mexia, do Sr. Catroga e do Sr. Zé Manel Bava.

Estes vão ao nosso bolso com todo o à vontade, quase não damos conta e não podemos fazer queixa à polícia.

Exemplos?

Sim tenho alguns:

1 - Há um ano o contador bi-horário avariou-se e estava sempre na tarifa mais cara. Reclamei à EDP. Substituiram-me o contador e disseram que iam rever os consumos. Algumas semanas depois responderam que nos registos nada tinham detetado de anormal. Para não ter trabalho, na realidade não sabendo como ser atendido numa reclamação que só me iria dar trabalho, encerrei o assunto, quer dizer, fui roubado.

Ainda têm o descaramento de mostrar nos recibos que 40% da energia vem de fontes renováveis (vento e água), mas os preços da electricidade não páram de aumentar.

2 - Nas comunicações - MEO-PT, Vodafone, etc., levam os preços que querem e agora inventaram as fidelizações de 24 meses. Não podemos desistir. Se tivermos uma crise financeira (desemprego, doença, etc.), deixando de consumir, temos de pagar tudo até ao fim. Até criaram uma lei que impede de concelarmos as autorizações de débito bancário automático. Uns ladrões.

3 - Os bancos, esses pobrezinhos!

      Nunca comprei nada a crédito, mas tenho o cuidade de ter uma pequena reserva para qualquer emergência da vida (uma doença, etc.). Para não correr riscos, coloquei 10 000 Euros a prazo de 6 meses. Tiveram a lata de me devolver o dinheiro com 50 Euros de juros, o que significa um juro anual de pouco mais de 1,2% ao qual ainda tiram impostos e taxas.

Estes mesmos bancos emprestam ao Estado a 4,5% ou mais, e se for uma empresa cobram entre 8 e 10%.

Todas as economias dos aposentados vão para os bancos, que se servem desse dinheiro como se fosse deles.

Ladrões.

São estes os verdadeiros gatunos da nossa sociedade.

publicado por eu-calipto às 22:55

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Maio de 2014

Diretiva das p@ut@s

  Só PIB, só PIB, só PIB

É uma das últimas da Comissão de Barroso e façam o favor de não se rir: Como Bruxelas quer o PIB da Europa a subir (para poder falar de retoma…), a Comissão manda integrar no cálculo do PIB a “facturação” da droga, prostituição, contrabando de álcool, jogo clandestino, contrabando de tabaco e outros tráficos e actividades criminosas.

    É uma inovação fabulosa, pela primeira vez, desde que existe o índice de PIB, a actividade criminosa passa a contar para a criação da riqueza nacional! Nada pára a Europa!

    A Itália será um dos primeiros Estados a cumprir as novas regras, a pedido de Bruxelas. Gian Paolo Oneto, o patrão da direcção de contabilidade nacional do INE italiano já avisou que o PIB italiano vai disparar, com as novas contas (que serão, obviamente, meras estimativas…) e tenta defender-se atirando a responsabilidade para Bruxelas. O Eurostat, diz ele, já lhe deu as “guidelines” que agora “temos de aplicar” e que vão ser “as mesmas para todos os Estados da União Europeia”… Gian Paolo Oneto lamenta-se, contudo, das dificuldades que vai encontrar pois aplicar as “guidelines” do Eurostat não vai ser nenhuma pêra doce “pela razão evidente que essas actividades ilegais não são declaradas”.

     Para tornar esta invenção europeia ainda mais cómica, o INE italiano fez sair um comunicado oficial em que alerta para o facto de que “o conceito de actividade ilegal está sujeito a diversas interpretações”…

     Quanto ao PIB português, nesta nova contabilidade criativa de Bruxelas, é evidente que também irá subir. Mas o nosso INE ainda não fez qualquer comunicado sobre o assunto e o perfil católico conservador do ministro da Economia deve criar-lhe fortes pudores para mexer na matéria da prostituição, droga, jogo clandestino e outras novas componentes do PIB português.

    Por esclarecer está também o caso BPN: em que coluna vão ser colocados os milhares de milhões gerados pelo banco de Oliveira e Costa e amigos? E as comissões que os alemães dizem ter pago no caso dos submarinos, também vão ser contadas? Com certeza que sim… Com esta contabilidade, vale a pena multiplicar os BPNs e os submarinos, deixar as máfias da prostituição e do jogo tomar o freio nos dentes e, talvez até, para aumentar a produtividade, mandar prender a polícia… Parabéns ao dr. Barroso!

     A coisa já encontrou um primeiro escolho. A França rebelou-se, mandou Bruxelas bugiar e recusa-se a aplicar a “directiva das putas”, como já lhe chamam.

http://inteligenciaeconomica.com.pt/

publicado por eu-calipto às 22:05

link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Roubados e ainda temos de...

A lata deste gajo é imbat...

Pela boca morre o peixe ....

Wolfgang Schäuble, o cana...

BREXIT - Fugir a sete pés...

União Europeia => Chafari...

UE-União Europeia ou a GC...

Feira de pançudos

Cavacos. Coisas muito int...

Offshore do Panamá - Aind...

"Corrupção" legal

Finlândia - fim da lândia...

Jeroen Dijsselbloem

Novo Banco - a minha frac...

Empréstimos ...

Comércio justo

Brisa - empresa perigosa ...

Austeridade

Portugal dos contentores

Remodelação do Governo

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favorito

Venha o diabo e escolha.

links recomendados

Tempo

blogs SAPO