Sábado, 12 de Setembro de 2015

José Manuel Fernandes, jornalista sério?

Zé Manel:

Primeiros passos no jornalismo em 1976, passando por vários jornais ligados à UDP, até ingressar na redação d' A Voz do Povo. UDP - União Democrática Popular, organização política de tendência marxista-leninista criada em Dezembro de 1974, por onde andaram alguns radicais e outros extremistas, apoiantes da candidatura de Otelo Saraiva de Carvalho à presidência da República.

Foi o homem ligado à invenção do sistema de escutas montado a Cavaco Silva, alegadamente pelo governo Sócrates. Tudo claramente desmascarado e Zé Manel teve de deixar o Público.

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1365623

O novo diário online Observador publicou a sua primeira edição em meados de 2014, José Manuel Fernandes assumiu o cargo de publisher da nova publicação.

Observador

socrates-abade-faria-curiosidades_Observador_Set-2

 Dúvidas imbecis

http://observador.pt/2015/09/11/foto-de-socrates-7-curiosidades-em-que-talvez-nao-tenha-reparado/

Vejam o nível a que desceu este pasquim da internet a quem alguns inocentes ainda atribuem o estatuto de nova comunicação social livre e independente.

O Correio da Manha não fazia melhor.

O blog O Jumento respondeu às dúvidas.

http://www.jumento.blogspot.pt/

“Tentando a tirar o máximo partido de uma imagem de Sócrates e de um grupo de amigos que assistiram ao debate Passos -Costa um jornalista da Voz do Povo armou-se em Rosário Teixeira e ficou cheio de dúvidas em relação à imagem.

Viu um fundo em todos os copos e concluiu que se tinha bebido vinho, sugerindo uma dúvida perigosa, onde estará a garrafa de vinho? O imbecil não reparou em duas coisas, que o fundo dos copos tem sempre a mesma dimensão e que mesmo a água num copo vermelho num ambiente escuro criaria a ilusão de ser vinho.

Concluiu maldosamente que a casa teria de ter ar condicionado em função do preço. Para o jornalista a casa teria de ter ar condicionado, todos os convivas gostariam de ar condicionado e nenhum deles sofreria de problemas de alergias.

Pergunta onde está o conviva no topo da mesa, mas a resposta é óbvia, "está tirando a fotografia ó imbecil!".

Contou os copos e reparou que havia mais copos do que convivas. Enfim, um estava tirando a fotografia os outros poderiam estar a mijar ou não gostam de ser fotografados.

O jornalista ainda ficou incomodado por se usarem copos e guardanapos pouco ecológicos e com a presença de uma ventoinha. Enfim, os redatores da Voz do Povo preocupam-se com tanta coisa!”

Para mim está claro o que é o Observador e ao que vem. Escondido atrás do arbusto com o rabo de fora.

Goste-se ou não se goste de Sócrates, há limites para tudo. Só falta acusar Sócrates de tomar banho. Vejam lá o abuso, gastar água e sabão, prejudicando o ambiente (quem paga a água?).

Miguel Macedo está metido em sarilhos, mas não é mal tratado pela imprensa rasca como é Sócrates e todos os conhecidos de Sócrates.

Assim se vê de que lado estão a justiça e a comunicação social, e ainda o nível de seriedade inteletual dos socialistas, comparado com os Marcos Antónios e os Paulos Rangéis.

publicado por Eu mesmo às 13:36

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 8 de Setembro de 2015

Diferença entre jornalismo sério e jornalismo rasca

Artigo de Clara Ferreira Alves* no Expresso, em 22 de novembro de 2014.

Podia ser publicado hoje e ainda estava atual.

(* Escritora e jornalista portuguesa. Licenciada em Direito pela Universidade de Coimbra, trocou a advocacia pelo jornalismo e a escrita)

http://expresso.sapo.pt/opiniao/opiniao_clara_ferreira_alves/a-justica-a-que-temos-direito=f899406

Aqui fica a reprodução integral:

"A Justiça é antes de mais um código e um processo na sua fase de aplicação. Ou seja, obediência cega, essa sim cega, a um conjunto de regras que protegem os cidadãos da arbitrariedade. Do abuso de poder. Do uso excessivo da força. Essas regras têm, no seu nó central, uma ética. Toda e qualquer violação dessa ética é uma violação da Justiça. E uma negação dos princípios do Direito e da ordem jurídica que nos defendem.   

Num caso de tanta gravidade como este, o da suspeita de crimes graves e detenção de um ex-primeiro-ministro do Partido Socialista, verifico imediatamente que o processo foi grosseiramente violado. Praticou-se, já, o linchamento público. Como?  

1) Detendo o suspeito numa operação de coboiada cinemática, parecida com as de Carlos Cruz e Duarte Lima, a uma hora noturna e tardia, num aeroporto, quando não havia suspeita de fuga, pelo contrário. O suspeito chegava a Portugal. Porque não convocá-lo durante o dia para interrogatório ou levá-lo de casa para detenção?  

2) Convidou-se uma cadeia de televisão a filmar o acontecimento. Inacreditável.       

3) Deram-se elementos que, a serem verdadeiros, deviam constar em segredo de Justiça. Deram-se a dois jornais sensacionalistas, o "Correio de Manhã" e o "Sol", que nada fizeram para apurar o que quer que seja. Nem tal trabalho judicial lhes competia. Ou seja, a Justiça cometeu o crime de violação do segredo de Justiça ou pior, de manipulação do caso, que posso legitimamente suspeitar ser manipulação política dadas as simpatias dos ditos jornais pelo regime no poder. Suspeito, apenas. Tenho esse direito. 

4) Leio, pela mão da jornalista Felícia Cabrita, no site do "Sol", pouco passava da hora da detenção, que Sócrates (entre outros crimes graves) acumulou 20 milhões de euros ilícitos enquanto era primeiro-ministro. Alta corrupção no cargo. Milhões colocados numa conta secreta na Suíça. Uma acusação brutal que é dada como certa. Descrita como transitada em julgado. Base factual? Fontes? Cuidado no balanço das fontes, argumentos e contra-argumentos? Enunciado mínimo dos cuidados deontológicos de checking e fact-checking? Nada. Apenas "o Sol apurou junto de investigadores". O "Sol" não tem editores. Tem denúncias. Violações de segredo de Justiça. Certezas. E comenta a notícia chamando "trituradora" de dinheiro aos bolsos de Sócrates. Inacreditável. 

5) Verificamos apenas, num estilo canhestro a que a biógrafa de Passos Coelho nos habituou (caso Casa Pia, entre outros) que a notícia sai como confirmada e sustentada. Se o Watergate tivesse sido assim conduzido, Nixon teria ido preso antes de se saber se era culpado ou inocente. No jornalismo, como na justiça, há um processo e uma ética. Não neste jornalismo. 

6) Neste momento, não sei nem posso saber se Sócrates é inocente ou culpado. Até prova em contrário é inocente. In dubio pro reo. A base de todo o Direito Penal. 

7) Espero pelo processo e exijo, como cidadã, que seja cumprido à risca. Não foi, até agora. Nem neste caso nem noutros. Isto assusta-me. Como me assustou no caso Casa Pia. Esta Justiça de terceiro mundo aterroriza-me. Isto não acontece num país civilizado com jornais civilizados. Isto levanta-me suspeitas legítimas sobre o processo e a Justiça, e neste caso, dada a gravidade e ataque ao regime que ele representa, a Justiça ou age perfeitamente ou não é Justiça.

8) Verifico a coincidência temporal com o Congresso do PS. Verifico apenas. Não suspeito. Aponto. E recordo que há pouco tempo um rumor semelhante, detenção no aeroporto à chegada de Paris, correu numa festa de embaixada onde eu estava presente. Uma história igual. Por alturas da suspeita de envolvimento de José Sócrates no caso Monte Branco. Aponto a coincidência. Há um comunicado da Procuradoria a negar a ligação deste caso ao caso Monte Branco. A Justiça desmente as suas violações do segredo de Justiça. Aponto. 

9) E não, repito, não gosto de José Sócrates. Nem desgosto. Sou indiferente à personagem e, penso, a personagem não tem por mim a menor simpatia depois da entrevista que lhe fiz no Expresso há um ano. Não nos cumprimentamos. Não sou amiga nem admiradora. É bizarro ter de fazer este ponto deslocado e sentimental mas sei donde e como partem as acusações de "socratismo" em Portugal. 

10) As minhas dúvidas são as de uma cidadã que leu com atenção os livros de Direito. E que, por isso mesmo, acha que a única coisa que a Justiça tem a fazer é dar uma conferência de imprensa onde todos, jornalistas, possamos estar presentes e fazer as perguntas em vez de deixar escorregar acusações não provadas para o "Correio da Manhã" e o "Sol". E quejandos. Não confio nestes tabloides para me informarem. Exijo uma conferência de imprensa. Tenho esse direito. Vivo num Estado de Direito. 

11) Há em Portugal bom jornalismo. Compete-lhe impedir que, mais uma vez, as nossas liberdades sejam atropeladas pelo mau jornalismo e a manipulação política.  

12) Vou seguir este processo com atenção. Muita. Ou ele é perfeito, repito, ou é a Justiça que se afundará definitivamente no justicialismo. Na vingança. No abuso de poder. Na proteção própria. O teste é maior para a Justiça porque é o teste do regime democrático. E este é mais importante que os crimes atribuídos a quem quer que seja. Não quero que um dia, como no poema falsamente atribuído a Brecht, venham por mim e não haja ninguém para falar por mim. A minha liberdade, a liberdade dos portugueses, é mais importante que o descrédito da Justiça. A Justiça reforma-se. A liberdade perde-se. E com ela a democracia".  

CONCLUSÃO

Uma das boas formas de saber se alguém é intelectualmente sério e competente é ler o que escreveram como previsão do futuro em dias passados. Assim podemos verificar se acertaram. Lembro Paulo Portas no parlamento em 2006 a insultar Ferro Rodrigues, que ainda se havia de lamentar quando fossem mostradas as provas das armas de destruição maciça que deram origem à guerra do Iraque. Bom, até hoje nada! Ferro Rodrigues ainda não teve de se arrepender por duvidar.

publicado por Eu mesmo às 10:34

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Agosto de 2015

Legislativas 2015

Peste grisalha, sexagenários, por aí fora ...

Carlos Peixoto.jpg

Este é o deputado laranjinha Carlos Peixoto, que, como foi ontem anunciado, lidera a lista da Coligação PAF (Portugal à Frente, a coligação PSD/CDS) pela Guarda. É o tal que chamou há dois anos aos reformados "PESTE GRISALHA". afirmou num artigo que escreveu "A nossa pátria foi contaminada com a já conhecida peste grisalha", para um jornal em 2013, acusando os mais velhos de exaurir os recursos da nação com as suas reformas e pensões.

Par​a​ dar o exemplo, pode começar por se livrar dos seus pais. Esperemos que ele próprio seja coerente e que se vacine contra a velhice, ou  fazendo-nos o grande favor de falecer antes de a atingir...

Partilhem para que todos os eleitores saibam que a coligação do governo colocou um espécime deste jaez à frente de uma lista distrital...

frase barão de Itararé.jpg

publicado por Eu mesmo às 11:51

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Julho de 2015

Viver acima das possibilidades?

  • O Estado não sabe gerir as empresas de transportes, portanto entrega a privados.
  • O Estado compra um autódromo a uma empresa privada falida.

Genial ! Genial !

Parabéns Sr. Dr. Carlos Carreiras.

camara de Cascais de cofres cheios_20Jul15.png

http://www.publico.pt/local/noticia/camara-de-cascais-aprova-compra-autodromo-do-estoril-por-49-milhoes-de-euros-1702602

Mas não há dinheiro para limpar os espaços verdes.

Alguma coisa não bate certo.

Porque não prendem este senhor para investigar?

Coloquem escutas e vasculhem as contas bancárias ...

publicado por Eu mesmo às 22:54

link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Julho de 2015

Escutas a Armando Vara

Os motivos de prisão de Armando Vara no processo Marquês não podem ser conhecidos porque estão em segredo de justiça. excepção feita por especial favor ao Correio Da Manhã e revista Sábado. (Desta vez o Sol não conseguiu nada. Felícia Cabrita, desde o livro do Homem Invulgar, foi-se abaixo).

Mas o acórdão do processo Face Oculta já não está em segredo de justiça. Qualquer um pode ler, mas não se encontra facilmente.

Podem consultar e imprimir aqui (clicar):

Acórdão Face Oculta

págs. 874 a 877

Escuta a Armando Vara ocorrida em 18-06-2009, pelas 22.17 horas, entre Francisco Bandeira e Armando Vara, cujo teor é o seguinte:

Pág. 874

“Armando Vara - Sim.

Francisco Bandeira - Ó pá. Desculpa lá estar-te a chatear.

Armando Vara - Então ?

Francisco Bandeira - Ó pá tu sabes alguma… oh, a gaja demitiu o Cardoso dos Reis. Então, a três meses das eleições vai demitir o gajo !

Armando Vara - Como é que é ?

Francisco Bandeira - Oh pá, demitiu o gajo. Eh pá diz que foi o Primeiro Ministro e (imperceptível)… eh pá, um gajo nosso… (imperceptível), desde há trinta anos, é pá, esta merda está porreira, pá, um gajo dá tiros nos pés, carago.

Armando Vara - Coisa esquisita !

Francisco Bandeira - (imperceptível) jantar com o gajo ao galito ou o carago.

Armando Vara - Mas demitiu com que justificação ?

 

Pág.875

Francisco Bandeira - Oh pá, não sei, pá… não estive com o gajo, pá. “É preciso mudar nesta altura, pá, é preciso mudar !”

Armando Vara - É pá, vou fazer… vou mandar uma mensagem, o gajo está lá pr’a…

Francisco Bandeira - Uhh ?

Armando Vara - Vou mandar uma mensagem.

Francisco Bandeira - A quem ? Ao gajo ?

Armando Vara - Não. Ao Primeiro.

Francisco Bandeira - É pá, vê lá isso, pá.

Armando Vara - Tá, tá, até já. (…)

Armando Vara - Até logo.” (Produto 253, do Alvo 1X372M).

A segunda conversa ocorreu logo na manhã do dia seguinte (19-06-2009, pelas 11.08 horas), entre o depoente Francisco Cardoso dos Reis e Armando Vara, cujo teor do diálogo é o seguinte:

“Armando Vara - Francisco !

Francisco Reis - Tás bom ? (…)

Armando Vara - Já foste…

Francisco Reis - (imperceptível)… Se ?

Armando Vara - Já foste notificado que continuas ?

Francisco Reis - Não. É pá, eu só queria saber o que, a tua opinião. Eu tenho uma carta feita a pôr o meu lugar à disposição do Governo…

Armando Vara - Ehh !

Francisco Reis - …com o meu sentido de lealdade que tenho que ter.

Armando Vara - Oh pá, mas… (imperceptível).

Francisco Reis - O Senhor Primeiro Ministro, pá…

Armando Vara - Sim !

Francisco Reis - …o Senhor Primeiro Ministro quer fazer alterações e eu imediatamente ponho o lugar à disposição. Ponto final.

 

Pág. 876

Armando Vara - O Primeiro Ministro hoje deve, deve… já falou ao Mário Lino, já ficou fodido com o assunto, não é ! E, tanto quanto eu percebo, já deu instruções para parar tudo. O movimento do não sei quê e o caraças…

Francisco Reis - É pá, eu acho isto uma loucura completa. A gaja passou-se dos cornos, pá.

Armando Vara - Ah ! Ah ! A gaja é tola.

Francisco Reis - Ela passou-se dos cornos, pá… (imperceptível).

Armando Vara - O que foi que ela te disse ? O que é que ela te disse ? Que ias sair dali, prós, prós Portos ?

Francisco Reis - Ela disse-me, ela disse-me o seguinte: “Olha, tenho duas notícias para ti. Uma boa e uma má. A má é que o, isso sabes como é que é estas coisas, o Primeiro Ministro, o Ministro querem fazer alterações e mais não sei que mais, pá, portanto nós temos que mexer aqui nas empresas, pá, e tu devias sair da CP. É pá, a boa notícia é que vais para administrador do IPTM.”

Armando Vara - Uh !

Francisco Reis - Eu disse: “É pá, olha. Eh, a minha resposta é a seguinte: vou pensar, eh, há uma coisa que eu te digo. É que não te vou deixar pendurada, nem ó Governo. Portanto, ah… das duas uma: ou saio porque vou para outro sítio, pá… eh, ou aceito aquilo que me… (imperceptível)”

Armando Vara - Uh !

Francisco Reis - Não te vou é entalar-te e deixar-te numa situação, eh, eh, delicada. Da forma como ela me diz, pá, eu, eu penso, o Mário Lino está por trás disto e o Sócrates também. Portanto, é pá.

Armando Vara - Não. O Sócrates não estava, pá. Então mandei-lhe a mensagem, quando soube… mandei-lhe a mensagem e já me ligou hoje de manhã.

Francisco Reis - Eu vi…

Armando Vara - Já me ligou de manhã, não é !

Francisco Reis - Eu estava com o Bandeira lá no, no Galito… estávamos a comer.

Armando Vara - Não. Aguarda, pá, aguarda. É evidente que os lugares, estes lugares estão sempre à disposição, não é !

 

Pág. 877

Francisco Reis - Pois, é pá… e eu é só dizerem-me para sair que sou um gajo bem mandado, pá, tudo porreiro e mais não sei quê. O problema, sabes qual é ? É que, eh, eh, o próximo Conselho de Ministros vai ser a última oportunidade que há de nomear administradores públicos, eh, porque no período que medeia a convocação de eleições e… (imperceptível)…

Armando Vara - Não vai nomear, tá descansado.

Francisco Reis - …não pode nomear ninguém, pá.

Armando Vara - Está descansado que ele não vai nomear, pá.

Francisco Reis - Eu, eu percebo isso, pá. Agora a loucura da gaja, pá, num… não se percebe, pá… não se percebe.

Armando Vara - Vais-te manter onde estás, pá, tudo ok, pá.

Francisco Reis - Bom. Ó Armando. Eh, como… como deves imaginar, eh..

Armando Vara - Se houver novidades manda-me um toque, está bem ?

Francisco Reis - Tá bem. Como deves imaginar eu agora vou, vou ser atacado pela gaja todos os dias, mas vou-me aguentar.

Armando Vara - Não vais, ó pá, não vais nada. Ela nem sabe que foste… ela nem sabe de nada, pá… não é ? O assunto foi exposto ao Primeiro Ministro… O Primeiro Ministro disse que tenham… tenham juízo.

Francisco Reis - Eu vou mas é…

Armando Vara - Tá ?

(…)

Francisco Reis - Bom dia, adeus.”

(Produto 253, do Alvo 1X372M).

O teor destas conversas vai de encontro ao que, antes da sua própria audição, foi explicado pela testemunha Francisco Cardoso dos Reis quanto à intervenção de Armando Vara (que ele assumiu nessa conversa telefónica) na sua manutenção na presidência do CA da CP, ao contrário do que lhe havia sido comunicado pela sua tutela directa, a Secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, invocando esta a vontade do respectivo Ministro e do próprio Primeiro Ministro.

______________________________________________________________

Conclusão (minha)

Assim podem compreender melhor como se faz a justiça em Portugal e como se condena quem se quiser com coisas destas.

=> Condenação a 5 anos de prisão efetiva por tráfico de influências.

Conversas privadas entre pessoas que se conhecem, embora mostrem um certo jogo de influências, uma linguagem muito livre, quem atira a primeira pedra de nunca ter falado ao telefone com amigos sobre outros amigos?

Estaria mais de meio Mundo preso.

Só espero que desta vez não seja por coisinhas pescadas com tanto esforço.

Ou provam crimes a sério, ou ficamos com esta sensação de mal estar no estômago de poderem estar a condenar alguns inocentes, como aconteceu nos processos Casa Pia e Face Oculta.

 

Quantos recursos gastos para fazer escutas, horas, dias e meses,  para depois escolher umas partes destas quase ridículas , em vez de usar os "poucos" meios disponíveis para investigar os milhares de milhões desaparecidos nos submarinos e nos bancos BPN e BES, Câmara de Gaia, subsídios a técnicos de aeroportos que não têm atividade, etc., etc., etc., etc., etc.

Este processo, tal como o outro,  não é político, pois não?

Então é o quê? Talvez uma doença mental ... !

publicado por Eu mesmo às 17:23

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Junho de 2015

Contas à Cavaco

Bravo! Politicamente correto.

contas do reformado_29Jun15.png

O burro já percebeu que as contas não são assim tão simples.

Por isso é que tem havido tanta dicussão! Tanto latim gasto.

Só faltam 207 dias, ou menos

https://w2.countingdownto.com/883950

Mas,

Na Universidade de Griffith, na Austrália, há um concurso anual sobre a definição mais apropriada para um termo contemporâneo.

Este ano, o termo escolhido foi "politicamente correto".

O estudante vencedor escreveu:

 "Politicamente correcto é uma expressão, sustentada por uma minoria iludida e sem lógica, que foi rapidamente promovida pelos meios de comunicação e que sustenta a ideia de que é inteiramente possível pegar num pedaço de m€rd@ pelo lado limpo."

publicado por Eu mesmo às 19:02

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Junho de 2015

Brisa - empresa perigosa ...

Eu ouvi notícias sobre cobranças milionárias da Brisa a devedores de portagens, e ainda por cima com a colaboração dos serviços públicos das finanças.

Pensava que poderia ser um exagero da comunicação social, ou ter acontecido a poucos casos sem exemplo.

Pois esta ideia veio a revelar-se falsa quando recebi este mês a carta:

Brisa_carta ameaçadora.png

 O pior desta carta é esta parte ameaçadora,

Brisa_ameaça.png

A explicação é esta. O identificador começou a dar semáforo amarelo e fui de pronto à Brisa substituir a bateria. Propuseram-me alterar o contrato e passar a usar um identificador alugado, ficando a manutenção e baterias a cargo da Brisa. Como a pilhas eram uma roubalheira, 8 Euros de dois em dois anos, aceitei a alteração do contrato, embora sabendo que era outra roubalheira, uma forma de anuidade, para além da facilidade que a via verde dá à empresa a nível de cobrança e redução de pessoal.

O pedido de pagamento da contra-ordenação deveu-se aos serviços da Brisa terem cancelado o contrato anterior num dia e só ter iniciado o novo contrato de aluguer dois dias depois. Durante um dia, um aderente de muitos anos, sem nenhum aviso, ficou sem contrato válido. A consequência foi logo o envio de cobrança com multa e ameaça de pior.

Descrição sumária da tentativa de assalto

Taxa em dívida: 0,60 €

Custos Administrativos em dívida: 2,21 €

Total da dívida: 2,81 €               (2,81/0,60=4,68 vezes)

O não pagamento voluntário implicaria a cobrança pelos serviços de finanças de 10 vezes o valor da portagem = 6 €, mas nunca inferior a 25 €

e ainda o quíntuplo do valor da coima 2,21x5= 11,05 €

Para começar a festa 0,60 € transformam-se rapidamente em 36,05 €

seja, 60 vezes mais.

 

Com negócios destes é fácil ser rico e famoso.

Pois eu senti-me vítima de um assalto.

É evidente que preenchi o impresso do livro de reclamações, no que fui apoiado pela colaboradora da Brisa.

Só paguei os 0,60 € porque não estava distraído.

publicado por Eu mesmo às 00:11

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Junho de 2015

Segredo de justiça

Sócrates - Os truques da justiça e/ou da defesa, ou ambos!

Segredo de justiça? Onde?

Dois jornalecos publicaram transcrições do interrogatório a Sócrates realizado pelo procurador Rosário Teixeira no dia 27 de junho de 2015.

Foi de imediato aberto um processo de investigação à violação do segredo de justiça.

Alguém falou para onde não devia e sobre o que não podia.

Os apoiantes de Sócrates dizem que está visto que só pode vir do sistema de justiça.

Acontece que os serviços do Ministério Público se apressaram a dizer que tinham dado aos advogados de Sócrates uma cópia das gravações do interrogatório, portanto abrem a porta à possibilidade de ter sido a defesa a violar o segredo de justiça.

Em quem acreditar? Receio bem que cada um decida a favor das suas simpatias pessoais! Eu também …, sou um deles. Tenho a minha ideia.

O que me espanta seria que a defesa de Sócrates fosse confiar nos jornais mal cheirosos que mais perseguição têm feito a Sócrates – Correio da Manha e revista Sábado. Nem mais nem menos, foram só estes a revelar as conversas, nenhum outro jornal. Vejam o risco que os advogados corriam se confiassem nos jornais que eles tanto odeiam. Era uma boa cilada para acabar de vez com os advogados, bastava o jornaleiro ter seguido o rasto de chegada da informação. Só se os advogados fossem malucos, acho eu.

Por outro lado, a partir do momento em que o sistema de justiça (procurador ou seus funcionários) deram uma cópia do inquérito aos advogados sentiram-se livres para passar as informações por baixo da mesa aos informadores habituais. Nada lhes pode acontecer agora. A verdade só se saberá se o culpado cometer um dia um erro fortuito muito evidente.

Estejamos portanto preparados para nunca saber a verdade, sabendo que alguém está a mentir.

Conclusão

Justiça nunca haverá. Há muito que se finou. Não percam mais tempo com isto!

Eu sei uma maneira de desvendar a origem das fugas de informação e violação do segredo de justiça. Era prender o jornalista até ele dizer quem lhe passou a informação. Pelo menos não estávamos a condenar um inocente mas um colaborador próximo do criminoso e também criminoso. Com Felícia Cabrita e Octávio Ribeiro na prisão queria ver se mais alguém abria a boca.

investigacao inutil_11Jun15.png

 http://economico.sapo.pt/noticias/interrogatorio-a-socrates-mp-investiga-violacao-do-segredo-de-justica_220823.html

http://expresso.sapo.pt/sociedade/2015-06-11-Ministerio-Publico-lancou-uma-calunia-insensata-e-irresponsavel-contra-Socrates-diz-advogado

publicado por Eu mesmo às 23:11

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 29 de Maio de 2015

A minha prisão

A minha? Não! A de Isaltino Morais.

Enquanto não estiver no youtube têm de clicar no link.

http://www.tvi24.iol.pt/videos/entrevista-a-isaltino-morais-no-jornal-das-8/556779660cf2571c9fdff9e1/1

NãO conhecimentos sobre o assunto para  poder dar uma opinião a culpar ou a desculpar Isaltino. Mas gostei de ouvir as razões dele por viva voz e não pelos jornalecos.

Algumas coisas que ele diz são verdade. Os juízes são vulneráveis à opinião pública feita pelos jornais de sarjeta. Depois do julgamento popular a justiça mostra ter muita dificuldade em fazer um juizo justo e independente.

Cada um faça o seu julgamento.

 

publicado por Eu mesmo às 19:56

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Maio de 2015

Manuel Dias Loureiro

Industrial de sucesso.

Outro Homem Invulgar

 Mas,

industrial de sucesso.jpg

http://visao.sapo.pt/os-tres-pecados-de-dias-loureiro=f819508

Procurador Rosário Teixeira?

Não fez nada?

Hummm, já vi o filme.

Dali só dá Sócrates.

publicado por Eu mesmo às 15:46

link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Abril de 2015

Marco António Costa - traficante de influências? Digo, robalos, robalões, peixes muito grandes e gordos ...

o ultimo a rir.jpgO último a rir?

 Marco António Costa acusado de montar “rede de interesses” ...

Esta notícia surgiu repentinamente em vários jornais, mas foi rapidamente retirada da página da TVI, com a mensagem:

"Lamentamos mas a página que procura não se encontra disponível".

Felizmente ainda se encontra legível em

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/detalhe/ex_dirigente_do_psd_acusa_marco_antonio_costa_de_montar_rede_de_interesses.html

Resumindo,

"Marco António Costa, durante a meia dúzia de anos que esteve em Gaia, colonizou a Câmara e as Empresas de Municipais de Gaia, com ‘amigos e boys’ para ‘alimentar’ alguns e para ‘pagar favores’ a outros". Esta é uma das acusações que Paulo Vieira da Silva, ex-conselheiro nacional do PSD e membro da distrital do PSD do Porto, lançou a Marco António Costa, ex-secretário de Estado e actual porta-voz do PSD. A denúncia foi feita no Facebook e enviada para a Procuradoria-Geral da República, DCIAP e PJ.

 A PGR confirma que recebeu a denúncia e diz que a vai analisar. "A referida comunicação deu entrada hoje na Procuradoria-Geral da República", sublinha fonte oficial. "A mesma será objecto de análise, com vista à ponderação dos procedimentos adequados".

Bem, Armando Vara foi condenado tendo como única contrapartida do suposto "tráfico de influências", uma caixa de robalos. Sócrates está preso, ao que parece, porque arranjou negócios milionários na Venezuela e em Angola, beneficiando para já a economia portuguesa. Se ele teve benefício (prenda como Salgado recebeu, ou caixas de robalos), está por provar.

Agora vamos nós avaliar a imparcialidade do Ministério Público.

Vamos saber se a "justiça" é só para os adversários políticos ou se é para todos.

 

publicado por Eu mesmo às 19:14

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Abril de 2015

Perdão pascal

Viva, hurra!

Pasquim CM sem Sócrates.

Desde o dia 22 de novembro de 2014 que o CM faz todos os dias uma notícia a “cascar” em Sócrates.

Ao fim de muitos meses um dia de descanso da Páscoa, 2 de abril.

Mas no dia seguinte, 3 de abril, voltou, mas de mansinho:

CM_3Abr15_um bocadinho de Socrates.jpg

 Cheira um bocadinho mal, mas menos do que o costume.

publicado por Eu mesmo às 16:31

link do post | comentar | favorito
Sábado, 21 de Março de 2015

A cereja em cima do bolo

Para completar o que escrevi no post anterior aqui vai toda a confirmação de que eu tinha razão, e neste caso, muito apropriado -> fecho com chave de ouro. Sócrates está lindo nesta fotografia. Tudo, tudo a bater certo.

Até acertaram que amanhã é domingo. CM cheira mal mas nunca se engana. !?@€& . Quem é manipulador é pouco sério, quem é?

noticia de pasquim_20Mar15.png

publicado por Eu mesmo às 20:04

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Março de 2015

Jornalismo mal cheiroso

Um escândalo dizer-se que uma jornalista cheira mal.

O cheirar mal pode ser interpretado em vários sentidos: - Não tomar banho e cheirar dos sovacos (catinga);

ou ter uma atitude menos digna, menos limpa intelectualmente, o que também se pode dizer que cheira mal.

Não seria a primeira vez que se diz que uma tal ou tal notícia "já cheira mal".

Pois a jornalista que cheira mal é esta Tânia Laranjo:

Tania Laranjo_grande jornalista do pasquim CM.jpg

 E o seu chefe também não cheira melhor:

Otaviano-chefe dos mal cheirosos.jpg

A explicação para o mau cheiro deste pasquim é a forma maliciosa, pouco séria e nada competente como dá as notícias.

Veja-se um exemplo da forma de tratar uma mesma notícia, o mesmo acontecimento, no mesmo dia, entre um pasquim e um jornal sério e independente.

noticia de pasquim_18Mar15.png

 É a vida. Todos nós temos os nossos cheiros! Os cães que o digam!

publicado por Eu mesmo às 15:23

link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 2 de Março de 2015

Segredo de justiça - Mortal / Fatal

O "segredo" de justiça está pelas ruas da amargura, mas, para compensar, a "indiscrição, inconfidência, revelação, etc., outros antónimos" da justiça, estão no seu melhor.

Tudo se sabe. Ou porque alguns jornais são adivinhos, ou alguns jornalistas vão à bruxa, ou então porque "alguém" bufa aos jornais.

Não interessa. Também há os que acham que assim está tudo bem. Quando é para os seus opositores políticos tudo é lícito, mas quando é para as nossas simpatias é escandaloso. É a vida! O Homem não é perfeito.

Agora esta notícia não deixa de ser interessante, vinda da página da Associação Sindical dos Juízes Portugueses.

http://www.asjp.pt/2015/02/28/carlos-alexandre-fecha-processo-de-jose-socrates-a-sete-chaves/

Carlos Alexandre fecha processo de José Sócrates a sete chaves

Temos então as seguintes conclusões:

Tudo isto quer dizer várias coisas:
1º Esta limitação de acesso ao processo é uma confirmação de Alex de que as fugas podiam vir do sistema de justiça, seja, dos seus mais próximos.
2º Há notícias falsas a circular na imprensa "... malas com dinheiro entregues no estrangeiro..., etc.". Mas o Ministério Público nunca se preocupou a desmentir as notícias falsas.
3º Já ninguém sabe o que é mentira e o que é verdade.

Minha previsão:

O que houver de verdade, ou outras mentiras, só vão surgir uma semana antes das eleições legislativas.

Entretanto, surge na capa do jornal Público de dia 2 de março 2015:

capa jornal_publico_2Mar15_radical-mortal.jpg

Ora isto é interessante. O senhor não disse que não tinha ido almoçar com jornalistas. Apenas jurou que não tinha violado nada "ninguém", aliás, como as juras que ele próprio nunca acredita quando vindas dos suspeitos que lhe caem nas mãos. Para algumas "figuras" do Ministério Público, as justificações e provas que favorecem os arguidos levam frequentemente este rótulo "... ah, ah, isso vale o que vale...". (Está mesmo assim em muitos processos).

publicado por Eu mesmo às 10:16

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2015

Sócrates “O verdadeiro Homem autossuficiente”? Ou o diabo!

Segundo a opinião de algumas altas inteligências, a saber, e pelo menos estes, professorzeco Sousa Marcelo Rebelo e o inigualável Dr. Paulo Moralista, para além do skinhead Mário Machado, acham que foi o próprio Sócrates que fez aparecer no Correio da Manhã e no Sol "as fugas ao segredo de justiça", as notícias de que tinha dinheiro na Suíça, que o seu motorista ia todos os meses levar uma mala com 10000 Euros a Paris, que vivia num apartamento luxuoso, que pedia dinheiro emprestado a um amigo, que vendeu as casas da mãe e ficou com o dinheiro, que telefonou a um ministro angolano a pedir favor para um negócio de empresa do Grupo Lena, etc., etc., etc..

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/violacao-segredo-de-justica/mario-machado-apresenta-queixa-contra-socrates

E não é que Sócrates até se fez prender a si próprio? Deu origem a fugas de informação “aparentemente” contra si próprio. Paulo Moralista afirmou num debate com Marinho Pinto “sabe-se lá se todas estas fugas de informação não são de uma central de informação do próprio Sócrates?”.

A estratégia parece boa. Sócrates fazia-se prender, humilhar, perder emprego e a liberdade, para passar por vítima e depois aparecer em plena força, para derrotar toda a direita e dominar Portugal, quiçá a toda a Europa e o Mundo.

Felizmente Paulo Moralista e Rebelo estão em boa companhia nestas teses – fazem suas as palavras e ideias de Mário Machado. Denunciaram o "esquema". Não estão nada mal.

O homem é um verdadeiro autossuficiente. Alimenta-se a si próprio física e mentalmente, o que ele diz é mentira e verdade ao mesmo tempo. Ataca-se e defende-se em cada instante. É acusado e acusador no mesmo dia.

O homem é bem pior do que alguém de boa-fé poderia imaginar. É uma personagem terrível, pior do que o próprio “mal”.

Moura Guedes, Carlos Alexandre, Rosário Teixeira, Felícia Cabrita, Rodrigues dos Santos, tudo peões do jogo de Sócrates. Estão a fazer de “mauzinhos” para servir Sócrates. Estes tolinhos estão a mando de Sócrates para enganar todos, o “Todos” que somos nós todos.

Não se pode acreditar em mais ninguém.

Tenham todos muito cuidado. Aproxima-se o Armagedão, o apocalipse anunciado na Bíblia, e vai tornar-se realidade a profecia de Nostradamos. Vem aí o demónio, o fim.

Tem nome: – José Sócrates. Já devia ter ocorrido em 2012, chega um pouco atrasado, como tudo que vem de Portugal.

http://www.dn.pt/inicio/globo/interior.aspx?content_id=2184522

https://sites.google.com/site/21dezembro2012/nostradamus

Depois vem o juízo final. Aí é que vai ser! Qual super juiz qual carapuça! O jogo deixa de ser a feijões de Mação. O derradeiro jogo é a “pescoços”.

Até pode ser divertido, para alguns!

Nota: O jornal Correio da Manha, o que mais vende em Portugal, tem ganhado  muito dinheiro à custa de Sócrates.  Desde 21 de Novembro só dois ou três dias não apareceu Sócrates na capa (87 capas).  Isto é por acaso? Não não é! Nada é por acaso. Sócrates deve estar por trás do CM e partilham os lucros.

Continuem a comprar o CM e a ajudar Sócrates.

publicado por Eu mesmo às 17:21

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2015

Juncker vs. Troika

O presidente da Comissão Europeia reconhece o quanto a ação da troika prejudicou países em dificuldades.

Juncker_18Fev15.png

A notícia foi dada ontem nas televisões, na sua versão falada original.

Seria de esperar que alguma das capas dos jornais de hoje mostrassem letras gordas deste assunto. Nem gordas nem magras, nada.

Concorde-se ou não se concorde, isto é notícia, mas nenhum dos jornalistas de papel mostrou esta honestidade intelectual e sentido de oportunidade. Sócrates vende sempre mais. As buscas a casa dos suspeitos de crimes e as visitas às cadeias são trabalhos mais fáceis.

Honra seja feita ao Jornal de Negócios na internet

http://www.jornaldenegocios.pt/economia/europa/uniao_europeia/zona_euro/detalhe/juncker_troika_e_pouco_democratica_e_devemos_reve_la.html

 

publicado por Eu mesmo às 09:01

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2015

Pasquim da mentira

noticia falsa do correio+da+manha_corporacoes-blog

Esta espécie de jornal não se cansa de publicar mentiras. Só assim mantém clientes assíduos, hávidos de notícias bombásticas que fazem certamente bom motivo de conversa de café e sala de espera de barbeiros.

O blogue Câmara Corporativa não deixou passar.

http://corporacoes.blogspot.pt/2015/02/correio-da-manha-realidade-e-uma-cena.html

Leia-se o desmentido feito pela PSP no Facebook

https://www.facebook.com/notes/pol%C3%ADcia-seguran%C3%A7a-p%C3%BAblica/not%C3%ADcia-falsa/785083584880491

" NOTÍCIA FALSA

A notícia publicada hoje no Jornal nacional Correio da Manhã, com chamada de capa: “FALSOS GNR ROUBAM EM OPERAÇÕES STOP” não tem qualquer correspondência real com o conhecimento que a Polícia de Segurança Pública (PSP) tem sobre a criminalidade naquela área nem com informações transmitidas pela PSP.

A Polícia de Segurança Pública, através do Comando Metropolitano de Lisboa, enviou no dia 04 de fevereiro, para as redações dos diferentes Órgãos de Comunicação Social (OCS) um comunicado de imprensa com a referência 053.PSP.LX.15 detalhando a detenção de um homem, com 32 anos por tráfico de estupefaciente e posse de arma ilegal. O homem, detido no concelho da Amadora, é suspeito da venda de droga na via pública, tendo-lhe sido apreendido no âmbito da investigação criminal conduzida pela PSP: 9 armas (3 das quais de fogo), 7.220 doses de produto suspeito de ser haxixe, 2 balanças de precisão, 80 cartuchos, cerca de 700€ e um uniforme de gala da GNR.

O comunicado acima referido, refere dados factuais que resultaram da operação efetuada, que em nada estão relacionados com a situação relatada na noticia, a qual é inexistente para a PSP  e que não pode servir de base à construção duma notícia onde identifica uma suposta viatura descaracterizada, com “pirilampo” e três homens com fardas da GNR que montavam Operações stop no IC19 para agredir e roubar condutores e, ainda, com a referência de que este “gang violento” era investigado pela PSP por vários assaltos há pelo menos 6 meses. Tais referências não têm correspondência com a realidade.

Com base no acima referido a PSP esclarece:

  • Não existe na área metropolitana de Lisboa, mormente nos Concelhos da Amadora e Sintra, alguma investigação da PSP que pretenda identificar e deter 3 ou mais cidadãos que “no âmbito de falsas operações stop no IC19”, agridam ou roubem condutores;
  • Não foram detidos pela PSP quaisquer cidadãos pela prática de roubos no IC19 nas últimas semanas;
  • A difusão deste tipo de notícias, apesar de não possuir correspondência com a realidade, influencia o sentimento de segurança dos cidadãos em geral e dos utilizadores do IC19 em particular;
  • A Direção Nacional da PSP e o Comando Metropolitano da PSP de Lisboa não foram questionados sobre a veracidade destas informações, o que indicia a não observação de princípios  de deontologia profissional, indispensáveis na sustentação da notícia aqui mencionada, com graves consequências para a opinião pública;
  • A PSP lamenta que a notícia possa visar corroer a ligação profissional e de cooperação que honramos com a GNR, facto que também motiva este público desmentido.

A Direção Nacional da PSP, ao abrigo da Lei n.º 2/99 de 13 de janeiro, reserva-se o direito de proceder em conformidade com as previsões legais junto das entidades competentes."

É este mesmo jornal que publica capas consecutivas com a fotografia de Sócrates ou o nome de Sócrates. Desde o dia 21 de novembro só dois dias não foi assim, já lá vão 66 dias seguidos. Jornalismo isto? Então os outros jornais estão todos enganados, com uma pequena atenuante para o semanário Sol que lá vai atirando umas pedras.

Triste ser o jornal que mais vende em Portugal e aquele que mais suspeitas levanta de ser o passador de informações do sistema judicial (quando em segredo de justiça).

 

publicado por Eu mesmo às 12:09

link do post | comentar | favorito
Domingo, 1 de Fevereiro de 2015

Prender para alegrar a populaça ...

Paulo Morais prof Univers_puxapalavra-blog.jpgtao bom que mete nojo.jpg

 No dia 29 de janeiro ouvi, no canal de televisão CMTV, um debate entre Marinho Pinto e Paulo Morais. Falavam das razões da prisão de Sócrates.

Em resumo, Marinho Pinto dizia que a justiça tinha de julgar Sócrates pelos eventuais crimes que tenha cometido e não pela sua ação política, certa ou errada. Não podia admitir um julgamento na praça pública feita por jornais de pouca ou nenhuma qualidade.

Paulo Morais aproveitou logo para dizer que Marinho Pinto estava a defender Sócrates, mas Marinho lembrou que ele tinha feito a mesma defesa da verdadeira justiça noutros casos como por exemplo o de Leonor Cipriano, que tinha sido espancada pela polícia para confessar o crime de ter feito desaparecer a filha, apenas porque a comunicação social fez uma campanha que influenciou a polícia e a justiça.

Então aparece o argumento mais idiota que alguma vez se ouviu na televisão sobre este caso Sócrates.

Paulo Morais deu a entender que a prisão preventiva de Sócrates é justa porque contribui para a paz social. Onde é que já ouvimos isto? Paulo Morais afirmou mais ou menos isto,

"... bastava escutar as pessoas humildes para perceber que a prisão preventiva era a medida justa. A vida dessas pessoas pode não ter melhorado nos últimos três anos, mas a satisfação de verem Sócrates preso já é para elas um alívio psicológico..."

O que pensar deste raciocínio? Prender para alegrar a populaça.

Era como na idade média. Quando havia epidemias ou qualquer catástrofe natural, os imbecis e incivilizados povos sacrificavam animais e crianças para satisfação dos Deuses e para acalmar a revolta popular.

Marinho Pinto não deixou passar e logo disse que este raciocínio era voltar atrás na civilização mais de 2000 anos, era deitar para o lixo o estado de direito todos os valores que representa, etc., etc.. Marinho Pinto declarou que a dignidade e a superioridade moral das pessoas se vê quando julgam aqueles de que não gostam. A justiça tem de estar acima das simpatias ou antipatias pessoais. Voltámos ao tempo da barbárie?

Para mim Paulo Morais teve um comportamento totalmente nojento.

O meu desprezo pelas ideias de Paulo Morais!

O que Paulo Morais devia ouvir.

Resposta cobarde à ideia de impunidade …”

http://viriatoapedrada.blogspot.pt/2014/11/o-fantasma-de-paris-mst.html

Para quem ainda não desistiu de ler o post e não se importe de ouvir uma opinião eventualmente diferente da sua, veja só mais este video:

publicado por Eu mesmo às 11:50

link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Janeiro de 2015

Tanta nojice noticiosa

É todos os dias. Crimes de difamação e violação do segredo de justiça.

mentiras CM_16Jan15-1.png

mentiras CM_16Jan15-2.png

Se alguém põe em dúvida alguma notícia, dizem logo os comentadores rascas "Deixem a justiça fazer o seu trabalho". Palavras, palavras ...

Quem acredita nas porcarias do CM e do Sol, mesmo quando estes dizem uma monstruosa mentira, esta tem de ser verdade a todo o custo.

Por outro lado, os que já não acreditam nestes pasquins, mesmo que eles um dia publiquem uma notícia verdadeira já não conseguem acreditar nela.

Conclusão

As notícias sobre certos assuntos já começam a ser inúteis. Ninguém vai mudar de opinião.

publicado por Eu mesmo às 23:56

link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Novembro 2023

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

O homenzinho que nunca se...

Os intocáveis

Roubados e ainda temos de...

Não sejam mal agradecidos...

A lata deste gajo é imbat...

Manipulação jornalística ...

Pela boca morre o peixe ....

Passos/Saraiva - Revelada...

Cavacos. Coisas muito int...

Offshore do Panamá - Aind...

Há vigaristas sérios? Ou ...

Imbecilizar um povo

Manipulação jornalistica ...

Corrupção! Crime difícil ...

Uma adivinha

Prazos máximos indicativo...

Miguel Macedo - Boi de pi...

Censura ao Correio da Man...

Eleições 2015 - Campanha ...

Sondagens à Correio da Ma...

arquivos

Novembro 2023

Janeiro 2021

Outubro 2020

Março 2020

Fevereiro 2020

Janeiro 2020

Novembro 2019

Agosto 2019

Abril 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links recomendados

blogs SAPO