Domingo, 28 de Janeiro de 2018

República dos juizes

Uma República dos Juízes será certamente a pior das ditaduras.

Os políticos podemos ver-nos livres deles nas eleições, podemos fazer queixa da polícia, mas quem ousa fazer queixa de um juiz?

Não são eles que decidem investigar quem lhes apetecer e podem acusar e condenar sem ninguém perceber porquê (muitas vezes). Se foi um juiz que investigou e outro que condenou pouco ou nada há a fazer.

Eu tenho esta ideia porque li os acórdãos dos processos Casa Pia e do Face Oculta e fiquei arrepiado e assustado.

Agora vê-se o que está a acontecer no Brasil. Um qualquer juiz pode impedir Lula de se candidatar à presidência da República, sem ainda nada ter sido provado, assim como Dilma foi afastada sem se ter mostrado ou provado nenhum crime. Se um juiz decidiu e os jornais de sarjeta noticiam ninguém se salva.

No caso português veja-se o que aconteceu recentemente. A justiça diz que não tem meios para investigar e proteger mulheres vítimas de violência doméstica e evitar que sejam barbaramente assassinadas. Mas há meios para investigar Sócrates durante quatro anos e construir um processo com milhares de páginas e milhões de documentos que ninguém vai ler.

Há meios para iniciar uma investigação ao Ministro das Finanças por causa de dois bilhetes de futebol.

Tudo isto com a ajuda dos jornalecos amigos do costume.

Não há tempo nem meios para proteger vidas, só para aquilo que lhes convém politicamente.

incapacidade do MP_28Jan18.png

Operação Marquês, vejam os números, 10 magistrados mais 22 inspetores,

dados do processo Marquês_Jornal negocios.png

Três mil documentos em papel e 13 milhões e meio de ficheiros informáticos,

dados do processo Marquês_TSF.png

Mas há tempo e dinheiro para umas porcariazinhas destas,

Tudo acompanhado por uma "sobremesa" diária de intoxicação informativa,

pasquim manhoso_28Jan18.png

Até a escolha das fotos é muito intencional para denegrir a imagem das pessoas e deitar lama para cima. Será impressão minha ou má vontade?

E no dia seguinte continua,

pasquim CM_29Jan18.png

Isto é informação séria? Não, não pode ser! Cheira demasiado mal.

publicado por eu-calipto às 22:01

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2017

Aeroporto no Montijo - erro histórico

Vamos ver se o barato não vai sair muito caro!

Ouvem-se os jornalistas a falar de certos assuntos técnicos e até assusta tanta ignorância, falta de espírito crítico e não confirmação do que dizem, com todas as certezas.

Mais do que um destes pseudo jornalistas da televisão dizia há uns dias que o segundo aeroporto de Lisboa, no Montijo era uma boa opção porque os aviões aterravam em pistas paralelas.

Os pilotos é que não são burros e logo vieram dizer que o Montijo era um remendo de má qualidade. Têm toda a razão. Aliás eles andam lá por cima todos os dias e sabem como elas mordem como as coisas correm mal, afinal é a vida deles e de milhões de passageiros que ficam em risco.

Primeiro erro – Pistas paralelas

A pista grande do Montijo não é nada paralela à pista principal do Humberto Delgado. Aliás juntam-se mesmo em cima da Caparica, já muito perto da aterragem.

Segundo erro – Ventos dominantes

Como toda a gente sabe, os ventos dominantes são de norte ou nor-noroeste. Ia ser bonito os aviões das low cost aterrarem com vento forte cruzado.

Terceiro erro – Toda a gente que atravessa o Tejo já confirmou a elevada frequência em que os nevoeiros junto às águas do rio se mantêm até perto do meio-dia.

Quarto erro – rotas migratórias de grandes aves. Porque é que tanta gente faz excursões de fotografia aos flamingos do Tejo e outras grandes aves? É porque há, e muitas, junto à margem Sul do estuário do Tejo.

Quinto erro – Pista pequena

No Montijo há uma pista mais ou menos paralela à do aeroporto Humberto Delgado, mas é muito curta e acaba na água. Não dá para prolongar.

Sexto erro – aviões grandes são os mais problemáticos em Lisboa, mas não podem ser desviados para o Montijo

Sétimo erro - os aviões militares aterram no Montijo

Pois, aterram no Montijo aviões Hércules 130 uma ou duas vezes por dia, um avião possante com motores a hélice, de aterragem e descolagem curta. Nada comparável com jatos cheios de pessoas, a passar de 5 em 5 minutos em cima de zonas altamente povoadas (Almada e arredores).

O aeroporto do Montijo fica para os aviõazinhos da Ryanair, Easyjet, Germanwings e outras com os pequenos jatos de 150 passageiros, enquanto o aeroporto principal continua com os grandalhões intercontinentais Airbus 340, Boeing 777, com mais de 250 passageiros e mais de 60 toneladas de querosene nos tanques cheios, continuam a ameaçar e a poluir o centro da cidade de Lisboa.

Tanta discussão sobre os inconvenientes do aeroporto na Ota e agora os grandes especialistas professores do Técnico e o sabe-tudo Marques Mendes estão tão calados.

Vejam o mapa que os jornalistas se esqueceram de consultar. Imagem do Google Maps que toda a gente pode confirmar.

aeroporto no Montijo.png

 Nota: As chavetas são do mesmo tamanho = comprimento da pista do Humberto.

publicado por eu-calipto às 23:49

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 23 de Outubro de 2016

Má informação. Imcompetência jornalística

Jornalistas imbecis e/ou desinformados, ignorantes, sem sentido da realidade nem bom senso nem espírito crítico, desmiolados passou a ser uma regra?

Registou-se na noite de dia 22 de outubro de 2016 um incidente com um avião da TAP. A companhia emitiu um comunicado escrito relativamente esclarecedor.

… a TAP "confirmou a ocorrência com um avião ATR da TAP Express, que realizava o voo TP 1971". Houve o rebentamento de um pneu no momento da aterragem no avião fazia a ligação Porto – Lisboa”…

Mas as televisões não se contentam com explicações simples e claras, gostam muito mais da “telenovela” do “escândalo”.

Os jornalistas de diferentes televisões reproduziram uma afirmação “parola” de uma jovem representante da TAP que afirmou mais ou menos isto “… registou-se um acidente durante a aterragem com rebentamento de um pneu e o comandante teve de fazer uma aterragem de emergência”.

O pneu do avião rebentou durante a aterragem, portanto o avião já estava em terra, em contacto com o solo. Mas segundo a jovem da TAP e os jornalistas, o piloto teve de fazer uma aterragem de emergência. Ou seja, para tal acontecer o avião teria de levantar voo de novo, com a roda a arrastar, e depois o comandante fez toda a preparação e procedimentos para uma aterragem de emergência a sério. Com grande sucesso aliás porque ninguém ficou ferido ou sequer morreu.

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/aterragem-emergencia/aviao-da-tap-faz-aterragem-de-emergencia-com-trem-incendiado

Bingo! Hurra! LOL.

A única coisa que ficou provada até agora: - Uma cara jovem e bonitinha não chega!

oh Carina_grande maçarica.jpgFelizmente um passageiro mais inteligente deu uma explicação muito clara que eu entendi perfeitamente. “O avião bateu violentamente na pista, voltou a levantar e bateu uma segunda e terceira vez, partindo o trem de aterragem”.

publicado por eu-calipto às 21:18

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

pesquisar

 

Maio 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

República dos juizes

Aeroporto no Montijo - er...

Má informação. Imcompetên...

arquivos

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

favorito

Venha o diabo e escolha.

links recomendados

Tempo

blogs SAPO