Quarta-feira, 30 de Março de 2011

Saltar da frigideira para o fogo

  

Este tem ainda de comer muita farinha amparo

Quanto ao inglês, era mesmo melhor pedir a Sócrates umas explicações.

 

E este é ainda muito melhor,


 

 Chegou a hora de tirar um pato da frigideira e colocar lá outro.

publicado por eu-calipto às 22:47

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Março de 2011

Venha o diabo e escolha.

"O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, compareceu hoje, 28 de Março 2011, perante um tribunal de Milão pela primeira vez desde 2003, para uma audiência preliminar de um eventual processo do caso Mediatrade, noticiaram as agências EFE e AFP". Trata-se de uma história de direitos de filmes, que pouca importância tem para o país e que nem se consegue perceber bem.

Como sempre vão apanhar Berlusconi por uma coisita lateral, em vez de o denunciarem por mafiosismo e mau governo, uma vez que não conseguiram derrotá-lo em eleições.

Isto já vem de longe. El Capone não foi condenado por matar pessoas, mas por não pagar impostos. Tanta gente que foge aos impostos e ninguém lhes toca (Ex. Cavaco).

Passócrates

Por cá também se têm passado coisas interessantes. Como as oposições são fracas e não conseguiram derrotar Sócrates em eleições, começaram a espiolhar a vida privada: primeiro Santana Lopes dizia que ele era maricas, depois os jornais divulgaram que tinha feito há vinte anos uns projectos de casas feias na Guarda, depois um blog a jornais afirmaram que a licenciatura tinha sido assinada num domingo, depois o exame de inglês, depois a casa da mãe, depois o jornal público descobriu o caso Freeport, depois o Jornal O Sol veio com as escutas ilegais do Face Oculta, depois a pseudo-jornalista Manuela Moura Guedes acusou da tentativa de compra da TVI, ainda a publicidade de Luís Figo e finalmente o PSD ofendeu-se com a preparação do PEC IV que pretendia evitar a bancarrota do país. Tudo coisas não confirmadas e mal explicadas para “fritar” a personalidade do Primeiro Ministro. Das duas uma, ou estamos perante um único monstro que a todos enganou (José Sócrates), ou estamos perante um pequeno grupo de monstrozinhos que nos querem enganar (políticos da oposição).

Uma vergonha a justiça, que se serve da comunicação social para fazer política. Todos estes processos tiveram uma mãozinha mal escondida de alguns elementos do sistema de justiça (as fugas de informação, as escutas, etc.). Porquê? Porque Sócrates diminuiu as férias judiciais de 3 meses para um mês como toda a gente tem.

Então sai este Primeiro-ministro e arranja-se outro. Claro que também não terá descanso. Se alinha com os amiguinhos dos grandes grupos privados, com os barões, com a cobertura do sistema de justiça, terá mais tarde ou mais cedo toda a esquerda na rua. Se não faz o jeito aos amigos, caem-lhe os barões em cima e a comunicação social enche cabeçalhos com as namoradas que teve ou não teve aos treze anos, a casa com uma piscina ilegal da irmã ou da prima, um cobertor tirado de um avião, o livro que escreveu, etc., alguma coisa se há de inventar.

Ainda há dúvidas que este povo não se governa nem se deixa governar? Os polícias em vez de ensinarem as pessoas a não cuspir para o chão são eles mesmo os que cospem mais. Alguns bombeiros em vez de apagarem e prevenirem fogos são eles próprios os maiores incendiários. Os professores em vez de educarem os jovens são eles próprios a dizer palavrões e a não cumprir regras, (Charruas), nem quererem ser avaliados. Os juízes (Alexandres) em vez de fazerem verdadeira justiça são os que menos se importam com o erro judiciário, pois só pensam nos seus interesses, e ainda os políticos que colocam os seus partidos à frente do país (Relvas, Marcos Antónios, Frasquilhos).

Já somos maus e ainda vamos ficar pior!

Mesmo que aparecesse um génio com a solução dos problemas, esta teria de passar pelo sacrifício e colaboração de todos, precisamente o que as pessoas não querem nem  ouvir.

publicado por eu-calipto às 22:49

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Março de 2011

A Santa Aliança

http://hojehaconquilhas.blogs.sapo.pt/1225796.html

"A Santa Aliança (do blog hojeha conquilhas)

O momento escolhido por Passos Coelho para derrubar o governo e provocar eleições antecipadas não foi um mero acaso. Não se ficou a dever sequer ao pacote de austeridade apresentado pelo governo, o dito PEC IV. O líder social-democrata já tinha dado o seu aval, mais do que uma vez, a medidas bem mais gravosas para os portugueses e vai, ele próprio, se tiver essa oportunidade, aplicar medidas bem piores. 

As circunstâncias: na reunião do Conselho da Europa, a 12 de Março, o primeiro-ministro, ao apresentar o PEC IV, arquitectara com a senhora Merkel e demais parceiros europeus, uma solução para nos manter à tona de água e nos livramos do fardo do pedido de resgate e da intervenção do FMI e das exigências radicais deste.

As declarações da senhora Merkel, de Durão Barroso e do comissário europeu para assuntos económicos, depois da reunião de Bruxelas, na sexta-feira passada, são todas elas favoráveis aos esforços do primeiro-ministro. Nestas circunstâncias – esta modalidade «suave» de ajuda externa alcançada por José Sócrates – o principal objectivo de Passos Coelho podia-se gorar: a intervenção do FMI em Portugal e que seja este a exigir o que Passos Coelho pretende, mas sabe que o PSD nunca terá condições políticas para impor elevados cortes nas despesas do Estado nas áreas da Saúde e da Educação, alteração radical das leis do trabalho e redução dos encargos com a função pública, com consequentes despedimentos.

Passos Coelho sabe que só um país de corda ao pescoço, na bancarrota, aceitará a sua proposta de revisão constitucional e as suas «reformas estruturais» de cariz liberal. Por paradoxal que pareça, o PCP e o BE morderam o isco e foram a reboque da estratégia do PSD. A direita mais dura aceitou a «santa aliança» com uma palmadinha nas costas dos comunistas e bloquistas. Estes, para aliviarem as consciências, lá vão dizendo: «PS e PSD são a mesma coisa». Talvez os portugueses, mais uma vez, achem que não".

publicado por eu-calipto às 19:47

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Março de 2011

Sistema judicial ao serviço da injustiça

A maior parte da opinião pública, os jornalistas e muitos dos profissionais da justiça (polícia de investigação, procuradores, juízes), ainda não perceberam o que é a justiça. Julgar alguém é o acto mais difícil e responsável que existe nas relações entre os homens. Só se deve condenar alguém quando não houver a mínima dúvida de que foi culpado do que o acusam. O princípio de que mais vale deixar um criminoso à solta do que condenar um inocente é o princípio mais importante e que nunca pode deixar de ser seguido.

Um polícia que se convence que alguém é culpado, mas não encontra provas, comete a maior das injustiças quando inventa as provas, quando obriga com violência física ou psicológica a uma confissão. Um juiz de acusação do ministério público comete a maior das injustiças quando aceita e ainda defende sem critério, um mau trabalho dos investigadores e envia inocentes para julgamento. Um juiz torna-se num ser abominável quando condena alguém por convicção, por pressão da opinião pública ou por simpatias políticas.

É tudo isto que está a acontecer com demasiada frequência em Portugal. É mau demais.

Super juízes misturam vigaristas com pessoas sérias, num incrível benefício para os criminosos que assim se escondem e defendem melhor das suas acusações. Etc., etc.

No meio de tanta incompetência da investigação, cobardia dos juízes e irresponsabilidade da comunicação social, sempre vão surgindo alguns ténues, muito ténues, sinais de que o Mundo ainda não está completamente perdido:

 

"Caso Leonor Cipriano: Tribunal da Relação confirma condenação dos dois inspetores da PJ"

18 de Março de 2011, 19:58

http://noticias.sapo.pt/info/artigo/1137901.html

"Correio da Manhã e Diário de Notícias acusados de violação do segredo de justiça"

16.03.2011

 

http://www.publico.pt/Sociedade/correio-da-manha-e-diario-de-noticias-acusados-de-violacao-do-segredo-de-justica_1485116

 

"Há arguidos "a mais" no processo Face Oculta, diz Godinho à Rádio Renascença"

4-03-2011. Estão acusadas pessoas com quem Godinho nunca falou, que não conhecia e que com ele tiveram conflitos.

 

"Apito Dourado - Prova "desastrosa" diz relação" 

SEGUNDA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2011

http://campusdajusticajg.blogspot.com/2011/01/apito-dourado-prova-desastrosa-diz.html

Num acórdão de 272 páginas, os juízes-desembargadores absolveram todos os arguidos, por unanimidade não deixaram de citicar severamente o Ministério Público, considerando mesmo a prova do Ministério Púbico "desastrosa". Logo na instrução, a defesa dos arguidos alegou isso mesmo, mas o juiz Carlos Alexandre, que presidiu então às diligências, manteve a acusação e decidiu na ocasião mandar para julgamento todos os arguidos.

publicado por eu-calipto às 21:01

link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 15 de Março de 2011

Mudar de vida em Portugal e no Mundo

Encontrei na internet um pequeno texto que deve merecer uma boa reflexão. O Mundo está a mudar.

"Não podemos meter a cabeça na areia. O "progresso" económico não pode fazer-se à custa da destruição da vida do homem e da natureza. Basta de brinquedos à custa de formas de energia cujos resultado estão à vista. As reivindicações das forças organizadas, a começar nos sindicatos, muitos deles integrando partidos ditos ecológicos e verdes, têm que passar por esta mudança, por uma nova sociedade.

Obviamente, temos que consumir menos, divertir menos, acender menos luzes e comprar menos máquinas mais ou menos inúteis. Temos que fechar 80 por cento de televisões que só vazam lixo, 80 por cento das discotecas que só criam alienados e toxicodependentes. Não à energia nuclear. Não à destruição dos rios para produzir energia que serve necessidades supérfluas. Temos que recriar a civilização, que começa no respeito pela natureza e pela nossa própria natureza. (Manuel Dias).

 

Concordo com quase tudo, mas a reflexão tem de ser bem profunda, talvez passando pelo regresso ao campo, fabricar as próprias roupas, ter alguma agricultura, ocupar o tempo livre com a leitura, a música, o teatro, acabar de vez com os grandes centros comerciais com ar condicionado e luzes em excesso, deixar de andar de carro a não ser em caso de necessidade absoluta, etc, etc.

Quem começar a fazer isto primeiro vai deixar de ficar dependente das "agências de rating", vão viver mais felizes.

publicado por eu-calipto às 22:30

link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 14 de Março de 2011

Onde está o lobby nuclear?

Era bom os Srs. Jornalistas irem perguntar ao Engº Mira Amaral, Henrique Neto, Srs. Prof. do IST do grupo Monteiro de Barros e alguns políticos, se não querem fazer agora a tal reflexão sobre a energia nuclear em Portugal.

É que estes senhores dizem que o nuclear não deve ser tabu e que devia pelo menos ser debatido e estudado. Segundo eles as energia renováveis, a começar pela energia eólica, têm impactos negativos na paisagem e são a causa da morte de muitos passarinhos (eólicas), e gravuras rupestres (barragens).

Claro que isto nada tem a ver com os avisos de contaminação nuclear no Japão, já que tem sido dito à boca cheia que a energia nuclear é perfeitamente segura, tem as mais modernas tecnologias e é gerida pelos técnicos mais competentes. Além do mais, dizem, é competitiva e não provoca emissões de CO2. Em resumo, uma maravilha.

É altura de repetirem aos portugueses o que têm vindo a dizer, para lhes fazermos umas perguntas.

Vejam o que disseram algum tempo atrás em:

Público

 Patrick Monteiro de Barros:

"Hoje é um dos dias mais felizes da minha vida porque há 22 meses lancei uma ideia enquanto empresário, mas nunca pensei chegar ao dia de hoje e ver com esta reunião ser dado o pontapé de saída do nuclear em Portugal".

Mira Amaral afirmou durante a conferência ser a favor enquanto engenheiro, ter dúvidas sobre a sua rentabilidade enquanto economista e defendeu uma consulta aos portugueses se fosse político.

Pedro Sampaio Nunes, antigo secretário de Estado da Ciência e Inovação e que colabora com Patrick Monteiro de Barros neste projecto, defendeu a energia nuclear enquanto geradora de riqueza para o país. 

Espantem-se:

Sampaio Nunes defendeu ainda a segurança oferecida pelo nuclear, afirmando que o carvão oferece "maior perigosidade" e em termos de acidentes "a hídrica é a forma mais letal" de gerar electricidade.

Pelo contrário, José Delgado Domingos, professor do Instituto Superior Técnico, foi muito crítico em relação à opção nuclear, defendendo antes a aposta nas renováveis, nomeadamente eólica, e no aumento da eficiência energética.

publicado por eu-calipto às 00:47

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 12 de Março de 2011

Super merceeiros

Portugal é um país de contradições. País pobre com três homens entre os mais ricos do Mundo!? Não resisto à demagogia de olhar para o dinheiro dos ricos e fazer algumas perguntas.

O país precisa de investidores e de exportadores, em bens comercializáveis (produtos industriais, serviços, matérias-primas, etc.), eis senão quando temos entre os três homens mais ricos de Portugal - três supermerceeiros. Américo Amorim ainda exporta muita cortiça (tem posição dominante no mercado). Se não colocar o dinheiro no estrangeiro ainda contribui para o equilíbrio da balança comercial. Belmiro em tempos exportou muita madeira triturada e besuntada com cola tóxica. Alexandre Soares dos Santos não exporta nada.

Os três homens mais ricos de Portugal dedicam-se prioritariamente à distribuição alimentar, ou seja, a vender maçãs da Nova Zelândia, peixe de Espanha, carne do Brasil, batatas da Holanda, yogurtes da Suíça, etc.

Nas supermercearias destes senhores pagam-se ordenados de 2,25€ por hora.

Então como enriqueceram tão escandalozamente, sobretudo Alexandre Soares dos Santos, que vai para as reuniões do PSD dizer que o governo da Polónia ajuda mais os Pingos Doces do que o governo português?



Nota: 1,77 M significa mil setencentos e setenta milhões = 1 770 000 000 €.

Como conseguiu Alexandre Soares do Santos chegar à posição 512ª das maiores fortunas mundiais e à segunda de Portugal? 

Quem lhe fez chegar o dinheiro ao bolso? 

Resposta: Os portugueses com a ajuda dos polacos.

 

Estes senhores têm mais poder para alterar a situação de crise do que o próprio governo. Em vez de darem "bitaites" na televisão podiam fazer uma reflexão sobre o que era mais rentável produzir em Portugal e fazer os necessários investimentos, criando emprego e aumentando as exportações. Era um grande favor que faziam aos portugueses que lhes ficariam eternamente agradecidos.

publicado por eu-calipto às 22:07

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Março de 2011

Portugal escolheu a matilha errada

Façamos o seguinte exercício. A nível de países “Portugal” comparado a um cão pequeno e a “Alemanha” como um cão grande, tal como outros habitando o mesmo parque: a “França”, o “Reino Unido”, a “Espanha” e a “Itália”.

“Portugal” estava de costas viradas para os cães grandes e alimentava-se bem das “colónias”, primeiro da Índia, depois do Brasil e finalmente das Áfricas. Os cães grandes lá se entretinham a rosnar uns contra os outros, por vezes em escaramuças de tirar o pêlo. A dada altura os cães grandes e dois enormes ursos, “EUA” e “URSS” notaram que o cão pequeno se alimentava bem de comida o que eles também queriam partilhar. Tiraram a tigela da Áfricas ao cão pequeno (com uma boa desculpa aliás, para libertar os povos da opressão, disseram **-> rir**). Então “Portugal” achou que teria direito a partilhar a matilha dos cães grandes (em troca da democracia e da não opressão de outros povos **->rir novamente**).

O cão pequeno eriçou o pêlo para parecer maior, pôs-se em pé a juntou-se ao grupo dos cães grandes. Na sua inocência de cão pequeno pensou que os cães grandes caçavam presas grandes e mesmo as sobras seriam suficientes para se alimentar sem ter de correr muito atrás das presas.

Erro fatal, os cães grandes têm uma fome desmedida. Nem a brincar gostam de partilhar uma bola rota, quanto mais comida. O cão pequeno só agora começou finalmente a perceber o erro de se juntar ao grupo dos cães grandes.

E agora?

Agora paciência! Parece que ninguém sabe como sair disto!

Para não entrar neste jogo bastava conhecer o comportamento dos cães. Para sair é bom tentar perceber como é que um cão pequeno pode viver no mesmo grupo de cães grandes. Faça-se a experiência com cães. Pelo que eu imagino o cão pequeno só vai comer quando os cães grandes estiverem bem saciados, a dormir ou a lutarem uns contra os outros. Ou então arranjar um amigo Urso que o proteja só para irritar os cães grandes (China?). 

publicado por eu-calipto às 20:22

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 7 de Março de 2011

Câmara de Cascais cumpre as leis, até demais...

 

 

 

Uma das Câmaras mais ricas do país  ganha  dinheiro  à custa de pessoas pobres.

A Câmara de Cascais tem casas alugadas de renda económica para pessoas carenciadas.

O regulamento estabelece que se não pagarem a renda a tempo e horas há penalizações.

Até aqui tudo bem. São as regras.

Uma família em que só o elemento feminino tem rendimento, trabalhando a dias em várias casas está numa destas casas. Por precaução de algum esquecimento, deu ao banco - Caixa Geral de Depósitos - uma ordem de transferência para a Câmara de Cascais, no valor de 216Euros mensais, numa casa que entra água e muitos outros graves defeitos de construção.

O mês de Fevereiro a senhora recebeu uma carta para um pagamento de uma multa de 600 Euros por não cumprimento da renda. Foi de imediato ao banco e ficou a saber que no dia estabelecido para a transferência, faltavam 10 Euros no saldo, o que impediu a realização do pagamento. Nenhum aviso à detentora da conta.

A senhora foi ao banco perguntar porque razão o gestor de contas não tinha telefonado a avisar da falta de saldo, ou até ficar com um ligeiro saldo negativo de depois avisar o cliente. Disseram que não avisam nestes casos. Claro que a conta foi logo cancelada e aberta conta noutro banco.

Depois foi à Câmara de Cascais justificar o que tinha acontecido e que por uma falta de 10 Euros tinha de pagar 600 Euros. Resposta da Câmara: - Se não quiser o melhor é deixar a casa porque há outros candidatos. A Câmara de Cascais entregou a gestão das casas alugadas a uma empresa municipal e então diz que não tem autoridade sobre esta. Nada podia fazer. Acederam ainda assim a receber os 600 Euros a prestações.

Conclusões

  1. A lei é rígida e para cumprir.
  2. Ninguém pode estar fora da lei, nem há direito a tolerância nem bom senso.
  3. A Câmara de Cascais teve lucro de 277%, à custa de pessoas carenciadas.

Nota: Isto não é ficção. Aconteceu a pessoas reais e pode ser comprovado.

publicado por eu-calipto às 22:24

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 6 de Março de 2011

É mais cego o que não quer ver do que o que não tem olhos

A outra crise

por PEDRO MARQUES LOPES

Os políticos corruptos, os incompetentes, os homens e as mulheres que estão na política por não saberem fazer rigorosamente mais nada, os que olham para a actividade política não como uma forma de contribuírem para o bem geral mas apenas para prosseguirem os seus próprios interesses, devem estar felicíssimos com as movimentações mais ou menos organizadas contra a classe política.

Nada como uma generalização imbecil sobre as qualidades dos políticos para pôr no mesmo saco os tais corruptos e incompetentes e a esmagadora maioria dos que prestam um serviço à comunidade com as melhores intenções.

Com esta conduta desiste-se de procurar os que efectivamente roubam, os que causam danos sérios à comunidade, para se celebrar a verdade das caixas de comentários dos jornais e blogues, dos miseráveis que intrigam e insultam sob a cobarde capa do anonimato ou dos falsos moralistas que, mesmo assinando as suas opiniões nos media, se acham no direito de acusar tudo e todos sem por um momento pensarem que há uma fronteira entre a opinião e a pura calúnia. Glorificam-se iniciativas populistas e demagógicas como a da "petição contra o enriquecimento ilícito" do Correio da Manhã que mais não é que propor a inversão do ónus da prova, princípio sagrado do Estado de direito, e lançar uma suspeição generalizada contra os políticos.

Ver que há políticos a subscrever esta obscenidade em forma de petição diz muito sobre como alguns dos nossos responsáveis pela coisa pública têm ajudado nestas campanhas contra a democracia.

Muito mais do que a actividade corrente dos políticos, tem sido este tipo de colaboracionismo que tem ajudado a criar um clima antipolíticos e política.

DN

publicado por eu-calipto às 23:01

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Março de 2011

Geração "à" rasca

"A geração à rasca

Mário Soares, DN, 1 de Março 2011

Escrevi nesta coluna, há duas semanas, um texto sobre os Deolinda, falando da geração que, pela primeira vez, vai provavelmente viver pior do que as que a antecederam. Mas só tinha ouvido falar da música rock que provocou um entusiasmo unânime na assistência do Coliseu. Depois pude ler, no Expresso, a letra da canção, que me pareceu fracota. E agora pude, finalmente, ler um blogue que circula inspirado na canção - ou melhor, aproveitando-a - para convocar para o próximo dia 12 de Março uma manifestação de protesto, que querem tenha um milhão de participantes - imagine-se! - contra a política, os políticos, os partidos, sem excepção, o Parlamento, o Governo, a justiça, a economia, as finanças, etc.. Sem indicar qualquer alternativa relativamente ao que querem. Que objectivo move os autores deste blogue?

E haverá outros? Querem alguma coisa mais do que o caos? Não se trata de anarquistas. Nem, muito menos ainda, de marxistas, nem sequer de islâmicos radicais. Serão movidos tão-só pelo desespero? Tratando-se de desempregados e de precários, pode-se talvez compreender. Mas não, seguramente, apoiar. Porque são perigosos, antidemocratas, niilistas. Parece que esperam que alguém lhes indique um caminho. Mas qual e quem? A isso respondo: não, muito obrigado! Já tivemos disso 48 longos anos e não queremos mais...".

Mário Soares, DN, 1 de Março 2011

 

Nota sobre o autor: Quem aprende a andar de bicicleta nunca esquece.

publicado por eu-calipto às 21:56

link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Gente séria é outra coisa

Justiça a reboque da comu...

República dos juizes

Moção de "auto-censura" p...

Rei Ghob

Confirmação da injustiça ...

Os intocáveis

Roubados e ainda temos de...

Não sejam mal agradecidos...

Rir é o melhor remédio, s...

Miguelito Relvado - O Ban...

Carlos Alex. Quem é ele? ...

Aeroporto no Montijo - er...

Mário Soares - o bochecha...

Bom Ano Novo

Atentados. Pode haver ou ...

Prisão, prisão, presão, p...

Justiça inútil ou "injust...

Polémica - Nova investiga...

Antoniodominguesmania - o...

arquivos

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favorito

Venha o diabo e escolha.

links recomendados

Tempo

blogs SAPO