Terça-feira, 29 de Janeiro de 2013

Grandes Islandeses

Não pagaaamos, não pagaaamosss,  não pagamos, não paagamos, ...

Islandeses não querem pagar os reembolsos que os governos do Reino Unido e da Holanda fizeram aos depositantes de banco(s) falido(s) na Islândia. Os governos destes países protegeram os seus cidadão e interesses e depois apresentaram a conta à Islândia. Os prejuízos de negócios agiotas de bancos teriam de ser suportados pelo povo islandês.

Os contribuintes islandeses rejeitaram o reembolso em dois referendos, o que levou o assunto para as instâncias legais europeias. Quatro anos depois, os tribunais decidiram  em favor da Islândia.

O veredicto de segunda-feira, 28 de janeiro 2013, do tribunal da Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA), isenta a Islândia de qualquer pagamento.

Temia-se que a um país que não pagasse uma dívida ninguém lhe venderia mais nada. Pois sim! Continuam a vender à Islândia o que eles mais precisam, e recebem o seu dinheirinho os que fazem negócio limpo.

Como é que em Portugal algum banco vai emprestar a empresas enquanto receber juros de 7% emprestando ao Estado? Se nós colocarmos o nosso dinheiro a prazo os bancos não dão mais do que 3%, mas cobram ao governo português a 7% e mais.

O regresso aos mercados é o regresso dos grandes lucros aos bancos. E ainda há quem diga que não há especuladores, agiotas, vigaristas. Não há nenhum negócio sério que dê 7% de juros sem risco.

Aprendam com a Islândia.

http://www.publico.pt/economia/noticia/islandia-vence-caso-icesave-e-nao-tem-re-reembolsar-reino-unido-e-holanda-1582473

PS: Ladrão quem rouba ladrão tem cem anos de perdão.

publicado por Eu mesmo às 19:22

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Janeiro de 2013

É estúpida a mulher


http://www.portugues.rfi.fr/europa/20130124-merkel-pede-espanha-criar-empregos-para-evitar-instabilidade-politica

http://expresso.sapo.pt/merkel-amacia-austeridade-em-davos=f782132

Angela Merkel disse que não é possível criar empregos nos países do Sul da Europa nos próximos anos, portanto, até lá, devem ser criados empregos temporários. Ou seja, como não há dinheiro para dar emprego às pessoas arranjam-se uns empregozitos para encanar a perna à rã, até ela se ver livre da política e os alemães encherem os bolsos com o dinheiro dos juros.

O que ela disse mesmo foi:

“ Vou dar um exemplo: se há uma taxa de 50-60% de desempregados na Espanha entre os jovens, ou em Portugal, na Grécia, nossa responsabilidade é, talvez, de tomar medidas que permitam criar empregos de maneira temporária”.

É assim como: - Se não têm dinheiro para comer pão, comam bolos.

Nota: Talvez que a minha opinião seja influenciada por filmes sobre um povo que achava que trabalhava mais e que era mais inteligente do que os outros (raça superior), e com isso causou milhões de mortos e destruição na Europa, por duas vezes.

Já chega!

publicado por Eu mesmo às 13:26

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Janeiro de 2013

PSD já não quer ouvir Sócrates

O PSD já está a perder aquela coisa que faz nascer os meninos.

Desistiu de ouvir Sócrates na Comissão de Inquérito às PPP.

Neste momento, Sócrates aparecer publicamente, e depois se ficar a saber que nada tinha feito de mal, seria mais prejudicial do que esquecê-lo. Seria até ridículo para o acusador.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/economia/ppp-psd-diz-que-nao-vale-a-pena-chamar-socrates

Quem ainda não percebeu isto, pela falta de inteligência, ou pelo ódio incontrolado, foi o Correio da Manhã que publicou a notícia com uma fotografia criteriosamente escolhida para carimbar uma má imagem na consciência (os que a têm) dos leitores do CM.

Lá se perde uma boa manchete para vender aquele molho de papel cheio de porcaria noticiosa.

publicado por Eu mesmo às 19:46

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2013

Isto está pior do que pensávamos


Se ouvirmos o que diz o governo temos de concluir que tudo está melhor, quase bem:

- Já pouparam 16% nas parcerias público-privadas,

- aumentaram o IVA para 23% e os escalões dos produtos abrangidos para as taxas mais elevadas,

- já ficaram com subsídios de férias e natal dos funcionários públicos e reformados,

- já despediram professores,

- reduziram o número de ministros,

- o primeiro ministro e restante governo passaram a viajar para o estrangeiro em classe turística,

- aumentaram brutalmente as taxas moderadoras nos hospitais,

- cortaram no financiamento das forças armadas,

- reduziram os juros dos empréstimos internacionais,

- etc., etc., etc.,

 

Então, para que precisam de nos pedir mais sacrifícios?

Porque razão precisam de aumentar mais as taxas moderadoras, fazer descontos maiores no IRS e despedir mais 50 000 professores e funcionários públicos? Vender empresas que dão lucro: ANA, EDP, REN?

Alguma coisa está muito mal explicada, ou então temos de concluir que os governantes anteriores foram uns génios!

publicado por Eu mesmo às 16:42

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 9 de Janeiro de 2013

Não há dinheiro, mas também não há mais paciência

O presidente da Câmara de Cascais e dirigente do PSD, Carlos Carreiras, defende a demissão do secretário do Estado de Estado-adjunto do primeiro-ministro, Carlos Moedas, na sequência das declarações que fez sobre o relatório do FMI e os cortes de quatro mil milhões de euros.

http://sol.sapo.pt/inicio/Politica/Interior.aspx?content_id=66063

Um padre não diria melhor.

O que é que isto quereá dizer?

Quer dizer entre outras coisas que reduzir mais 50 000 professores irá contribuir definitivamente para a criação de uma sociedade de imbecis incultos e incivilizados, Uma geração de arruaceiros perigosos que arrastarão Portugal definitivamente, ou pelo menos durante muitos anos, para um terceiro Mundo, muito para o Sul de Marrocos.

A digindade de um povo tem um preço. Se o FMI e o governo não sabem que tudo tem um limite, talvez venham a aprender da pior maneira. Houve revoluções que começaram por muito menos do que isto.

E Mário Nogueira que liderou uma cruzada contra a avaliação dos professores por onde anda?

Tudo isto mete nojo.

publicado por Eu mesmo às 23:06

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2013

Quem são os alemães?

Quem nasce torto tarde ou nunca se endireita. Também se dizia a quem é mau e não se emenda – “está na massa do sangue”.

Vi um programa sobre a ascensão de Hitler ao poder, por eleições, sim por eleições livres.

É perturbador perceber que muitas das ideias e comportamento dos alemães nos anos 30 do século passado ainda estão presentes nalguns alemães do século XXI. O orgulho na eficiência do seu trabalho, a falte de humildade para com os que são diferentes, o racismo, a defesa dos seus próprios interesses por todos os meios, etc.

A Alemanha da Sra. Merkel diz que os povos do Sul da Europa são preguiçosos, que têm de ser castigados pelos seus erros.

Se é verdade que os alemães são trabalhadores também é verdade que quando acontece alguma coisa de mal na sua terra são sempre os outros os culpados. Lembrem-se do caso dos pepinos que estavam contaminados com bactéria E. Coli. A contaminação tinha de ser de fora, portanto, sem provas, declararam o embargo aos produtos hortícolas de Espanha e de Portugal. Depois veio a provar-se que a origem da contaminação era na própria Alemanha, e deixou de se falar do assunto de um dia para o outro. Nunca ninguém indemnizou os agricultores espanhóis e portugueses que deitaram para lixeiras centenas de toneladas de pepinos e outros produtos.

Os alemães com a sua inteligência “superior” e elevada capacidade de trabalho, fazem as directivas europeias que proíbem alguns produtos químicos quando as suas fábricas encontram outros produtos alternativos, ou aparecem com novos medicamentos, supostamente mais eficazes, quando as patentes dos anteriores estão a chegar ao fim e outros fabricantes podem começar a produzi-los. Aparecem logo estudos a revelar que os antigos produtos são prejudiciais. Eu já assisti profissionalmente a outros exemplos desta maneira de os alemães defenderem os seus interesses. O pentaclorofenol para eliminar os fungos da madeira começaram a ser proibidos quando as fábricas da BASF apareceram com os chamados alternativos. O mesmo aconteceu com as colas ureia-formaldeído para produzir aglomerados de madeira, substituídos por cola de melanina (produzida na Alemanha). Ainda os produtos preservadores para impedir o apodrecimento dos postes de madeira. O CCA (cobre crómio e arsénio) era permitido sabendo-se que era perigoso apenas na fase de manuseamento em fábrica, e depois, se a madeira fosse queimada. Em uso era perfeitamente estável e durável por mais de 30 anos. Começou a ser proibido a partir do momento em que uma empresa alemã começou a produzir o ©Wolmanit-cb (BASF).

A eficiência dos alemães para o bem e para o mal assusta-me.

Não foram eles, com a sua eficiência e intolerância que causaram duas guerras Mundiais?

Eles que nunca se misturaram com outras raças, quase aniquilaram os povos bosquímanos na única colónia que tiveram no Sudoeste Africano (actual Namíbia). Pois em nome da eficiência, não pretendiam concorrência nos lucros do negócio dos diamantes.

Aquela ideia de exterminar os mais “fracos”, os “preguiçosos”, os que não são da raça pura, os que não têm os olhos azuis e cabelo louro.

Boa música e bons automóveis, é o que sabem fazer. Mas até nos automóveis, já começo a ver mais VW, Mercedes e Audis avariados do que Hyundais.

São tantos e tão eficientes, mas só 100 milhões de pessoas no Mundo falam alemão, enquanto os “atrasados” falantes de português são mais de 200 milhões e os que falam espanhol são ainda mais, e inglês, nem sequer se pode comparar.

Pois são estas “pequenas” coisas e ainda a memória de terem perdido duas guerras injustas, por eles começadas, que fazem com que muitos alemães de hoje estejam de novo a reviver a ilusão que são mais inteligentes, mais perfeitos, mais altos, mais fortes, portanto com a ideia que todos os outros estão no Mundo ao seu serviço. Os outros povos são bons quando são obedientes e lhes fazem os serviços domésticos e lhes limpam a porcaria.

Tenho amigos alemães que não são assim felizmente, sobretudo os que já viajaram pelo resto do Mundo e conheceram outros povos.

Para os alemães do tipo “Sra Merkel” - o meu despreso em 2013.

Pior, pior são os estrangeirados que querem seguir o modelo alemão sem perceber que ser colaboracionista dá mau resultado. Que o digam os russos. No início da segunda guerra Mundial não perceberam que fazer um acordo com um ambicioso é o mesmo que vender a alma ao diabo. Quando um ambicioso sem palavra nem bom senso achar que já não tem vantagem em cumprir um acordo que fez com alguém, arranja qualquer desculpa para o quebrar.

No caso português, acreditar que ser obediente em relação aos alemães é uma vantagem nas relações internacionais é um engano. Em qualquer negócio em parceria eles quererão sempre ficar com a melhor parte. É neste erro que está cair o primeiro-ministro português – Passos Coelho. É um segundo “Neville Chamberlain” (ministro negócios estrangeiros inglês completamente enganado por Hitler). 

publicado por Eu mesmo às 19:04

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

pesquisar

 

Agosto 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
18
19
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Querem lá ver que quem co...

Pedro Pardal Henriques & ...

Greve dos camionistas de ...

O homenzinho que nunca se...

Enfermeiros cirúrgicos – ...

Vira o disco e toca a mes...

Actual Comunicação Social...

Os sabe-tudo ...

Só o Armando Vara e o Sóc...

Confirma-se previsão de "...

CM - Correio Manhoso_ 5No...

Deus nos livre ...

Fogos florestais - comuni...

Fogos - Opinião de outros...

Gente séria é outra coisa

Justiça a reboque da comu...

República dos juizes

Moção de "auto-censura" p...

Rei Ghob

Confirmação da injustiça ...

arquivos

Agosto 2019

Abril 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links recomendados

Tempo

blogs SAPO