Quarta-feira, 16 de Novembro de 2016

Antoniodominguesmania - ou novo saco de pancada

António Domingues ao pequeno almoço, café da manhã, almoço, lanche, jantar e ceia.

Chega! Basta!

 Antonio Domingues_1.jpg

Antonio Domingues_2.jpg

 Uma nova epidemia ou desequilíbrio emocional maníaco-depressivo dos jornaleiros do Correio Manhoso e da revista Sabádos.
A perseguição ao banqueiro presidente da Caixa Geral de Depósitos – António Domingues não passa de uma arma de arremesso contra o governo. Querem lá saber do bem do país! Pretendem a polémica, o escândalo para vender mais jornais, ao mesmo tempo que dão uma preciosa ajuda aos amigalhaços do PSD de Passos Lebre (ou coelho ou lá o bicho que seja).

Não conheço o Sr. António Domingues nem sei se é uma pessoa séria, bom ou mau caráter, mas o que acho inaceitável é a perseguição que alguns pasquins resolvem fazer a certos alvos. Sã como cães de raças agressivas. Quando ferram os dentes não largam. Fizeram o mesmo com Sócrates, com os arguidos dos processos Face Oculta, Casa Pia, Freeport, etc., etc., etc., mais recentemente Pedro Dias. Quem se seguirá?

Não sabendo nada o quase nada do senhor António Domingues acabo por lhe dar razão em não querer dar acesso público ao seu património. Já não se trata de um assunto transparência e honestidade pois os documentos ficam em autoridades oficiais que fiscalizam a legalidade do que tiverem de controlar. Trata-se sim de não ver a sua vida privada nas capas daqueles detestáveis jornais. A sua casa, os seus automóveis, a sua família, tudo e mais alguma coisa na boca de toda a gente em cafés de ociosos, nos barbeiros mais rascóficos, nas salas de espera das manicuras, etc. Um escândalo porque o senhor tem um iate. Olha a novidade! Há centenas ou milhares de iates, grandes e pequenos, nas marinas deste país. Todos têm algum dono.

Por que razão o CM não vai mostrar os iates ou a casa do senhor que é presidente do automóvel clube de Portugal e que por acaso foi quem criou e depois vendeu o Correio Manhoso. Este senhor fez uma queixa de um roubo de uma coleção de relógios num valor de milhões de Euros que depois reclamou ao seguro. Onde é que eu já vi isto?

Direito de informar. O quê? Informar?

Informar é dar uma notícia uma vez e não repetir o mesmo acontecimento dias seguidos, para fritar (em lume lento) a personalidade em causa. A prova é que apenas dois ou três jornais usam esta forma de "des-informar". Então quer dizer que os outros jornais estão enganados e não informam?

publicado por eu-calipto às 23:20

link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 30 de Junho de 2016

CMTV? O que é isto? O nome de um novo produto tóxico?

Que pena o microfone ter sido atirado para o lago. Vai poluir a água. O microfone CMTV devia ter sido atirado para um caixote de lixo tóxico e mal cheiroso, isso sim, é o que estaria correto.

Estava combinado entre todos os jornalistas que não haveria entrevistas nem conversas com os jogadores. Pois a televisão de sarjeta, tal como o seu pasquim, achou que estando vedado aos restantes meios de comunicação poderia fazer uma peça única. Um grande sinal de jornalismo corajoso (jornalismo rasca digo eu). Uma originalidade. O direito à informação contra regras combinadas.
Pois desta vez com o Ronaldo sairam-se mal. Ronaldo fez o que muitos têm tido vontade de fazer mas não têm tido coragem.
Os mentores deste lixo informativo Otávio Ribeiro e Eduardo Dâmaso entre outros, armam-se sempre em virgens ofendidas, "o direito à informação, o direito à informação, o direito à informação". Só para eles claro, porque mais nenhum órgão de comunicação fez ou faz o que estes montes de lixo fazem todos os dias.
Um comentador da SIC disse o que está na realidade certo. Nunca seria um atentado à liberdade de informação porque, Ronaldo e muita gente (eu não podia estar mais de acordo), acham que o CM e a CMTV não são órgãos de informação.

 

publicado por eu-calipto às 09:25

link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Outubro de 2015

Anedota do fim de semana (com pouco Sol)

Esta imagem diz tudo ou quase tudo sobre esta tentativa falhada de ser um jornal. Ficou-se por uma coisa mais ou menos parecida com "O Diabo" de Vera Lagoa.

anedota do Sol_9Out15.png

 Durante a campanha eleitoral tanto elogiaram o BE, que Catarina era uma revelação, que isto e aquilo..., porque achavam que dava jeito para tirar votos ao PS.

E foi verdade, conseguiram tirar votos ao PS, também com a ajuda das sondagens manipuladoras e a capa do jornaleco Sol, que ficou todo o fim de semana nas bancas (já em período de reflexão) com a imagem de "... (quase) maioria absoluta".

Acabaram por dar um grande tiro no pé. Pelo que agora diz o Sol, os PaFiosos votaram no BE. Mas que justificação tão desajeitada.
Poderia dizer-se que "Quem com ferro mata, com ferro morre". Os justiceiros dos "... cabritos vende ..." não fariam melhor.

Bfs.

publicado por eu-calipto às 10:12

link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Setembro de 2015

Solidarieda do século XXI

E ainda há pessoas que pensam que o progresso é garantido e que as civilizações não podem andar para trás.

A história ensina que já muitas culturas se perderam e voltaram à barbarie, quase sem darem por isso.

vida moderna.jpg

É a triste realidade. Com os jornais, jornalistas, justiça e políticos que temos já não falta muito para os interesses  egoistas tomarem conta da solidariedade e da generosidade.

 

publicado por eu-calipto às 16:10

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 25 de Julho de 2015

SOL - Como se faz um pasquim

Ver capa

SOL_17Jul15_campanha Sousa Tavares.png

 Depois,

SOL_24Jul15_campanha Sousa Tavares.png

 O mais importante do desmentido

http://www.sol.pt/noticia/402958

"- que a vossa redactora, ao atribuir-me um investimento de "dois milhões" estava a elaborar num erro primário ou de má-fé, que consistia em somar todas as poupanças que fui depositando ao longo de anos no tal fundo, sem somar correspondentemente as saídas, chegando então a um "investimento" único de dois milhões - cuja conta nem sequer sei se está certa. Ou seja: transformaram liquidez em investimento e somando todas chegaram a um montante único que se refere a centenas de produtos diversos mas que foram todos reduzidos ao "chapéu" do GES, para assim tentar sacar um "escândalo" a partir do nada..."

Nota: Vergonhoso e nojento é ler os comentários de alguns leitores. Na verdade nem vale a pena ler.

Conclusão

Quando duas opiniões não coincidem só duas coisas podem acontecer: 1. Ou um deles está a dizer a verdade e o outro a mentir; 2. Ou os dois estão a mentir.

A possibilidade de os dois dizerem a verdade é impossível.

Neste caso opto por acreditar em Miguel de Sousa Tavares, 99 contra 1. Não me parece que um escritor se fosse arriscar a negar uma coisa que pudesse facilmente ser provada que era verdade. Já de um pasquim desesperado para se salvar da falência tudo se pode esperar.

Se somarem todos os depósitos do meu vencimento ao longo de um ano e dissessem que era o meu investimento nesse banco seria obviamente uma grande mentira, porque entretanto houve levantamentos para a minha vida diária. Ao final do ano tenho o mesmo dinheiro, ou até posso ter menos.

Manipular informação é actualmente uma forma de ganhar a vida, porque até os desmentidos das mentiras dão lucro. O que é preciso é vender. Ética, deontologia e honestidade intelectual? Mas o que é isso para essa gente?

publicado por eu-calipto às 14:28

link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 19 de Outubro de 2013

PEC 4

Miguel Sousa Tavares, Recapitulando [hoje no Expresso]:

‘Espero bem que o país não se esqueça de ajustar contas com essa gente um dia. Esses economistas, esses catedráticos da mentira e da manipulação, servindo muitas vezes interesses que estão para lá de nós, continuam por aí, a vomitar asneiras e a propor crimes, como se a impunidade fizesse parte do estatuto académico que exibem como manto de sabedoria.

Essa gente, e a banca, foram os que convenceram Passos Coelho a recusar o PEC 4 e a abrir caminho ao resgate, propondo- -lhe que apresentasse como seu programa nada mais do que o programa da troika — o que ele fez, aliviado por não ter de pensar mais no assunto. Vale a pena, aliás, lembrar, que o amaldiçoado José Sócrates, foi o único que se opôs sempre ao resgate, dizendo e repetindo que ele nos imporia condições de uma dureza extrema e um preço incomportável a pagar. Esta maioria, há que reconhecê-lo, conseguiu o seu maior ou único sucesso em convencer o país que o culpado de tudo o que de mal nos estava a acontecer foi Sócrates — o culpado de vinte anos sucessivos de défice das contas públicas, o culpado da ordem vinda de Bruxelas em 2009 para gastar e gastar contra a recessão (que, curiosamente, só não foi cumprida pela Alemanha, que era quem dava a ordem), e também o culpado pela vinda da troika. Mas, tanto o PSD como o CDS, sabiam muito bem que, chumbado o PEC 4, o país ficaya sem tesouraria e não restava outro caminho que não o de pedir o resgate. Sabiam-no, mas o apelo do poder foi mais forte do que tudo, mesmo que, benevolamente, queiramos acreditar que não mediram as consequências.

E também o sabia o PCP e a CGTP, que, como manda a história, não resistiram à tentação do quanto pior, melhor. E sabiam-no Francisco Louçã e o Bloco de Esquerda, que, por razões que um psicanalista talvez explique melhor do que eu, se juntaram também à mais amoral das coligações direita/extrema-esquerda, com o fim imediato e mais do que previsível de obrigar o país ao resgate e colocar a direita e os liberais de aviário no poder, para fazer de nós o terreno de experimentação económica e desforra social a que temos assistido.’

publicado por eu-calipto às 22:50

link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 

Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Antoniodominguesmania - o...

CMTV? O que é isto? O nom...

Anedota do fim de semana ...

Solidarieda do século XXI

SOL - Como se faz um pasq...

PEC 4

arquivos

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favorito

Venha o diabo e escolha.

links recomendados

Tempo

blogs SAPO