Domingo, 10 de Junho de 2012

Novo sistema político - Meritocracia Democrática

O comunismo já deu o que tinha a dar – faliu.

O capitalismo está a dar as últimas badaladas.

O sistema político a que chamamos democracia tem de ser renovado.

De vez em quando votamos, mas a maior parte das vezes escolhemos apenas um homem entre três ou quatro possibilidades. A nossa decisão é tomada, quase certamente, pela maior ou menor simpatia relativamente aos líderes políticos dos maiores partidos. Não estou a imaginar ninguém votar no PSD não gostando nada de Passos Coelho mas achando que Relvas e a restante equipa é de excelente qualidade. Votamos apenas nos líderes porque é a eles que cabe depois escolher os restantes colaboradores. Isto é teoricamente, porque na prática a liberdade de escolha pelos próprios líderes fica limitada a compromissos partidários, jogos de poder escondidos e outros compromissos.

Isto é, na prática os ministros frequentemente não são as pessoas melhor preparadas para decidir bem e governar. Veja-se por exemplo os “cromos” mais recentes desta coleção: – o que entende de agricultura a Ministra Cristas, ou o que entende de saúde Paulo Macedo, ou ainda o que entende de energia e trabalho o Álvaro?

Portanto, na prática, em troca da escolha de uma pessoa levamos em cima com uma tralha rançosa e fedorenta de ministros e secretários de estado parasitas e inúteis.

Em relação aos deputados ainda pior. Escolhemos quatro ou cinco e levamos com mais cinquenta ou oitenta ranhosos oportunistas.

Não vai para ministro ou deputado quem sabe dos assuntos, mas quem é de um partido ou quem tem bons conhecimentos nos partidos ou nas maçonarias ou na opus dei.

Por outro lado, se um governo cai por indecente e má figura do primeiro-ministro, lá se vão 10 ou 15 ministros, mesmo que cinco ou dois deles possam ser excelentes pessoas e profissionalmente competentes.

Portanto tudo isto está mal. Há uma tendência para a incompetência obediente.

A tudo isto dizem os conformados: - “Temos de aguentar isto porque não há sistema melhor”.

Pergunto eu! Como podemos saber que não há melhor se não procurarmos, se não nos esforçarmos por fazer alguma coisa mudar, tentar algo diferente?

Tenho uma proposta:

Meritocracia Democrática

Dois em dois anos fazem-se eleições para cada ministério. Se o ministro das finanças é bom fica, ao mesmo tempo que podemos correr com a ministra da justiça, e por aí fora. O primeiro-ministro passa a ser um porta-voz e secretário dos outros. O presidente da república – rua já.

Nas eleições para um ministério ou vários ministérios, cada candidato faz a sua campanha independente e ganha o que mais pessoas escolherem.

Os seus vencimentos são os das profissões onde trabalhavam antes.

Demagogia da minha parte? Inocência talvez!

Mas estou a dar a minha ideia … Não vejo os mais inteligentes procurarem novas soluções.

Haverá algum inconveniente em ter em cada ministério a pessoa mais conhecedora desse assunto, mais bem preparada e competente, fosse de que partido fosse? Eu acho que não!

Acabava-se também com as negociatas das coligações e das oposições.

Quem fosse melhor avançava. Quem estivesse a fazer melhor trabalho ficava.

Só não tenho a certeza se devíamos pagar muito bem a estes dirigentes ou se deviam estar lá apenas por missão de serviço à sociedade?

Outra reflexão era se só devriam votar para determinado ministério quem percebesse ou tivesse interesses nesse tema. Podia ser bom ou mau !?

Vou continuar a pensar neste sistema.

 

Com sistemas eletrónicos era possível fazer isto barato.

publicado por Eu mesmo às 23:05

link do post | comentar | favorito
3 comentários:
De alberto quadros a 17 de Julho de 2013 às 12:47
Partilho das suas ideias sobre meritocracia. No meu livro "Sonho de sorte", que poderei envia-lo sem quaisquer encargos para si, também advogo o sistema numa história com dois temas : acabar som o dinheiro e erradicar a pobreza. Reparou que ninguém discute o dinheiro, o sistema monetário, que desde que existe, desde os lídios, sempre vem prejudicando os mais pobres e os da classe média?
O meu blog é www.sonhoscomsorte.blogspot.com
Os meus cumprimentos Alberto Quadros
De Eu mesmo a 31 de Agosto de 2013 às 18:44
Já não me lembrava do que tinha escrito, mas estou hoje mais convencido que esta solução resultaria melhor do que na altura em que a escrevi.
Obrigado pelo comentário.
Eu-calipto
De yallen a 14 de Setembro de 2014 às 18:10
Tenho uma ideia diferente sobre a Meritocracia Democrática, principalmente ao que se refere ao sistema eleitoral, me adiciona no face para trocarmos ideias, Yallen.

Comentar post

pesquisar

 

Novembro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Má Influencer

Capa manipuladora da opin...

Matemática de jornalistas

Jornalismo cada vez mais ...

Golpe de Trump - Estava-s...

Corona TVs

Devia ser Ana (des)Leal

Sandra Felgueira - a conf...

Isabel dos Santos vs Jorn...

Nos melhores panos caem f...

Salário dos motoristas de...

Querem lá ver que quem co...

Pedro Pardal Henriques & ...

Greve dos camionistas de ...

O homenzinho que nunca se...

Enfermeiros cirúrgicos – ...

Vira o disco e toca a mes...

Actual Comunicação Social...

Os sabe-tudo ...

Só o Armando Vara e o Sóc...

arquivos

Novembro 2023

Janeiro 2021

Outubro 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Novembro 2019

Agosto 2019

Abril 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links recomendados

blogs SAPO