Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

Em quem votar e para quê?

http://a-vida.blogs.sapo.pt/13310.html

Análise interessante tirada do blog Perplexo sobre as eleições presidenciais:

http://perplexo.blogs.sapo.pt/23348.html

Um resumo dos pontos mais interessantes:

“…

Uma razão de fundo para a falta de interesse das declarações de todos os candidatos é o facto, impossível de ignorar, que uma mudança de Presidente não terá qualquer influência nos males que nos afligem. Seria (porque não vai ser) uma mudança de estilo em Belém; Alegre tem muito mais pose de estado, voz mais histriónica e melhor gosto a vestir-se, apresenta uma mulher mais interessante – enfim, teríamos um Presidente que se podia mostrar às pessoas sem vergonha nenhuma.

Também há quem pense que existe um Gangue dos Cavacos, mas a maioria não tem tanta certeza e está mais inclinada a pensar que o homem é um inocente, probo e honesto, e escolheu mal alguns assessores, que mais tarde fizeram umas golpadas. E também quem ache que o Gangue dos Cavacos é apenas um dos gangues da terra, e que também há o Gangue das Varas Socráticas, e mais o Gangue do Norte e outros gangues que agora não vale a pena mencionar; lutam todos uns contra os outros, mas unem-se automaticamente e protegem-se intuitivamente quando se trata de explorar o povinho. …

Votar em Manuel Coelho é dizer a estes tipos que não acreditamos em nada do que deles venha e, melhor ainda, que não vemos nenhuma diferença moral entre eles e o maluquinho da Madeira.

…”.

Quanto à conclusão eu acho melhor protesto votar Fernando Nobre ou Defensor Moura.

publicado por Eu mesmo às 19:43

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011

Subscrição para Cavaco

Leiam o original:

BPN: Cavaco afinal vendeu barato

Por Felícia Cabrita       7 de Janeiro, 2011

http://sol.sapo.pt/inicio/Economia/Interior.aspx?content_id=8623

Comentario:

Coitado do Cavaco. Perdeu dinheiro. Foi enganado.

Abra-se uma subscrição para arranjar fundos para compensar Cavaco dos prejuízos das acções.

Nota: Esta notícia tinha de vir no Sol, e com a cereja em cima do bolo - Felícia Cabrita.

Humor negro, branqueamento, rigor jornalístico, imparcialidade? Fico na dúvida.

Aliás, ninguém vai mudar de opinião por este meu comentário nem pela notícia de Felícia Cabrita.

Tal como na religião e no futebol, cada um tem as suas opiniões formadas e lê o que lê com os seus olhos de simpatia. Os que gostam de Cavaco dizem : "- Lá está. O homem é inocente, até perdeu dinheiro e por razões de política suja estão a tentar queimá-lo. Quanto mais lhe batem mais gosto dele".

Os que não gostam de Cavaco (como eu), dizem: "- Aqui está mais uma tentativa de desculpar Cavaco, mas tão mal amanhada que em vez de ajudar prejudica Cavaco. Obrigado Felícia Cabrita".

publicado por Eu mesmo às 18:33

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011

Conhecer melhor Cavaco

Sabe-se que Cavaco teve um processo disciplinar na Universidade Nova. O que muito gente não sabe é porquê e como acabou?

Aqui deixo informação sobre este tema retirada do blog Random Prescision com o título Dívida de Gratidão.

http://rprecision.blogspot.com/2011_01_01_archive.html

Se não quizerem ir à origem deixo um resumo:

"Naqueles longínquos anos 80 o Prof. Aníbal Cavaco Silva era docente na Universidade Nova de Lisboa.
Mas o prestígio académico e político que entretanto granjeara (recorde-se que havia já sido ministro das Finanças do 1º Governo da A.D.) cedo levaram a que fosse igualmente convidado para dar aulas na Universidade Católica. Na Universidade Nova as faltas injustificadas de Cavaco começaram a suceder-se a um ritmo cada vez mais intolerável para os órgãos directivos da Universidade.
A tal ponto que não restou outra alternativa ao Reitor da Universidade Nova, na ocasião o Prof. Alfredo de Sousa, que não instaurar ao Prof. Aníbal Cavaco Silva um processo disciplinar conducente ao seu despedimento por acumulação de faltas injustificadas.

Instruído o processo disciplinar, foi o mesmo devidamente encaminhado para o Ministério da Educação a quem, como é bom de ver, competia uma decisão definitiva sobre o assunto.

Na ocasião era ministro da Educação o Prof. João de Deus Pinheiro.

Ora, o que é facto é que o processo disciplinar instaurado ao Prof. Aníbal Cavaco Silva, e que conduziria provavelmente ao seu despedimento do cargo de docente da Universidade Nova, foi andando aos tropeções, de serviço em serviço e de corredor em corredor, pelos confins do Ministério da Educação, até que, ninguém sabe bem como nem porquê,... desapareceu sem deixar rasto...
E até ao dia de hoje nunca mais apareceu.

...

Entretanto o Prof. Cavaco Silva foi nomeado Primeiro-ministro. O Prof. João de Deus Pinheiro veio a ser nomeado ministro dos Negócios Estrangeiros de um dos Governos do Prof. Cavaco Silva, sem que tivesse constituído impedimento a tal nomeação o seu anterior desempenho, tido geralmente como medíocre, à frente do Ministério da Educação.

...

A amizade é, de facto, uma coisa muito bonita...

publicado por Eu mesmo às 23:42

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 4 de Janeiro de 2011

Voto útil

http://www.defensormoura.com

Entrei para esta campanha presidencial completamente livre de preconceitos, com uma mente aberta e atento. Com a “imparcialidade ” que me foi conscientemente possível, ouvi e li a informação que me foi chegando sobre todos os candidatos. Quem demonstrasse que merecia levaria o meu voto.

Tinha uma simpatia natural por um dos candidatos, mas os debates, as entrevistas e mais alguma coisa que fui lendo e ouvindo foram suficientes para mudar de ideia e decidir, muito antes do dia das eleições.

Vou votar Defensor de Moura.

Passou por África, teve várias ocupações, desde médico a controlador aéreo, autarca e deputado. Respondeu com calma às provocações eleitorais nos debates e entrevistas. Não se vêm figuras mediáticas duvidosas a defendê-lo, do género Pacheco Pereira, Mário Crespo, Marco António, etc.. Experiência política como presidente de uma Câmara 16 anos em maioria relativa, conseguindo compromissos entre vários partidos. Avançou sem apoios institucionais e não se amedronta com sondagens de 0,7% de intenção de voto. As pessoas que o conhecem dizem que é uma boa pessoa.

Em resumo, dez razões que me levam a votar Defensor Moura:

  1. Parece-me um homem sem demagogia, ou com menos do que os outros.
  2. Tem currículo de seriedade.
  3. Tem um elevadíssimo autocontrolo das emoções.
  4. Grande capacidade de diálogo sem deixar de marcar bem as suas opiniões.
  5. Pensa antes de falar. Ouve os outros.
  6. Não tem compromissos com terceiros a quem tenha de retribuir benesses.
  7. Dá garantia de equidistância a todos os partidos.
  8. Não faz julgamentos apressados das outras pessoas.
  9. Tem coragem.
  10. É melhor do que os outros.

Por tudo isto e mais que não consigo expressar, acho que Defensor Moira seria o melhor presidente para Portugal.


publicado por Eu mesmo às 20:01

link do post | comentar | favorito

pesquisar

 

Novembro 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

posts recentes

Em quem votar e para quê?

Subscrição para Cavaco

Conhecer melhor Cavaco

Voto útil

arquivos

Novembro 2019

Agosto 2019

Abril 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Novembro 2018

Outubro 2018

Agosto 2018

Maio 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Maio 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links recomendados

Tempo

blogs SAPO