Segunda-feira, 8 de Agosto de 2011

Quem é Carlos Alexandre?

É um juiz que de tanto querer acertar muitas vezes erra. Digamos, um justiceiro.

É este o homenzinho que gosta de aparecer nos jornais.

 
Carlos Manuel Lopes Alexandre, nascido em 24 de Março de 1961, em Mação. “onde regressa pelo menos uma vez por mês e obrigatoriamente na Páscoa, altura em que participa nas procissões e em outros costumes locais. "É um homem com a sua devoção", resume o primo, Vítor Alexandre, número dois da directoria de Lisboa da Polícia Judiciária e um dos confidentes do juiz.”...
Também é o senhor que anda com uma pata de Coelho no bolso para dar sorte.
Só que a justiça não é um jogo de sorte ou azar. É, ou devia ser, um lugar de culpar os criminosos e deixar em paz os inocentes, mas este juíz nem sempre tem contribuído para isto, infelizmente.
Como acredita piamente em Deus, será julgado pelos seus pecados, e não são poucos.
Porque digo isto?
Porque todos os advogados de Portugal dizem: - Carlos Alexandre? À esse juiz é aquele que manda todos os arguidos a julgamento.
A justiça não é isto. Existe o debate instrutório para um juiz com carácter apreciar todos os elementos do processo e ouvir a acusação e a defesa. Deve então fazer uma análise consciente e mandar para julgamento os claramente culpados e deixar em paz os claramente inocentes. Em caso de dúvida a lei fala em probabilidade. Se a probabilidade de alguém não ser condenado for maior do que a de ser condenado, então não deve ir a julgamento.
Mandar toda a gente a julgamento, além de um mau serviço à justiça é uma cobardia. É deixar para outros aquilo que lhe competia fazer. Está dentro da lei claro. Pode fazê-lo justificando com a sua convicção.
Mas, separar o mais cedo possível os culpados dos inocentes é importante, pelo menos por três razões:
1ª Não sujeitar um inocente ao incómodo, humilhação, gastos de dinheiro, etc., de ir a julgamento. Há um claro prejuízo e marcas para toda a vida.
2º Livrar os tribunais de trabalho inútil (custos e demora com tempo ocupado desnecessariamnete).
3º Diminuir a possibilidade de erro judiciário. 
Os verdadeiros criminosos ficam beneficiados ao ir a julgamento misturados com inocentes. É uma evidência.
Este juíz não presta por esta razão: "Esse juiz é aquele que manda toda a gente a julgamento".
Para um beato isto é grave (atendendo ao que deve ser a moral católica).
publicado por Eu mesmo às 00:03

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



pesquisar

 

Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Nos melhores panos caem f...

Salário dos motoristas de...

Querem lá ver que quem co...

Pedro Pardal Henriques & ...

Greve dos camionistas de ...

O homenzinho que nunca se...

Enfermeiros cirúrgicos – ...

Vira o disco e toca a mes...

Actual Comunicação Social...

Os sabe-tudo ...

Só o Armando Vara e o Sóc...

Confirma-se previsão de "...

CM - Correio Manhoso_ 5No...

Deus nos livre ...

Fogos florestais - comuni...

Fogos - Opinião de outros...

Gente séria é outra coisa

Justiça a reboque da comu...

República dos juizes

Moção de "auto-censura" p...

arquivos

Novembro 2019

Agosto 2019

Abril 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links recomendados

Tempo

blogs SAPO