Quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

O teu alimento é o teu medicamento

Esta semana deixemos a política suja e a palhaçada da justiça dos Alexandres, dos Melos e dos Filipes.

Falemos de saúde, por exemplo citando Hipócrates em vez dos inúteis escritos dos minúsculos e prejudiciais "hipócritas".

Segundo o chamado "pai da medicina" - Hipócrates: 

O teu alimento é o teu medicamento.

A afirmação genérica de que o tipo de alimentação que fazemos tem uma influência decisiva na nossa saúde parece em geral não levantar grande controvérsia. No entanto as indicações precisas e concretas do que nos faz bem ou faz mal é que levanta as maiores discussões e onde a medicina científica parece ainda ter muitas dúvidas. 

 A investigação médica sobre a alimentação

  Em todo este assunto parece-me que se misturam interesses económicos grandiosos, como é o da comercialização dos medicamentos. Não posso esquecer que talvez a maior parte de investigação médica seja feita por laboratórios, que são empresas com interesses económicos e sujeitas à ditadura dos conceitos de rentabilidade dos seus investimentos. É fácil compreender que a investigação de um medicamento pode dar proveitos financeiros vultuosos à empresa que detém os direitos. Ora imagine-se que a investigação privada gastasse alguns milhões a estudar os efeitos da boa alimentação para cada tipo de pessoa ou especificamente aconselhada para determinadas doenças. Depois de divulgadas as conclusões a empresa não poderia reclamar direitos sobre a venda de produtos que existem por todo o lado, pois os alimentos não se vendem em farmácias. Conclusão, a empresa tinha prestado um valiosíssimo serviço à humanidade mas tinha feito um péssimo investimento sobe o ponto de vista comercial e os seus responsáveis científicos e financeiros seriam certamente despedidos.

 Em conclusão, este tipo de investigação sobre a alimentação deveria caber a organizações estatais ou a Universidades públicas, pois a assistência médica, o absentismo nos empregos, as reformas e todas as comparticipações nas despesas de saúde custam aos governos, a todos nós portanto, rios de dinheiro. Para nosso mal tudo indica que a lógica das empresas fabricantes de medicamentos e investigadores médicos é a de que, quanto mais dinheiro ganharem (vendendo medicamentos), mais têm para investir em investigação. Assim aparecem mais e melhores medicamentos e o ciclo recomeça.

A investigação sobre a alimentação fica para uns curiosos ou para as medicinas alternativas, ayurvedica e outras. Devia caber ao Estado, mas a corrente geral é de que tudo o que vem do Estado é inútil, desnecessário ou até prejudicial. Será?

publicado por Eu mesmo às 23:14

link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Janeiro 2021

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

Capa manipuladora da opin...

Matemática de jornalistas

Jornalismo cada vez mais ...

Golpe de Trump - Estava-s...

Corona TVs

Devia ser Ana (des)Leal

Sandra Felgueira - a conf...

Isabel dos Santos vs Jorn...

Nos melhores panos caem f...

Salário dos motoristas de...

Querem lá ver que quem co...

Pedro Pardal Henriques & ...

Greve dos camionistas de ...

O homenzinho que nunca se...

Enfermeiros cirúrgicos – ...

Vira o disco e toca a mes...

Actual Comunicação Social...

Os sabe-tudo ...

Só o Armando Vara e o Sóc...

Confirma-se previsão de "...

arquivos

Janeiro 2021

Outubro 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Novembro 2019

Agosto 2019

Abril 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links recomendados

blogs SAPO